Home » Animais » Cachorros e Cães » F1 Labradoodle: O Guia Definitivo Para Esta Adorável Raça Mista

F1 Labradoodle: O Guia Definitivo Para Esta Adorável Raça Mista

F Labradoodle

O F1 Labradoodle tem se destacado como um cão extremamente desejável e é o mais popular dos rabiscos. Esta raça de designer é uma mistura encantadora da natureza amigável do Labrador Retriever e da notável inteligência do Poodle.

Uma das principais razões pelas quais o Labradoodle F1 se tornou tão popular é sua pelagem antialérgica e de baixa queda (não completamente hipoalergênica). Pessoas alérgicas a cães muitas vezes podem tolerar essa raça e você terá menos necessidade de rolos de fiapos e capas de assento para o seu carro.

Se você está pensando em adicionar um filhote de cachorro F1 Labradoodle à sua família, é essencial fazer sua pesquisa e encontrar um criador respeitável. Com a ajuda de manuais profissionais como o Guia Labradoodle de Linda Whitwam, compilamos um guia abrangente do Labradoodle F1.

O Que é um Labradoodle F1?

Um Labradoodle F1 é um cruzamento de primeira geração entre um Labrador Retriever de raça pura e um Poodle de raça pura. O “F1” no nome significa “primeira geração filial”, o que significa que os filhotes são os primeiros descendentes da criação de dois cães de raça pura de raças diferentes. F1 Labradoodles também são comumente chamados de Labradoodles padrão.

O F1 Labradoodle é popular para famílias que procuram um cão de baixa cilindrada com uma personalidade amigável e brincalhona. Mini Labradoodles são ainda melhores para pessoas que preferem cães menores ou vivem em espaços pequenos.

A pelagem cacheada e mais baixa do Poodle torna o F1 Labradoodle ótimo para alergias. No entanto, como ainda são meio labradores, são menos hipoalergênicos do que outras raças de geração (F1b ou F1bb) como F1b Goldendoodes. Em outras palavras, eles ainda podem cair. Mais sobre essas gerações F no artigo em breve.

No geral, o F1 Labradoodle é uma excelente opção para famílias que procuram um cão simpático e brincalhão com uma pelagem baixa. No entanto, é importante lembrar que cada cão é único e pode ter diferentes traços de personalidade e problemas de saúde.

História & Origens do F1 Labradoodle

Wally Conran criou o Labradoodle F1 pela primeira vez na década de 1980 e trabalhou como criador na Royal Guide Dog Association of Australia. Ele pretendia criar um cão de serviço hipoalergênico inspirado em uma mulher cega cujo marido tinha alergias, mas ainda precisava de um cão-guia.

Depois do F1 Labradoodle, as misturas de Poodle, ou doodles, têm estado em rápida ascensão de popularidade. Doodles de todos os looks e tamanhos, como Goldendoodles, Husky Poodles, Chipoos e Newfypoos.

Outros nomes Labradoodle:

  • Labradoodle americano;
  • Labrador Poo;
  • Doodle Labrador;
  • Labrapoo; e
  • Labrapoodle.

Existem vários clubes específicos de Labradoodle, como o Australian Labradoodle Club of America e a Worldwide Australian Labradoodles Association. Essas associações moderam as práticas de reprodução para labradoodles saudáveis de todos os tamanhos.

Labrador Retrievers

Os Labrador Retrievers originaram-se na Terra Nova, Canadá, onde eram usados para caça e pesca. Eles foram trazidos para a Inglaterra no início de 1800, onde foram desenvolvidos como uma raça. Labrador Retrievers são conhecidos por suas personalidades amigáveis e extrovertidas, bem como sua inteligência e treinabilidade.

Poodles Padrão

Por outro lado, os Poodles Standard se originaram na Alemanha no século 15, onde eram usados como recuperadores de água. Poodles são conhecidos por sua alta inteligência, treinabilidade, e pelagem hipoalergênica.

Mini F1 Labradoodles

Mini F1 Labradoodles é um cruzamento entre um Labrador Retriever de raça pura e um Poodle Miniatura de raça pura. Eles são uma excelente opção para quem quer um cão menor, mas ainda quer o temperamento e a inteligência de um Labrador Retriever.

Esses cães normalmente pesam de 15 a 35 quilos e ficam em torno de 14 a 16 centímetros de altura. Eles têm uma pelagem cacheada ou ondulada de baixa descamação, tornando-os uma boa opção para aqueles com alergias.

