Home » Animais » Porco-espinho

Porco-espinho

O porco-espinho É um roedor herbívoro, mas todos os que o conhecem certamente se lembrarão dele pelos enormes espinhos e espinhos que cobrem o seu corpo e que servem de arma de defesa contra diversos predadores. Esses roedores pertencem à subordem histricomorfos e sob o nome de porco-espinho existem 2 famílias diferentes e também têm um habitat diferente. Os porcos-espinhos existem na Europa, África e América.

porco-espinho

As 2 famílias de porco-espinho

Cada uma dessas 2 famílias de roedores herbívoros, conhecidos como porcos-espinhos, possui ambientes geográficos diferentes.

A família de Histrycidae – conhecido como Velho Mundo – reúne os porcos-espinhos que habitam a Europa, Ásia e África. São 4 gêneros que compõem a família e o mais conhecido de todos Hystrix cristal. É um porco-espinho pesando 15 quilos, 60 centímetros de comprimento e 25 centímetros de comprimento. Este animal é o que podemos ver em alguns países europeus.

O continente americano também tem sua própria família de porcos-espinhos, chamada Eretizontidae – do Novo Mundo. Dentro desta família existem 5 gêneros. Cada um deles ocupa diferentes regiões da América, estendendo a família do Alasca à Argentina.

Descrição do porco-espinho, suas características

A parte superior do porco-espinho, ou como costuma ser chamada: o dorso do animal, é coberta de espinhos e espinhos muito fortes. São fáceis de identificar, pois a maioria possui faixas tricolores em branco, preto e amarelo, tanto na base quanto nas pontas dos espinhos. Essas bandas geralmente têm a mesma largura, proporcionando certa harmonia e uma presença marcante para alertar possíveis atacantes. Os espigões na cauda, ​​cabeça e pernas são curtos, ao contrário dos do resto das costas que são longos e mais grossos. Um porco-espinho adulto pode ter 30.000 espinhos que podem até ser jogados no agressor, causando danos graves.

o porco-espinho

A cabeça é redonda e o rosto destaca-se por ter a pelagem branca onde se destacam o nariz e os lábios carnudos e rosados. Esses animais têm uma espécie de bigode, conhecido como bigodes que cumprem funções sensoriais e são grandes, pois atingem os ombros.

O porco-espinho pode atingir um comprimento de até 56 centímetros, sem contar a cauda que chega a 20 centímetros. Esta cauda é preênsil e forte. Seu peso é em torno de 13 quilos e seu sistema dentário possui 20 dentes.

Nas 4 patas do animal existem garras de grande força e dobradas para dentro. Isso permite que ele se enterre no chão e suba em árvores. Algumas das espécies americanas são arborícolas, passando grande parte de suas vidas subindo em árvores em um habitat de floresta tropical.

Reprodução do porco-espinho

Pouco se sabe sobre os hábitos reprodutivos desses animais. Isto devido ao seu comportamento solitário e hábitos noturnos. A verdade é que após o acasalamento entre o macho e a fêmea, o período de gestação dura aproximadamente 203 dias, após os quais nasce um único filhote.

Ao nascer, o bezerro pesa apenas 400 gramas, mas começa a ganhar peso rapidamente durante a amamentação. O desmame ocorre às 10 semanas de idade e em menos de um ano, o porco-espinho terá atingido seu tamanho final. Aos 19 meses atingem a maturidade sexual.

Características do porco-espinho, reprodução, alimentação Animal

Alimentando

Embora todas as espécies de porco-espinho sejam herbívoras, sua dieta difere dependendo de serem do Velho Mundo ou do Novo Mundo. As espécies que vivem na Europa, África e Ásia compõem sua dieta com raízes, frutas, cascas, bagas, amendoim, batata, abóbora, etc. Enquanto aqueles que vivem na América preferem agulhas de pinheiro, cascas, grãos, frutas, flores e, às vezes, vegetação aquática. Esta dieta é condicionada pelo caráter arbóreo dos espécimes americanos.

Comportamento

A maioria das espécies de porco-espinho prefere realizar suas atividades de forrageamento à noite. Isso permite que ele esteja protegido da maioria dos animais predadores e esses hábitos noturnos não apresentam dificuldades, pois é equipado com um olfato que permite detectar alimentos a uma grande distância.

Com exceção de algumas espécies da América, que vivem em árvores, o porco-espinho é um animal terrestre e descansa durante o dia em busca de um lugar protegido. Seus movimentos são lentos, mas na presença de perigo mostra sua enorme agilidade para escalar.

Apesar de suas semelhanças, não deve ser confundido com o ouriço. Ambos têm o corpo coberto de espinhos, mas os do ouriço são mais curtos e mais fracos que os do porco-espinho. Não há ouriços na América e eles diferem substancialmente em tamanho, sendo o porco-espinho o maior.

caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.