Home » Animais » Gato Persa

Gato Persa

O gato persa, é uma das raças mais apreciadas destes animais da família dos felinos. As suas características particulares, como o pêlo comprido e a cara achatada sem nariz, conferem-lhe um aspecto imponente, que desde os tempos feudais o tornou um dos animais de estimação mais escolhidos pela realeza. Ao contrário de outras raças de gatos, o Persa é um dos mais domésticos, aliás, muitas vezes é conhecido como “gato poltrona” por seu caráter calmo. Ao longo dos anos esses animais foram perdendo seus instintos independentes e de rua e não conseguem sobreviver fora de um ambiente doméstico e sem a devida atenção.

gato persa

A origem do atual gato persa

Os primeiros ancestrais do gato persa chegaram à Europa, mais precisamente à Itália, no século XVII. Alguns dizem que eles foram contrabandeados da Pérsia Antiga – atual Irã – e se tornaram os primeiros gatos de pelo comprido a chegar ao continente europeu. Por outro lado, um magistrado da corte francesa introduziu outra antiga variedade de gatos de pelo comprido, da Turquia, conhecido como gato angorá, naquele país.

Mas foi no século XIX, na Grã-Bretanha, que a partir da travessia do gato persa antigo e de gato angorá, obteve-se uma raça com pelagem muito longa, sedosa e uma grande variedade de cores. A partir desse momento, esse cruzamento obtido começou a ser criado, chamando-o de gato persa.

Características do gato persa

Como característica fundamental e mais marcante, o gato persa tem a cabeça redonda, onde se projeta um crânio largo. Visto de frente, este animal tem o rosto achatado, maçãs do rosto marcadas e salientes. Seu focinho é marcadamente curto. Os olhos grandes são bem separados e abertos, geralmente com cores intensas e brilhantes. O nariz bem achatado – que define a raça – deve estar localizado entre os olhos. As orelhas persas são pequenas e ligeiramente arredondadas.

O gato persa mede entre 40 e 50 centímetros de comprimento e pesa até 4 quilos. Não é um gato estilizado, pelo contrário, tem um corpo robusto com bons músculos. Este tipo de conformação corporal é conhecido como “croby” e no caso desses animais em particular, é montado em 4 pernas curtas e grossas.

o gato persa

Como já mencionamos, o gato persa é a raça que possui o pelo mais comprido entre os felinos de seu tipo. Este é abundante, sedoso e grosso. A cauda também tem pelos longos e é arredondada na ponta. O comprimento da cauda não deve exceder a metade do comprimento do corpo do animal. Quanto às cores, o gato persa pode apresentar uma grande variedade. Existem exemplares de uma única cor, e estes podem variar entre branco, azul, castanho e creme. Existem também variedades com uma combinação de 2 e até 3 cores.

O caráter do gato persa

Esses animais são definitivamente caseiros. Eles se adaptaram à vida doméstica de tal forma que seria impossível sobreviver em ambientes mais hostis como outras raças de gatos. Seu personagem é amigável e afetuoso. Ele consegue estabelecer vínculos muito sociais não apenas com os humanos dentro de casa, mas com o resto dos animais. O gato persa não tem nenhum inconveniente em conviver com outros gatos ou cachorros.

É uma raça que se apresenta como ideal para viver em ambientes com pouco espaço, andares altos e apartamentos, pois passará a maior parte do tempo dormindo ou ostentando sua beleza.

Cuidados com o gato persa

Dada a pureza de sua linha genética, os gatos persas requerem cuidados especiais. Além disso, essa característica dificulta a reprodução, pois as ninhadas de filhotes são pequenas, geralmente de uma a três, sendo três filhotes considerados uma ninhada abundante.

Gato persa Origem, características, caráter, cuidados, informações

O período de gestação de uma gata persa é em torno de 64 dias, os filhotes necessitam de inúmeros cuidados desde o nascimento e até os 4 meses de vida, época em que são desmamados da mãe.

Embora o gato persa passe várias horas de sua vida arrumando o pelo, é necessário escovar diariamente, prestando atenção na ponta da cauda onde as pulgas costumam ficar. A escovação é importante, pois evita que o animal engula muito pelo, o que muitas vezes leva a problemas intestinais.

Devido à sua baixa atividade física, é muito importante prestar atenção à dieta do gato persa para evitar problemas de excesso de peso e obesidade.

Esta raça é propensa a desenvolver uma doença chamada doença renal policística – PKD por sua sigla em inglês – que pode causar sérios transtornos no animal. Para isso, o diagnóstico precoce por meio de consulta periódica ao veterinário ajuda a evitar esses distúrbios.

caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.