Home » Animais » Jacaré

Jacaré

O jacaré É o parente americano dos crocodilos. Esses animais habitam os climas tropicais e subtropicais da América do Norte, América Central e América do Sul. Eles também são conhecidos pelo nome de jacarés e lagartos negros. O jacaré pertence à ordem Crocodilia e faz parte da família de alligatorids. Existem 3 espécies de jacarés mais conhecidas: o jacaré de óculos, o jacaré preto e o jacaré vermelho. Eles compartilham certas características comuns com crocodilos, mas também diferenças notáveis.

Jacaré

Descrição do jacaré, suas características

Dependendo da espécie em questão, o jacaré pode variar em tamanho. Isso varia de 1,2 metros a 2,5 metros. 30% do seu corpo corresponde a uma cauda poderosa que lhes permite impulsionar-se na água, o que os torna grandes nadadores.

Esses animais possuem em suas costas uma espécie de armadura composta por placas ou escamas chamadas osteoderms. Estas são placas ósseas, que não devem ser confundidas com o seu esqueleto, e desempenham várias funções.

Os osteodermos do jacaré, além de desempenharem um papel protetor, atuam como acumuladores do calor fornecido pelos raios solares. Quando essas placas ósseas aquecem, elas distribuem o calor por todo o corpo, para que o animal possa realizar suas atividades diárias e o metabolismo corporal. As cores da concha do jacaré podem variar de acordo com cada espécie. Verde, amarelo, preto e rajado são algumas dessas cores presentes. A barriga do jacaré, desprovida de placas ósseas, é branca ou amarelada.

As 4 patas são curtas e localizadas nas laterais do corpo e, com suas garras fortes, servem para se impulsionar no chão.

O focinho é longo e estreito, equipado com dentes poderosos que, em alguns casos, pode ser visto mesmo quando o animal tem a sua boca fechada. Este focinho lhe permite rasgar sua presa sem qualquer dificuldade.

Alimentando

O jacaré é um animal carnívoro. Sua dieta consiste em caracóis, moluscos, peixes, pequenos mamíferos e outros répteis.

Algumas espécies evitam caçar animais grandes, pois isso consome uma enorme quantidade de energia. O jacaré é um caçador furtivo que persegue suas presas nas margens de rios e pântanos.

O jacaré

Reprodução de jacaré

O direito de reprodução, em jacarés, é conquistado após lutas titânicas entre os machos. Aquele que conseguir prevalecer sobre os outros, terá o direito de acasalar com a fêmea mais próxima. Uma vez adquirido este direito, o macho e a fêmea irão copular várias vezes para garantir, desta forma, a fecundação.

O jacaré constrói seu ninho para receber seus filhotes, nas margens dos rios e mangues dos lugares que habita. Para isso, usa galhos e vegetação em decomposição. No ninho, as fêmeas depositam entre 15 e 50 ovos. O tempo de incubação pode variar de acordo com diferentes fatores que determinarão o desenvolvimento dos filhotes dentro do ovo: o calor do sol e a decomposição da vegetação do ninho. A incubação média é geralmente de 12 a 13 semanas.

Uma vez que os ovos eclodem, os filhotes serão cuidados por ambos os pais por algumas semanas.

O crocodilo e o jacaré

A imaginação popular deixou como marca indelével que as diferenças entre o jacaré e o crocodilo seriam apenas de tamanho. No entanto, não é assim. O jacaré tem um focinho mais largo que seu parente africano. No caso do crocodilo, é mais fácil identificar seus dentes quando o animal está com a boca fechada do que no jacaré. Neste último, apenas alguns dentes podem ser vistos.

O crocodilo é um animal capaz de atacar outros maiores. Sua força física e comportamento selvagem é maior que o do jacaré, que prefere caçar pequenos animais que exigem menos esforço físico.

Por fim, os jacarés são animais que vivem exclusivamente em espelhos de água doce, enquanto o crocodilo também pode fazê-lo em água salgada.

Características do jacaré, alimentação, reprodução Réptil, animal

Os perigos para o jacaré

Diferentes variedades de jacarés, são espécies que estão ameaçadas. Uma das principais ameaças à sua sobrevivência é o ataque de aves de rapina a juvenis ou recém-nascidos.

Mas está claro que as ações humanas estão causando estragos na população de jacarés. Esses animais são capturados para fins comerciais, alimentando a indústria do couro. Bolsas, sapatos e carteiras, constituem artigos de grande valor acrescentado que incentivam a caça destes animais, apesar de todas as medidas protecionistas que têm vindo a ser adotadas nos diferentes países onde vivem.

Embora não haja um registro exato que dê conta da população atual de jacarés, sabe-se que estamos testemunhando um declínio dramático na população.

caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.