Home » Animais » O Golfinho

O Golfinho

Divulgue para seus amigos e seguidores!

O Golfinho É a primeira das espécies marinhas de que vamos falar neste blog. Ao longo das publicações que estamos fazendo nele, poderemos ver muitos animais tanto na água quanto em terra porque nossa intenção é que você conheça todas as espécies que existem no mundo animal selvagem e assim, você pode se aprofundar um pouco mais nas maravilhas que nele se contemplam.

o golfinho |  Características, alimentação, habitat, inteligência 3

Nesta ocasião é do golfinho do animal que queremos falar, portanto, vamos separar cada uma das sessões para que não fiquemos desorientados diante desses costumes que esse cetáceo aquático tem e quais são seus principais características são. Está preparado?

Quais são as principais características do golfinho?

Em primeiro lugar teremos que salientar que o golfinho é um mamífero aquático que pertence à família dos golfinhos. Delphinidae e cujo nome científico, precisamente, é este mesmo. Depois de conhecer a espécie a que pertence, devemos alertar que está comprovado que o golfinho é um dos animais que possui maior inteligência e essa é uma das características mais significativas que encontramos desse animal peculiar.

O golfinho é um animal marinho que pode ter de três a nove metros de comprimento nos casos mais extremos. O corpo deste belo animal é completamente uniforme e é seguido por uma cabeça muito grande e um focinho muito comprido.

A cabeça é uma das partes mais significativas do golfinho porque com ela, além de ter o cérebro para essa enorme inteligência, ele respira fora da água por um buraco que fica no topo (esse buraco se diz assim , deve estar sempre em contato com a superfície da água, saindo por ela para que o animal possa respirar o ar.

Alimentação de golfinhos

Os golfinhos são animais exclusivamente carnívoros, ou seja, comem apenas carne e com isso queremos dizer que se alimentam de pequenos animais marinhos que encontram no seu caminho, entre os quais o seu favorito é sem dúvida a lula. No entanto, ele pode comer qualquer outro tipo de animal que seja colocado à sua frente e tenha o tamanho certo para caçar.

Os métodos de caça aos golfinhos em todos os momentos estão relacionados à facilidade de captura de suas presas, ou seja, os golfinhos caçam com base na quantidade de comida que precisam para sobreviver e estar bem consigo mesmos.

A sociabilidade que o golfinho tem é perceptível quando se trata de caçar, pois em muitas ocasiões você poderá ver esses animais em grupo para ir atrás de uma presa que depois compartilharão, embora também possam levar a presa individualmente sem depender em outra pessoa, através da velocidade que ele consegue acenando com o rabo.

Qual é o habitat real do golfinho?

Para falar do habitat natural do golfinho, não podemos focar em um local específico, já que os golfinhos estão distribuídos em quase todo o mundo onde há água e comida. Neste ponto queremos precisamente aludir à diferença que existe entre os golfinhos marinhos e os golfinhos oceânicos que, para além do facto de a sua água ser diferente, pode apresentar outra coisa diferente a ter em conta.

o golfinho |  Características, alimentação, habitat, inteligência 2

Em geral, independentemente de o golfinho ser oceânico ou marinho, esta espécie distribui-se nas águas onde pode obter mais alimento, pelo que onde as pequenas criaturas da água se reproduzem, os golfinhos deslocar-se-ão para poder ter uma alimentação segura, próximo e acima de tudo, fácil de administrar.

A inteligência do nosso amigo golfinho

Se há um fato que foi comentado ad nauseam em todos os documentários sobre animais que valem a pena, esse foi a inteligência do golfinho. Este cetáceo é uma das espécies selvagens com a memória mais longa do mundo.

Ao longo dos anos tem havido vários estudos que provaram que o golfinho é o segundo animal mais inteligente do planeta (a posição número um é ocupada pelo homem, como esperado) e que pode pensar inventando coisas e fazendo seu cérebro, um das ferramentas mais poderosas que você tem.

Se antes falávamos do habitat que estes golfinhos têm e que se encontram em todas as águas do planeta, a verdade é que devemos também estar atentos ao facto de muitos deles estarem em cativeiro por vários motivos no primeiro lugar, porque o homem sempre quis proteger as espécies e, em segundo lugar, porque às vezes elas servem como recurso para atividades recreativas em parques aquáticos para crianças e, por isso, sua inteligência é o que torna isso possível.

 


Divulgue para seus amigos e seguidores!
caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.