Gerações de Labradoodle Explicadas

Labradoodles de Primeira Geração (F1) (50% Lab + 50% Poodle)

Labradoodles de primeira geração, também conhecidos como F1 Labradoodles, resultam da criação de um Labrador Retriever de raça pura e um Poodle de raça pura. São 50% Labrador Retriever e 50% Poodle. Os Labradoodles F1 têm uma pelagem ondulada ou ligeiramente encaracolado que se desprende moderadamente e requer limpeza regular. São cães simpáticos e inteligentes que fazem ótimos animais de estimação da família.

Labradoodles de Segunda Geração (F2) (50% Lab + 50% Poodle)

Labradoodles de segunda geração, também conhecidos como Labradoodles F2, resultam da criação de dois Labradoodles F1. São 50% Labrador Retriever e 50% Poodle, assim como F1 Labradoodles.

No entanto, os Labradoodles F2 podem ter uma gama mais ampla de tipos de pelagem e níveis de eliminação, dependendo da genética específica dos cães pais. Eles também são conhecidos por sua natureza amigável e inteligente.

Labradoodles retrocruzados

Estes são Labradoodles criados com o Labrador ou Poodle, mas principalmente o Poodle para a pelagem mais hipoalergênica. Essas gerações incluem:

  • F1b Labradoodle (F1 labradoodle + Poodle) = 75% Poodle

Esses cães têm muito mais pelagem cacheada e ainda menos soltos do que os Labrapoos F1

  • F1bb labradoodle (F1b Labradoodle + Poodle ) = 88% Poodle

Estes são mais propensos a ter a pelagem hipoalergênica do Poodle. Eles também são mais enérgicos e hiper-inteligentes devido ao Poodle.

Características Físicas dos Labradoodles F1

Como é um Labradoodle F1?

Os Labradoodles F1 têm um corpo resistente e bem proporcionado. Eles tendem a herdar a construção forte do Labrador Retriever combinada com as características mais refinadas e esbeltas do Poodle. Eles também têm um peito forte para elogiar ainda mais o atletismo da mistura.

Labradoodles têm olhos redondos que podem ser castanhos ou avelã. Suas orelhas são floppy, embora algumas possam ser em forma de pingente como as do labrador. Seus focinhos são médios e seus rostos são um pouco mais largos que os do Poodle.

Pelagem & Cor

Os Labradoodles F1 podem ter vários tipos de pelagem, incluindo ondulada, cacheada ou raramente reta, porque eles são 50% de cada pai. No entanto, a pelagem do Labrapoodle é principalmente ondulada e, embora eles percam menos do que a maioria dos cães, eles ainda derramam mais do que F1b ou F1bbs ou Poodles. As cores incluem:

  • Preto;
  • Preto com pequenas manchas de branco;
  • Chocolate;
  • Nata;
  • Damasco;
  • Vermelho; e
  • Particolor (manchas distintas de duas ou mais cores).

Qual o Tamanho do F1 Labradoodle?

F1 Labradoodle são tipicamente cães de médio a grande porte, com uma altura de 21 a 24 polegadas (53 a 61 cm) no ombro e pesando cerca de 50 a 80 libras (23 a 36 kg).

Há também Labradoodles F1 Médio com uma faixa de altura de 18 a 20 polegadas (46 a 51 cm) e pesando cerca de 30 a 45 libras (14 a 20 kg). Labradoodles F1 miniatura são os menores, com uma altura de 14 a 16 polegadas (36 a 41 cm) e um peso de 15 a 30 libras (7 a 14 kg).

A controvérsia Labradoodle e Doodle: Labradoodles F1 e outros Doodles são bons cães?

No mundo canino, há muita controvérsia em torno de raças Doodle como Labradoodles. Costumamos ignorar isso, mas muitos donos de Doodle sofreram por isso, com pessoas chamando seus cães de “vira-latas” ou acusando-os de apoiar moinhos de filhotes.

Se você está interessado em um Labradoodle, as chances são, você já pode ter tido alguma reação. Portanto, vamos dar uma olhada em alguns dos argumentos contra os cães Doodle, e alguns dos argumentos a favor deles.

