Home » Animais » Cupim

Cupim

O cupim É um inseto que, erroneamente, costuma estar relacionado às formigas, mas que, na realidade, não tem nenhuma relação evolutiva com elas. Os cupins pertencem à ordem Isópteros e são assim chamados porque têm um par de asas iguais. O principal alimento desses insetos é constituído pela celulose., por isso são temidos por atacarem a madeira e são verdadeiras pragas predadoras nos climas tropicais e subtropicais de onde vêm. O cupim é um inseto do chamado social, pois compõe uma complexa rede de organização social. O estudo dos papéis que cada um dos membros desta sociedade desempenha na espécie, é objeto de estudos permanentes por parte dos cientistas.

o cupim

Descrição do cupim, suas características

A térmita tem um corpo composto por 3 secções perfeitamente identificáveis ​​e definidas. São eles: a cabeça, o tórax e, por fim, o abdome. Na cabeça da térmita podemos encontrar um par de antenas e olhos e sobressai a sua mandíbula bem desenvolvida, que lhe permite abastecer-se de alimento – madeira – rica em celulose.

Por sua vez, o tórax é dividido em 3 partes. Na última seção do tórax estão localizados 2 pares de asas iguais. O abdome é segmentado em 10 metâmeros e cumprem a função de digerir a celulose. Para isso, eles usam uma relação simbiótica que mantêm com certos protozoários que vivem em seu sistema digestivo e são os que realmente digerem a celulose.

Organização social de cupins

Os cupins são insetos que reconhecem 3 estágios evolutivos: ovo, ninfa e adulto. Nesta última etapa, os cupins se dividem em castas, onde suas características físicas e papéis dentro da comunidade são bem definidos.

os trabalhadores. Os cupins desta casta não têm asas, ou seja, não têm capacidade de voar, não têm asas ou são atrofiados. O papel social dos trabalhadores é muito importante, pois eles são responsáveis ​​pela construção e manutenção do cupinzeiro ou ninho onde vivem. Outra importante tarefa realizada pelos trabalhadores é alimentar as demais castas incapazes de fazê-lo por si mesmas, os soldados e o casal real. Os cupins operários cavam túneis longos e profundos até chegarem à comida.

Cupim

Soldados. Esta casta de térmitas é caracterizada pela sua constituição física, onde a sua cabeça é maior do que a dos outros exemplares e é mesmo habitualmente a maior do corpo. Assim como os trabalhadores, os soldados são exemplares de ambos os sexos, mas assexuados, ou seja, não desempenham nenhum papel na reprodução. Sua tarefa essencial é a defesa da colônia do ataque de outros animais ou insetos. Possuem uma glândula capaz de secretar uma substância tóxica que serve para repelir os agressores.

jogadoras. Os exemplares desta casta caracterizam-se por serem alados. Deixam seus ninhos e realizam vôos nupciais, embora o acasalamento geralmente ocorra dentro do ninho, protegido de possíveis predadores. Eles são capazes de produzir novas rainhas e reis. Dentro desta mesma casta, encontramos criadores primários e secundários.

No cupim, os reprodutores primários são o rei e a rainha. Seus corpos são marcadamente esclerotizados e na fêmea seu abdômen proeminente se destaca devido à hipertrofia ovariana. Os desovadores secundários são fêmeas que são chamadas para substituir a rainha, caso ela morra ou sua capacidade de desova tenha diminuído. Podemos diferenciá-los dos reprodutores primários – casal real – porque seus corpos são menos esclerotizados.

É importante mencionar que, dentro da colônia, a rainha secreta um hormônio que inibe a capacidade reprodutiva do restante das castas.

As colônias de cupins podem abrigar de centenas de milhares de espécimes a um milhão deles.

Cupim, características, organização social, alimentação

Alimentação de Cupins

O cupim se alimenta da celulose contida na madeira. Sua capacidade de digeri-lo é dada por uma série de protozoários que coexistem com eles dentro de seu sistema digestivo. Os trabalhadores são encarregados de realizar esse processo de digestão da celulose e depois alimentar o restante das castas que não conseguem processar a celulose.

Se necessário, os cupins são capazes de se alimentar dos exoesqueletos que se acumulam nos cupinzeiros com o produto das diferentes mudas em seu processo de transformação.

A capacidade destrutiva do cupim é muito grande. De seus ninhos, eles constroem túneis que alcançam alimentos e têm uma grande capacidade de derrubar todos os obstáculos que aparecem em seu caminho, inclusive concreto.

Os cupins sofrem de fototropismo, ou seja, agem longe da influência da luz solar. Portanto, combater suas ações é uma tarefa difícil. Para isso, foram desenvolvidos instrumentos que detectam sua presença em locais abundantes em madeira, que agem por meio de ondas sonoras.

caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.