Home » Animais » Quirquincho

Quirquincho

O quirquincho É um animal que, apesar de seu pequeno tamanho, sua imagem nos remete a espécies pré-históricas, de fato, é considerado um descendente direto dos gliptodontes encontrados na Argentina, animais que viveram há 70 milhões de anos, mediam quase 4 metros e pesavam 2 toneladas. O quirquincho compartilha com seus ancestrais sua concha particular, incomum em um mamífero, e sua aparência física. Pode ser encontrado em diferentes regiões da América do Sul, especialmente na Argentina e na Bolívia, onde vive o quirquincho andino. De fato, a palavra quirquincho vem da língua quíchua.

Quirquincho

Descrição do Quirquincho, suas Características

Esse animal, também conhecido como tatu, possui tamanho variável dependendo da espécie em questão, porém, seus atributos praticamente não variam. Podemos citar 2 grandes espécies de quirquinchos: O conhecido como quirquincho andino, cujo nome científico é Chaetophractus nationali, que vive nas áreas andinas da Bolívia e norte da Argentina e Chile; e ele Chaetophractus villosus que habita a maior parte do território da Argentina, Uruguai e Paraguai. Ambas as espécies pertencem à família Dasypodidae.

A principal característica do quirquincho é a moldura que cobre seu corpo. É composto por placas ósseas curvas, cobertas com escudos córneos que atuam como proteção, essas placas cobrem a parte superior de seu corpo até os lados, e em algumas espécies podem ser vistas em sua cabeça. Quando o quirquincho é ameaçado, ele pode se enrolar, tornando-se uma bola inexpugnável. Alguns exemplares têm, entre as placas, alguns grossos que se destacam, por isso na Argentina também é conhecido pelo nome de peludo.

Este animal tem pernas curtas e garras nos dedos que lhe permitem cavar o solo em busca de comida. Sua cabeça é pequena com um focinho alongado que possui dentes sem presas e incisivos. Possui um excelente olfato que lhe permite detectar a grande distância a presença de animais invertebrados que constituem seu principal alimento.

Reprodução do Quirquincho

São animais solitários, noturnos e só parecem se reunir durante a época de acasalamento, que ocorre no final da primavera e a gestação ocorre durante o verão. A fêmea dá à luz grandes ninhadas de até 12 filhotes, embora algumas espécies possam dar à luz uma única prole. O período de gestação dura 2 meses e após o nascimento, os filhotes abrem os olhos entre 15 e 30 dias. Sendo animais mamíferos, os recém-nascidos se alimentam do leite materno e o desmame chega aos 60 dias de vida.

Os quirquinchos atingem a maturidade sexual aos 9 meses e sua vida pode durar 20 anos. Em diferentes áreas da América do Sul, o quirquincho é uma espécie em sério perigo de extinção devido à constante expansão da fronteira agrícola que destrói seu habitat.

Comportamento

Quirquincho O que é, características, reprodução, informações sobre animais

Não confunda o quirquincho com a mulita.

Quando o sol começa a se esconder e durante a noite, começa o momento de maior atividade do quirquincho, que prefere se alimentar ao abrigo da escuridão. Sua dieta consiste principalmente de formigas, cupins, minhocas, aranhas, vermes e larvas. Para obtê-los, usa suas garras fortes, com as quais ataca formigueiros, cupinzeiros e cavando na terra e na casca de árvores caídas. Sua língua é fornecida com uma substância pegajosa que ajuda a aderir os insetos a ela.

Sua dieta pode ser alterada por carniça e pequenas cobras, que substituem a possível falta de insetos suficientes para se saciarem.

O Quirquincho e o Homem

Para o homem, o quirquincho teve um significado especial em sua vida. Em algumas regiões, sua concha é utilizada para a fabricação de instrumentos musicais, conhecidos como charangos um instrumento de cordas semelhante a um pequeno violão, com um som muito agradável.

A carne de Quirquincho é muito apreciada pelo homem. O seu sabor está associado à carne de frango, coelho ou porco. Uma vez eviscerado o animal, ele é cozido sem retirar a casca, seja em forno de barro ou assado.

Em contrapartida, é portadora de certos microrganismos causadores da hanseníase, como a Mycrobacterium leprae. Em algumas regiões do norte da Argentina, o quirquincho é um transmissor, junto com a vinchuca – inseto semelhante a uma barata – do Trypanosoma cruzi que causa o Doença de Chagas.

Até o início do século 20, o quirquincho da espécie Chaetophractus villosus não tinha presença na Patagônia argentina porque o rio Chubut – que atravessa o país de leste a oeste – impedia seu avanço, mas a construção de pontes e estradas permitia. a esta espécie endêmica se espalhou por todo o sul do continente americano.

caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.