Home » Animais » Aranha do mar

Aranha do mar

Com o nome de Aranha do mar ou Aranha do mar uma série de crustáceos marinhos, que habitam as profundezas das águas frias do Oceano Atlântico e do Mar Mediterrâneo. 2 são as espécies mais conhecidas desses animais. O caranguejo-aranha da Patagônia – Lithodes santolla – e o caranguejo-aranha europeu, também conhecido como caranguejo-aranha – Maja Esquinado -. Como outros caranguejos, o caranguejo-aranha é um animal decápode, digamos que tem 5 pares de pernas e é coberto por uma concha áspera com uma espécie de espinhos. O caranguejo-aranha é alvo de pesca indiscriminada porque sua carne é muito apreciada no circuito gastronômico internacional.

Aranha do mar

Descrição do caranguejo-aranha, suas características

Esses animais compartilham algumas características morfológicas com o resto dos caranguejos. Possui 10 patas, seu corpo é coberto por uma concha calcária, mas seu tamanho é maior que o da maioria dos caranguejos. Mede cerca de 60 centímetros de diâmetro, dos quais mais de 20 centímetros correspondem à sua “armadura”.

Um caranguejo-aranha pode pesar mais de 6 quilos. Eles geralmente têm uma cor avermelhada característica.

Habitat do caranguejo-aranha

Ao contrário de outros caranguejos, os caranguejos vivem nas profundezas do mar, até 150 metros.

O caranguejo-aranha da Patagônia fica no fundo do Oceano Pacífico, na parte sul do continente americano. No Chile, sua pesca se concentra desde a região de Valdivia até Cao de Hornos e também no sul da Argentina.

O caranguejo europeu pode ser encontrado no nordeste do Oceano Atlântico e no Mar Mediterrâneo.

Esses crustáceos são exclusivos de água salgada e sua sobrevivência em ambientes de água doce não é possível.

Alimentação de caranguejo

As diferentes variedades de caranguejos-aranha se alimentam principalmente de algas e moluscos durante o inverno. Por outro lado, no verão aproveitam para variar a alimentação dos ouriços-do-mar e dos pepinos-do-mar.

Também é comum que incluam em sua dieta, detritos de animais marinhos. Para se alimentarem, os caranguejos usam sua habilidade de se camuflar no fundo do mar e capturar suas presas com suas poderosas pinças.

Comportamento

caranguejos são animais migratórios, que percorrem grandes distâncias para estabelecer colônias durante a época de acasalamento. Mas, quando estão em período de muda, apresentam um comportamento mais gregário, possivelmente porque é quando se tornam mais vulneráveis ​​e assim se protegem de ataques de predadores.

As fêmeas de caranguejo-aranha podem botar ovos até 4 vezes por ano. Cada postura de ovos pode variar entre 5.000 e 30.000 ovos, que a fêmea deposita em seu útero.

A reprodução desses animais ocorre durante o verão. Grandes colônias são formadas nesta época e aproveitam o período de muda das fêmeas, desta forma a cópula é facilitada. Ao contrário, quando os machos mudam, eles se enterram na lama ou na areia do fundo do mar, esperando que a nova carapaça endureça.

A fertilização no caranguejo-aranha é muito semelhante à do resto dos caranguejos. Os machos depositam seu sêmen em um poço seminal próximo aos poros por onde sairão os ovos. As fêmeas guardam o sêmen por 6 meses. Então a fêmea permite que os ovos saiam de seu interior e nesse momento são fertilizados pelo sêmen que ela acumulou e por meio de uma substância pegajosa, ela os adere à barriga onde permanecerão entre 7 e 8 semanas, até chocarem. As larvas recém-nascidas têm uma espinha forte no cefalotórax, que permanecerá por algumas semanas.

Um fato curioso sobre o caranguejo-aranha é que, uma vez que a cópula ocorre, os machos cercam a fêmea que acabou de fazer a muda, para protegê-la de ataques de predadores.

A exploração comercial do caranguejo

Já destacamos que o caranguejo-aranha é um animal exposto à pesca indiscriminada, pois sua carne é muito apreciada na gastronomia. No entanto, nos últimos anos, quando a população desses crustáceos foi reduzida, obrigou a indústria pesqueira a tomar medidas elementares, como devolver as fêmeas da espécie ao mar para garantir sua reprodução.

Além de seu sabor requintado, a carne de caranguejo é rica em iodo e possui baixo teor de colesterol. Como alimento, o caranguejo aranha tem um alto preço de comercialização devido ao baixo aproveitamento que pode ser feito de cada animal.

Nos últimos anos, uma série de reuniões tem sido realizada, reunindo cientistas e especialistas de diversas áreas para tentar estabelecer uma política sustentável de pesca do caranguejo-aranha.

Essas reuniões que vêm ocorrendo no Chile buscam prevenir a predação desses animais, ao mesmo tempo em que defendem esse recurso econômico de vital importância para esta região da América do Sul.

caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.