Contras de Labradoodles

A controvérsia em torno dos cães doodle, especificamente Labradoodles, pode ser resumida em alguns pontos-chave:

  1. Origens do Labradoodle: O Labradoodle foi inicialmente criado no final da década de 1980 por Wally Conron, um criador australiano, com a esperança de criar um cão-guia adequado para pessoas com alergias. No entanto, Conron mais tarde expressou arrependimento sobre isso, afirmando que a maioria dos Labradoodles eram loucos ou tinham um problema hereditário.
  2. Previsibilidade Genética: Uma das principais controvérsias é que misturar duas raças não garante que você terá as melhores características de ambas. Enquanto alguns Labradoodles podem herdar a pelagem hipoalergênica do Poodle e a natureza amigável do Labrador, outros podem obter o casaco despojado do Labrador e o temperamento de alta amarração do Poodle.

Da mesma forma, criadores de Labradoodle antiéticos podem se reproduzir filhotes com temperamentos medrosos, ansiosos ou agressivos, desde que tenham o visual icônico e charmoso dos Labradoodles.

  1. Preocupações com a saúde: Cães de raça pura de ética vêm com perfis de saúde bem documentados. A mistura de raças pode introduzir uma gama mais ampla de potenciais problemas de saúde. Alguns argumentam que os labradoodles e outros rabiscos não existem há tempo suficiente para que os criadores entendam e antecipem possíveis problemas de saúde.
  2. Ética da Criação: A crescente demanda por raças de grife, incluindo Labradoodles, levou a um aumento de fábricas de filhotes e criadores inescrupulosos que priorizam os lucros em detrimento da saúde e bem-estar dos cães. Isso resulta em cães mal criados, mais problemas de saúde e práticas de criação antiéticas.
  3. Identidade da Raça e Reconhecimento AKC: Os puristas no mundo da criação de cães muitas vezes reprovam raças de grifes como o Labradoodle porque eles não são reconhecidos pelos principais clubes de canis, como o American Kennel Club (AKC). Eles argumentam que essas misturas diluem os padrões e as histórias da raça.
  4. Preço: Labradoodles pode ser bastante caro, às vezes até mais do que seus homólogos de raça pura. Os críticos argumentam que as pessoas estão pagando altos preços pelo que são essencialmente cães mestiços, sem garantias em relação ao temperamento ou à saúde.
  5. Advocacia de ResgateCom tantos cães em abrigos precisando de lares, alguns acreditam que o foco na criação de cães de design diminui a questão mais urgente de resgatar cães existentes.

Um ponto que muitas vezes é perdido sobre Labradoodles é que, ao contrário dos donos de Poodle, os pais de animais de estimação Doodle muitas vezes não estão preparados para cuidar das extensas necessidades de tosa de seus cães. Isso significa que é extremamente comum ver cães Doodle com pelagem emaranhada.

Se você tem seu coração definido em um Labrapoo, por favor, certifique-se de primeiro procurar um criador ético (ou idealmente visitar um resgate) e estar preparado para a tosa diária. Não deixe ninguém minimizar o quanto esses cães realmente precisam de tosa. Se você não tem tempo para escovação e tosa diárias, então a maioria dos cães de mistura de Poodle não são o melhor cão para você.

Em resumo, embora muitas pessoas amem Labradoodles por seu temperamento, inteligência e potenciais qualidades hipoalergênicas, há preocupações válidas sobre a imprevisibilidade de suas características, práticas éticas de reprodução e as implicações maiores para a comunidade de criação de cães.

Prós de Labradoodles

Por outro lado, se você é um ávido apoiador do Doodle (e você não está sozinho, pois as pesquisas mostram que eles são extremamente populares), aqui estão algumas razões pelas quais você não precisa ter vergonha de amar Doodle.

