Home » Animais » O touro

O touro

Divulgue para seus amigos e seguidores!

Embora todos nós já tenhamos ouvido falar, sabemos disso e até acreditamos que podemos defini-lo, mas o touro é um animal que deve ser considerado exatamente para evitar qualquer tipo de confusão. O touro é o macho de uma espécie de mamíferos artiodáctilos, da família dos bovídeos. O espécime feminino, desta espécie é a vaca. Quando nos referimos ao touro e dizemos que se trata de um exemplar macho, devemos também esclarecer que estamos a falar de exemplares não castrados e aptos a cumprir funções reprodutivas. Esses animais foram domesticados há mais de 10 mil anos, no Oriente Médio. Posteriormente, a pecuária se espalhou pelo mundo.

O touro

O touro: Descrição e características

O nome científico deste animal é Bos primigenius Touro. O touro é um animal quadrúpede, ou seja, sobe, montando-se nas suas 4 patas. Seu corpo é robusto, pesando até 750 quilos. O comprimento do touro chega a 2,5 metros e se medirmos sua altura transversalmente, chega a 1,5 metro.

O touro é herbívoro e ruminante. Em outras palavras, seu sistema digestivo tem várias seções que permitem regurgitar alimentos repetidamente, até que sejam completamente digeridos. Para isso, também possui um sistema de dentição adaptado. Sua mandíbula permite um movimento circular que facilita o esmagamento da grama que consome.

A cabeça é grossa e é coroada com dois chifres curtos e ocos, localizados em cada lado do crânio. A testa é larga e toda a cabeça é coberta por cabelos curtos e grossos. O focinho é largo e mostra sinais de grande força.

Depois da cabeça, o touro tem um pescoço curto e largo e, dependendo da variedade, uma barbela que pode cair abaixo do peito. Suas costas são retas e levemente arqueadas. Em algumas espécies, como o zebu, aparece uma corcova após o pescoço. A cauda começa em uma área superior, entre dois ossos pélvicos, é longa e possui um tufo de pêlos muito característico em sua extremidade.

Todo o seu corpo é coberto com cabelos curtos e duros, assim como em sua cabeça. Dependendo da raça em questão, a cor e as formas e motivos podem variar. Entre as cores de maior destaque estão o branco, o marrom – em suas diversas tonalidades – e até o preto.

touro

O sistema reprodutivo do touro é composto principalmente pelos testículos. No caso de espécimes jovens, estes não serão visíveis, pois estão em posição abdominal. Com a maturidade sexual, estes descem para o saco escrotal. Através do epidídimo, os testículos unem-se ao resto do sistema reprodutivo.

O touro e seu comportamento

Nessas espécies bovinas, o touro exerce uma espécie de dominância dentro do grupo, pois são animais de hábitos gregários. Mas é preciso ressaltar que essa dominância também deve ser obtida após o combate com outros exemplares masculinos em disputa. Dentro do rebanho, o touro que exerce liderança se destaca por ter melhor visão periférica e espaço superior que os demais e uma boa memória do ambiente.

Em geral, é um animal dócil, mas existem raças cujas características são mais agressivas, o que os torna adequados para atividades como touradas – touradas – muito populares na Espanha, mas que estão lentamente sendo banidas em diferentes lugares devido à crueldade. implica para os animais.

O gado, independentemente do sexo, se comunica por meio de odores e pela ação de feromônios. A partir deles, humores, níveis de estresse, etc. podem ser estabelecidos. eles também transmitem tudo isso aos seus congêneres, de acordo com a postura de suas cabeças.

O touro, características, comportamento, reprodução, alimentação

Os sons emitidos pelos bovídeos, chamados de foles, é outra das formas que o touro e outros exemplares da sua espécie têm para comunicar. Por meio deles, expressam diversas situações como fome, sede ou pedidos de cautela diante de possíveis perigos.

Reprodução de touro

O touro desempenha o papel masculino na reprodução da espécie. Como todos os mamíferos, é um animal vivíparo, ou seja, o embrião se desenvolve plenamente no útero da fêmea – a vaca – até atingir um estado de desenvolvimento completo.

Os touros com as melhores condições genéticas são utilizados, dentro da pecuária, para a reprodução das várias raças, recorrendo em muitos casos à inseminação artificial. Para fazer isso, o esperma do touro é obtido e várias fêmeas são inseminadas.

Os espécimes que não serão utilizados para reprodução são castrados e seu nome muda para boi, os animais ficam mais dóceis sendo usados ​​como espécimes para a lavoura ou para as atividades de carne.


Divulgue para seus amigos e seguidores!
caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.