Home » Animais » A Capivara

A Capivara

Divulgue para seus amigos e seguidores!

A capivara É um roedor bastante particular, especialmente devido ao seu tamanho. Sempre que pensamos numa espécie comum desta denominação, vem-nos à mente um pequeno animal do tamanho de um rato, mas ao invés, este que temos aqui para o artigo de hoje não tem nada a ver com isso, pois estamos a tratar de um modelo pesado e muito grande algo que, apesar de tudo, não tira o seu charme. Gostaria de saber mais sobre ele?

A capivara, características, habitat, o que come, animal de estimação

Quais são as principais características da capivara?

A capivara (Hydrochoerus hydrochaeris) É uma espécie de roedor que pertence à família dos preás. Apesar de o denominador comum ser este como o chamamos, a verdade é que encontramos nomes diferentes dependendo da região do mundo em que nos encontramos ou do livro que consultamos. Capivara em si significa “senhor da grama” mas se atendermos à sua definição científica, veremos que “porco d’água” é a tradução mais direta.

Apresentando o características gerais da capivara devemos dizer que é um animal de um metro a trinta metros de largura, enquanto a altura é de cerca de cinquenta centímetros. O peso de um exemplar desta espécie varia de cinquenta a oitenta quilos. A aparência deste não é bonita e não é um animal que se destaca pela sua beleza singular ou porque gosta das suas dimensões.

Seu corpo não possui cauda e a pelagem ao redor é marrom avermelhada. Se compararmos com outros roedores, devemos perceber que a cabeça é bastante grande e que as orelhas são sempre mais escuras em proporção ao tamanho da própria cabeça. Em geral, é um animal fisiologicamente bem organizado.

Habitat da capivara

capivara

Conhecido como o maior e mais pesado roedor do mundo, podemos encontrá-lo em quase toda a América do Sul. A leste dos Andes ou nas bacias do rio Orinoco, bem como o Amazonas ou o Río de la Plata, são algumas das regiões onde a porcentagem (%) é mais alta. No entanto, países como Panamá, Colômbia ou Venezuela também possuem um bom número de espécimes, embora em menor proporção.

Em geral, a capivara está localizada em rebanhos e se aproxima das savanas, pântanos e áreas mais úmidas de toda a América do Sul. A ideia de estar sempre juntos é baseada no fato de que há um bom número de predadores que os procuram para comer, além de outros perigos que, juntos, não podem fazer nada para se salvar.

O que a capivara come?

A capivara sempre se destacou por tem uma dieta principalmente herbívora. Todas as plantas da terra que podemos imaginar são aquelas que esta espécie em particular da qual estamos fazendo o artigo de hoje gosta. Da mesma forma, sabendo da adaptação que teve à água nas últimas décadas, incluiu alguns peixes na sua dieta, embora sempre em menor proporção.

Plantas aquáticas ou algas são preferidas pela capivara e por isso podemos encontrá-lo como de costume nas margens ou quase completamente nas poças ou pântanos com a tranquilidade de que lá sempre terá comida à mão. Roer a casca das árvores também costuma ser um pequeno passatempo desses animais, embora às vezes o façam apenas para afiar seus incisivos.

A capivara, características, habitat, o que come, animal de estimação

As ameaças da capivara

Se você leu os artigos anteriores que fizemos, você percebeu que existem muitas espécies que estão sob ameaça permanente e para as quais se teme que atinjam uma porcentagem em que o perigo de extinção seja o próximo passo. Este último não é o caso da capivara, mas é verdade que nos últimos anos o número de exemplares encontrados na maior parte da América do Sul diminuiu.

A caça deste animal pelo homem É uma das grandes ameaças que a espécie enfrenta. A sua carne é magra, de cheiro forte e de muito boa qualidade, o que faz com que as pessoas mais exigentes na hora de se sentar à mesa considerem encomendá-la como prato principal.

Por outro lado, a pele que a capivara tem é outra das grandes atrações para a humanidade já que, como já falamos sobre sua carne, é de muito boa qualidade com uma textura e cor que não se encontra em muitos continentes do mundo. Além de tudo isso, devemos dizer que este animal está incluído como animal de estimação em muitas casas na América do Sul e, nas condições certas, pode ser um bom companheiro diário.


Divulgue para seus amigos e seguidores!
caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.