Home » Animais » Animais Domésticos

Animais Domésticos

Pode-se dizer que o animais domésticos são aqueles que estão acostumados a viver e compartilhar com o homem. Aqueles que aprenderam vários comportamentos e maneiras que os civilizaram. Aqueles que não apresentam comportamento selvagem e agressivo típico dos animais.

Animais domésticos

Os animais domésticos não perdem o seu estatuto de animais, mas destacam-se acima dos restantes por saberem conviver com as pessoas. Eles se adaptam a viver em uma casa, sem perder outro habitat, e isso modifica sua condição de animais selvagens.

Um animal doméstico resulta de sua interação com os seres humanos. Tal é sua afinidade, que eles se interpenetram como parte do mesmo ambiente. De fato, há indivíduos que integram animais domésticos em sua família.

INÍCIO DA DOMESTICAÇÃO ANIMAL

Se denomina domesticação a um processo pelo qual um animal consegue aperfeiçoar atributos funcionais e anatômicos, para adquirir outros comportamentos. É uma consequência direta da longa e intencional relação animal-homem.

A domesticação surgiu do interesse dos seres humanos em treinar certos animais, para obter certos benefícios. É o caso do cão, de quem obteve ajuda para realizar tarefas perigosas, como caçar e vigiar. Ou o jumento e o cavalo, que lhe serviu para fazer o trabalho do campo.

Na zona mesoamericana, o fenômeno da domesticação começou há cerca de 5.000 anos e se espalhou. Seu progresso, em maior ou menor grau, deveu-se à diversidade da fauna existente, sua capacidade de enfrentar mudanças, circunstâncias climáticas e exigências humanas.

PROCESSO DE DOMESTICAÇÃO

A domesticação animal ocorre em duas etapas: Cativeiro, supõe a apreensão do espécime e a perda de sua liberdade, e domesticação como tal. Nesta última fase, as deficiências do animal são preenchidas lentamente pelo proprietário.

À medida que avança, o animal perde a independência e o homem torna-se seu protetor, suprindo suas necessidades elementares. Chega até um momento em que não exige as condições de um habitat específico.

CARACTERÍSTICAS dos animais de estimação

Animais de estimação Características, classificação, benefícios, informações

Quando um animal é domesticado, ele pode enfrentar transformações que modificam sua aparência e seu desenvolvimento diário. Dependendo dos atributos que o mestre deseja reforçar, essas espécies podem enfrentar:

  • Alterações em certos traços, como cor, cabelo, musculatura.
  • Variações no esqueleto e nos dentes.
  • Tendência a um comportamento mais submisso.
  • Resistência às mudanças ambientais.
  • Adaptabilidade alimentar.
  • Mudanças nas rotinas de higiene, sono e necessidades fisiológicas.

CLASSIFICAÇÃO DE ANIMAIS

Uma das divisões que foram feitas de animais domésticos é a seguinte:

  • Fazenda. Eles foram domesticados para serem usados ​​como alimento e para cooperar no trabalho. Estes incluem animais de proteção e de criação (cães e gatos), animais de trabalho (burros, cavalos), animais de produção (vacas, galinhas, porcos).
  • Companhia: São eles que acompanham o ser humano. Cães, coelhos, gatos, papagaios, cavalos são alguns, mas há uma variedade enorme. Sua principal característica é que eles se adaptam para conviver em casas.

BENEFÍCIOS dos animais de estimação

Os cientistas mostraram que ter um animal de estimação traz consigo efeitos benéficos. Especialmente se você estiver passando por uma situação estressante. Desde a década de 1960, foram realizadas explorações para determinar sua influência na saúde das pessoas.

A primeira vez que animais domésticos foram usados ​​como “co-terapeutas” foi em 1792, na Inglaterra. Eles eram levados aos asilos da época, para melhorar a situação de miséria em que se encontravam os prédios e para treinar os pacientes no autocontrole.

Foi a partir daí que algumas vantagens de ter animais como animais de estimação começaram a ser observadas. Se manifesta quedas na pressão arterial, fortalecimento dos músculos, redefinição do coração.

Da mesma forma, uma diminuição da ansiedade e mudanças no humor são refletidas. Golfinhos e cavalos são duas das espécies mais utilizadas em atividades terapêuticas para crianças com autismo, síndrome de Down e outras com necessidades especiais. Suas vantagens são maravilhosas. Animais domesticados são usados ​​em todos esses processos.

Mais benefícios de ter um animal de estimação

Em geral, essas espécies são adotadas ou adquiridas em lojas especializadas. Qualquer indivíduo pode tê-los para fazer parte de sua vida e lar.

Você deve cuidar deles com dedicação, porque de animais de estimação você recebe demonstrações de companhia e amigáveis.

Os animais domésticos

Por outro lado, os animais de estimação possibilitam a troca com outros indivíduos e estimulam a conversa. E algo muito importante, em nenhum momento julgam seu mestre, não traem e são incondicionais com seu amor. Se estes não parecem motivos suficientes para você criar um animal de estimação, você pode considerar esses outros.

  • Produzem um efeito relaxante.
  • Eles fazem as pessoas se sentirem mais seguras.
  • Mitigar a solidão.
  • Para os idosos são ótimos, porque se sentem úteis tendo que cuidar dele ou mantê-lo.
  • Eles ajudam a ensinar valores de responsabilidade, amizade, amor e compaixão nas crianças.
  • Eles são uma fonte de alegria, então eles melhoram o senso de humor.
  • Eles são companheiros de exercício.
  • Apoiam as pessoas com deficiência, quando estão preparadas para isso.

caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.