Home » Animais » Célula Animal

Célula Animal

Divulgue para seus amigos e seguidores!

Em essência, o célula animal é um tipo de célula eucariótica que compõe os tecidos dos animais. As células em geral são unidades estruturais funcionais e fundamentais dos seres vivos capaz de se reproduzir independentemente. Apesar de possuírem uma estrutura invariável, possuem particularidades em cada espécie. Os animais, juntamente com as plantas e os fungos, são organismos multicelulares, ou seja, são constituídos por células que atuam de forma coordenada. No entanto, existem animais formados por uma única célula, como os microrganismos unicelulares chamados protozoários, que incluem espécimes como a Entamoeba histolítica, comumente conhecida como ameba, e a Giardia lamblia.

Célula animal

Características da célula animal

As tarefas, formas e tamanhos das células animais são muito variadas, mas em geral a maioria são microscópico e têm um núcleo e citoplasma, envoltos por uma membrana. A menor célula é de 0,2 micrômetros.

Finalmente, dentro de uma célula animal, várias estruturas podem ser reconhecidas. Por um lado, há a membrana celular, que envolve a célula animal e a delimita. No interior da célula está localizado o núcleo, com a membrana nuclear, que fecha o nucleoplasma, onde estão o nucléolo e a cromatina. Eles também são encontrados no citoplasma, onde muitas organelas, como os ribossomos, são diferenciadas; centríolos (presentes apenas em células animais); o retículo endoplasmático; o aparelho de Golgi; os lisossomos; e as mitocôndrias.

A célula animal difere de outros eucariotos, especialmente as células vegetais, Não possuem parede celular nem cloroplastos., e os vacúolos são menores. Como consequência de não ter uma parede celular rígida, a célula animal consegue assumir uma grande diversidade de formas, incluindo uma célula fagocítica que pode cercar e devorar outras estruturas.

Da mesma forma, as células animais podem realizar a reprodução sexuada, na qual os descendentes possuem características dos pais, mas não são idênticos a eles. Enquanto as células vegetais podem se multiplicar por reprodução assexuada, resultando em células iguais aos pais.

Partes da célula animal

  • Núcleo: É o cérebro celular. O núcleo da célula animal é aquele que determina as instruções no funcionamento correto de muitos processos biológicos. É de grande importância, pois aqui se encontra o ácido desoxirribonucleico (DNA), que contém toda a informação genética envolvida na hereditariedade. O DNA, ligado às proteínas, gera a cromatina que, no momento da divisão celular, se condensa, gerando cromossomos. O núcleo é encontrado no citoplasma é uma organela que ocupa até 10% da área interna da célula animal, e é seu elemento de tamanho considerável.
  • membrana celular ou plasmática: É uma estrutura fina que delimita a célula animal e a separa de seu ambiente. Além disso, é formado por um sistema de canais e transportadores que comunicam o interior com o meio externo. Graças a eles, ocorre a entrada de substâncias úteis para a nutrição e a saída daquelas que são consideradas resíduos. é uma membrana semipermeável formado principalmente por substâncias do tipo lipídico ou gorduroso, principalmente o colesterol.
  • Citoplasma: É o fluido gelatinoso onde estão contidas as várias estruturas que compõem a célula animal e onde são realizadas as reações químicas, pois contém as organelas ou partes especializadas da célula e o citosol. Numerosas moléculas são encontradas nesta substância incolor e semilíquida. Ele é dividido por várias membranas chamadas de retículo endoplasmático, e os ribossomos, que são estruturas responsáveis ​​pela síntese de ácidos nucléicos e proteínas. Uma vez elaborados, passam para o aparelho de Golgi, onde são organizados e compactados. Também possui uma estrutura conhecida como mitocôndria, na qual é realizado o processo de respiração celular e produção de ATP, que é a principal fonte de energia que permite a realização dos diferentes processos essenciais na célula.

Funções das células animais

A célula é especializada para desempenhar funções específicas, como detectar e comunicar sensações, formar tecidos de suporte, entre outras. No entanto, na célula animal três funções principais podem ser enfatizadas a saber: nutrição a relação e a reprodução.

  • A nutrição permitirá capturar elementos e substâncias úteis de cada alimento ingerido, para transformá-los e convertê-los em energia. Também permite que as células animais sejam agrupadas em autótrofas, aquelas que produzem matéria orgânica a partir da matéria do ambiente circundante, e heterótrofas, que fabricam sua matéria orgânica a partir dos alimentos ingeridos. A relação reconhece e responde aos estímulos capturados de forma independente.
  • A reprodução é aquela em que gerar novas células a partir de uma célula-tronco. Existem dois métodos de reprodução celular: a mitose, através da qual duas células-filhas são formadas a partir de uma célula-mãe, e a meiose, que origina 4 células-filhas com metade dos cromossomos de sua célula-mãe.


Divulgue para seus amigos e seguidores!
caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.