  1. Toda raça começa em algum lugar: Nenhuma raça de cão é originalmente “de raça pura”. Muitas das raças que conhecemos e amamos hoje começaram como misturas de raças existentes, desenvolvidas para funções ou características específicas. Com o tempo, com a criação consistente para padrões específicos, eles ganharam reconhecimento. O Labradoodle poderia ser visto sob esta mesma ótica: uma raça em estágios iniciais de desenvolvimento.
  2. Origens Funcionais: O Labradoodle não foi criado como uma declaração de moda ou uma novidade. A intenção original era criar um cão-guia que combinasse a treinabilidade do Labrador com a pelagem hipoalergênica do Poodle para pessoas que sofriam de alergias. Dito isso, criar cães para serem companheiros e animais de estimação é uma função válida. A maioria das pessoas não exige que seu Labradoodle seja um cão de trabalho, apenas um bom animal de estimação.
  3. Características desejáveis: Muitos donos de Labradoodle atestam que seus cães têm uma combinação das melhores características de ambas as raças, como inteligência, simpatia e uma pelagem baixa. Embora seja verdade que o resultado pode ser imprevisível, muitas famílias descobriram que o Labradoodle é uma adição maravilhosa às suas casas.
  4. Adaptabilidade: Labradoodles são frequentemente descritos como cães de família versáteis, sendo bons com crianças e outros animais de estimação. Sua natureza geralmente afável os torna adequados para uma variedade de situações de vida, de apartamentos a casas com quintais.
  5. Melhoramentos de Melhoramento: Como acontece com todas as raças, existem criadores de Labradoodle dedicados e responsáveis trabalhando para melhorar a saúde, temperamento e consistência da raça. Com o tempo, com padrões rigorosos de criação, a variabilidade dentro da raça poderia diminuir. Deve-se também ter em mente que é duvidoso se um Labradoodle típico sofrerá a mesma quantidade de problemas de saúde que se pode encontrar em cães de raça pura como Pugs, Bulldogs Franceses, Bulldogs Ingleses e até Pastores Alemães. Todos estes são cães de raça pura que sofreram por sua popularidade e por reprodução em proporções extremas que afetaram sua saúde.
  6. Popularidade e Criação Questões: Qualquer raça de cão que vê um aumento na popularidade infelizmente atrairá criadores inescrupulosos que procuram obter um lucro rápido. Isso não é exclusivo de Labradoodles ou outras raças de Doodle. Em vez de condenar toda a raça, pode ser mais produtivo se concentrar em promover a criação responsável e educar os potenciais donos de cães.
  7. Resgate e Adoção: A popularidade dos Labradoodles também levou à criação de organizações de resgate especificamente dedicadas à raça. Isso oferece aos potenciais donos a opção de adotar em vez de comprar, salvando um cão necessitado e dando-lhe um lar amoroso.

Em conclusão, embora existam preocupações válidas em relação aos Labradoodles, também há fortes argumentos a seu favor. Como acontece com qualquer raça ou cruzamento, os futuros proprietários devem fazer suas pesquisas, reunir-se com os criadores e garantir que eles estejam tomando uma decisão informada e adequada às suas circunstâncias

F1 Labradoodle Temperamento

Labradoodles são conhecidos por sua natureza amigável e extrovertida. Eles são incrivelmente inteligentes, leais, afetuosos, sociáveis, animados, brincalhões e enérgicos, tornando-os ótimos animais de estimação da família. Eles também são fáceis de treinar e gostam de aprender novos truques.

Os labradoodles são muito sensíveis e sintonizados com suas emoções, e é por isso que eles fazem um ótimo serviço e cães-guia. No entanto, isso também significa que o tratamento severo também afetará essas misturas mais profundamente. Portanto, garanta que você ganhe como disciplinar seu cão sem puni-lo.

É essencial ressaltar que esses cães têm um alto nível de energia e exigem exercícios regulares. Eles adoram brincar e correr, então precisam de uma área espaçosa para se movimentar. No entanto, para os Labradoodles da F1, o Lab pode diminuir um pouco a energia, mas eles ainda são brincalhões.

Adequação do Labradoodle com Crianças e Animais

F1 Labradoodles também são bons com crianças e outros animais de estimação, o que os torna uma ótima adição para qualquer casa. No entanto, sempre supervisione as interações entre seu cão e crianças pequenas para evitar acidentes. Às vezes, eles podem perseguir animais menores, mas a maioria deles se dá bem com a socialização adequada.

Cuidados e Manutenção

Como Cuidar de Labradoodles

Os labradoodles têm uma pelagem que requer cuidados regulares para mantê-la saudável e livre de emaranhados.

  • Eles têm uma pelagem baixa que precisa ser escovada diariamente para evitar o acasalamento. Use uma escova slicker para remover qualquer cabelo morto e evitar emaranhados.
  • Escove os dentes duas vezes por semana e use um enxaguante dental em alguns dos outros dias.
  • Limpe os ouvidos duas vezes por semana para evitar infecções de ouvido.
  • É importante aparar as unhas regularmente para evitar que fiquem muito longas e causem desconforto.
  • Labradoodles podem precisar de guarnições regulares para manter o comprimento da pelagem

Dois estilos de corte comuns são o corte filhote e o corte ursinho de pelúcia. Outros incluem acabamento continental, corte alemão, corte moderno e corte de verão.

