Home » Animais » Ocapi

Ocapi

Quando vemos a imagem de um ocapi, dá-nos a sensação de que é uma brincadeira da natureza e como em alguns jogos que divertem as crianças, podemos ver um animal que parece ser a combinação de vários, que costumamos ver nas savanas africanas. O ocapi é um mamífero artiodáctilo da família dos ocapis girafídeos. É o parente vivo mais próximo da girafa, mas também podemos ver características físicas da zebra nele. Seu habitat está nas regiões de selva do norte da República Democrática do Congo. O estudo desses animais tem sido dificultado por sua natureza indescritível.

o ocapi

Como é um ocapi? Suas características

A forma do corpo e da cabeça do ocapi nos lembra uma girafa. Embora suas pernas e pescoço sejam muito mais curtos que os de seu parente. Na cabeça destacam-se duas orelhas importantes que têm um bom movimento. Além disso, dois pequenos chifres cobertos de pêlos e para os quais os cientistas não conseguiram encontrar nenhum uso. O tronco é robusto, com uma ligeira inclinação nas costas, semelhante ao da girafa. É coberto de pêlo avermelhado, exceto nas pernas e ancas, onde é listrado de preto e branco como se fosse uma zebra.

O ocapi é um mamífero herbívoro e tem uma língua preta muito longa e preênsil que usa para tirar folhas de árvores e arbustos. Para que tenhamos uma dimensão do comprimento de sua língua, é possível ver o ocapi limpando suas orelhas com ela.

Este animal, que parece ser uma mistura de girafa, cavalo e zebra, pode medir até 2,15 metros de comprimento e sua altura na cernelha atinge medidas superiores a um metro. Seu peso é de 250 quilos.

Breve história do ocapi

O mundo ocidental não tomou conhecimento da existência deste animal até o final do século 19, quando Henry Stanley deixou um retrato em suas memórias que ele ficou surpreso ao ver que os nativos do Congo não se surpreenderam com os cavalos carregados por a expedição. Ao tentar averiguar esse fato, os nativos lhe informaram que naquelas regiões havia um animal com características semelhantes.

Ocapi, o que é, características, habitat, comportamento, conservação

Encorajado pelas histórias de Stanley, outro inglês, Harry Johnston percorreu os mesmos caminhos de seu antecessor e encontrou um espécime estranho que não era nem cavalo nem zebra. A princípio ele foi classificado como pertencente à família do equus e recebeu o nome de Equus Johnstoni mas estudos posteriores estabeleceram sua linha de parentesco com as girafas e foi chamado de Okapia Johnstoni.

Um fato curioso sobre esses animais é que as inúmeras expedições que foram realizadas para poder ter esses espécimes em zoológicos das grandes cidades foram um fracasso. A maioria deles não conseguiu encontrar esses animais, que se acreditavam extintos. Somente em 2006, eles foram avistados novamente na região do Congo.

Comportamento ocapi

O ocapi é um animal de comportamento solitário e suas atividades geralmente são noturnas. Em algumas ocasiões, pequenos grupos desses animais podem ser vistos. Em relação à sua reprodução, a fêmea dá à luz um único filhote, no final do verão ou início do outono, após um período de gestação de 15 meses.

Os filhotes de ocapi não diferenciam a fêmea que os alimenta, por isso, quando a mãe de um filhote morre, ele é facilmente adotado por outra fêmea de ocapi, característica rara entre os animais. O ocapi tem no leopardo seu único predador, além do ser humano, e enfrenta este último até a morte se for para defender a prole.

Ocapi

As fêmeas atingem a maturidade sexual após dois anos e os machos alguns anos depois. O ocapi tem sentidos de olfato e audição altamente desenvolvidos. São animais que praticamente não utilizam o sistema vocal – dando a sensação de estarem mudos – exceto os filhotes quando chamam suas mães ou durante o namoro antes do acasalamento.

Estado de conservação

Embora o ocapi não esteja oficialmente listado como uma espécie ameaçada de extinção, sua população, estimada em um 20 mil exemplares, está seriamente ameaçado. Os fatores que colocam em risco a sobrevivência desses animais raros são variados. O desmatamento é uma das principais causas de deterioração do habitat natural desta espécie. Em segundo lugar, a caça ilegal de peles de ocapi conspirou, causando um declínio populacional dramático.

Outro elemento a ser considerado é o fato de que as áreas do Congo, onde vivem os ocapis, estão em constante estado de beligerância e lutas armadas, o que dificulta a atuação de grupos conservacionistas e a implementação de políticas voltadas à preservação da espécie.

caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.