Necessidades dietéticas

F1 Labradoodles têm um alto nível de energia e requerem uma dieta equilibrada para manter sua saúde e energia. Eles devem ser alimentados com ração rica em proteínas (25%+), de alta qualidade, apropriada para sua idade, tamanho e nível de atividade.

É importante evitar superalimentá-los, pois eles podem ficar acima do peso e desenvolver problemas de saúde. Além disso, alimente-os duas vezes ao dia e forneça muita água fresca.

Necessidades de exercícios

F1 Labradoodles são uma raça ativa que requer exercícios regulares por cerca de uma hora por dia para manter sua saúde física e mental. Eles gostam de correr, nadar, jogar fetch e outros jogos interativos com seus donos. É essencial fornecer bastante exercício para evitar que eles se tornem entediados e destrutivos.

Preocupações com a Saúde

Problemas comuns de saúde em F1 Labradoodles

Como acontece com qualquer raça de cão, certas preocupações com a saúde são mais comuns em F1 Labradoodles. Um ponto a notar é que eles são um pouco mais propensos a problemas de cauda, como a síndrome da cauda limber ou a síndrome da cauda feliz, sobre a qual você pode ler em nosso artigo sobre anatomia da cauda de cachorro.

  • Displasia do quadril e outros problemas musculoesqueléticos, o que pode causar dor e problemas de mobilidade. Os laboratórios são três vezes mais propensos a sofrer de artrite e podem passar isso para Labrapoos.
  • Infecções de ouvido Devido às suas orelhas caídas causam desconforto, coceira e orelhas quentes e requerem tratamento.
  • Hipoadrenocorticismo (doença de Addison) devido à destruição imunomediada do tecido adrenal, cusando hormônios insuficientes.
  • Problemas de pele como adenite sebácea levar à perda de cabelo. Estudos mostram que os Poodles têm uma predisposição genética para essa questão.
  • Doença de von Willebrand: Este distúrbio hemorrágico afeta a coagulação do sangue e pode resultar em sangramento prolongado.
  • Dilatação gástrica-volvulus (GDV), ou inchaço: Uma condição com risco de vida em que o estômago distende e pode torcer.
  • Problemas oculares como catarata, glaucoma, conjuntivite e hipoplasia do nervo óptico (subdesenvolvimento do nervo óptico) para Mini F1 Labradoodles.
  • Problemas de tireoide como diabetes e hipotireoidismo.
  • Epilepsia e outros problemas neurológicos.
  • Problemas moderados como obesidade, problemas dentários e alergias.

Nem todos os Labradoodles de F1 passarão por esses problemas de saúde, e muitos podem viver vidas longas e saudáveis com o devido cuidado e atenção. No entanto, os potenciais proprietários devem estar cientes dessas preocupações e tomar medidas para evitá-las ou gerenciá-las, conforme necessário.

Esperança de Vida

A expectativa de vida média para um Labradoodle F1 é de cerca de 12-14 anos. No entanto, isso pode variar dependendo de vários fatores, incluindo genética, estilo de vida e saúde geral.

Treinando um Labradoodle F1

Dicas de treinamento

Labradoodles são cães altamente inteligentes e treináveis. Os Labradoodles F1, em particular, são conhecidos por sua natureza ansiosa por agradar e sua capacidade de aprender rapidamente. A maioria precisa de cerca de cinco repetições para captar comandos, graças à inteligência aguda do Poodle.

Para aproveitar todo o potencial intelectual do seu F1 Labradoodle, comece a treinar cedo, use reforço positivo e tratamentos, e seja paciente. Alguns Labrapoos serão teimosos, mas você terá dias melhores do que ruins durante o treinamento com esses cães.

Considerações Finais

O F1 Labradoodle é uma excelente opção para quem quer um companheiro simpático e inteligente. Com sua pelagem antialérgica e personalidade adorável, eles fazem ótimos animais de estimação da família. Ao considerar um Labradoodle, é essencial fazer sua pesquisa e encontrar um criador respeitável que priorize a saúde e o bem-estar de seus cães.

caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.