Home » Animais » Schnauzer Gigante

Schnauzer Gigante

O schnauzer gigante é uma raça de cachorro originária da Alemanha, que no século XVII, foi utilizado para trabalho de campo. Os primeiros exemplares viveram na Suábia, na região da Baviera e Württemberg, e foram considerados uma variação de pêlo duro do pinscher alemão. Se há algo que o descreve, é o seu peculiar bigode.

schnauzer gigante

Sua pele permite que ele suporte o inverno rigoroso da Alemanha e até as picadas de alguns insetos. Portanto, é excelente para viver em climas frios.

Origem do Schnauzer Gigante

Estima-se que o schnauzer gigante nasceu pela mistura de diferentes raças como Pastor Alemão, Rottweiler, Boxer, Dogue Alemão, Pastor da Turíngia, Doberman Pinscher e Bouvier des Flandres, com o Schnauzer Standard.

Ele foi um grande aliado dos fazendeiros por muitas décadas, pois cuidava das propriedades e levava os animais da fazenda para o mercado, mostrando assim sua grande inteligência.

No século 20, o schnauzer gigante podia ser encontrado em cervejarias, currais, fábricas e açougues da Baviera, como um cão de guarda. Fora da área, era desconhecido até o início da Primeira Guerra Mundial e tornou-se uma raça de serviço.

Atualmente, é comum encontrá-lo como policial, onde se destaca pela obediência e astúcia nas atividades de busca e salvamento.

A maioria dos clubes de schnauzer na Europa elogiam as qualidades de trabalho deste animal.

Seu Caráter

O schnauzer gigante adora brincar. É cheio de energia, é amoroso com seus donos e os defende de qualquer ameaça. Devido ao seu tamanho, é imediatamente intimidante e é muito territorial.

Esta raça precisa se manter em movimento, então você deve se exercitar diariamente. Ele é muito inteligente e aprende bem rápido, por isso acaba sendo um excelente parceiro de travessuras, ideal para crianças.

Gosta de ver seus donos felizes, por isso é dócil e obediente. Quem cria um schnauzer gigante deve sempre ter um brinquedo à mão, pois tende a se entediar facilmente.

Tem um instinto de caça que, às vezes, o torna agressivo. Mesmo as fêmeas podem ser hostis a outros cães do mesmo sexo.

Não se surpreenda se você o vir correndo atrás de um carro, porque ele certamente pensa que é uma presa grande e a perseguirá entre latidos.

Schnauzer gigante Características, comportamento, cuidados, alimentação

COMPORTAMENTO DO SCHNAUZER GIGANTE

Devido ao seu tamanho e energia, sugere-se tê-lo em grandes espaços, onde possa ser facilmente desdobrado. Por ser um animal grande e forte, é possível que ele atinja ou machuque os bebês por acidente. Isso explica por que os criadores não recomendam que eles vivam com crianças pequenas.

O schnauzer gigante não é dado à solidão. Merece carinho, atenção e cuidados frequentes. Se ele for negligenciado, seu caráter mudará e ele ficará triste e amargo, perdendo a confiança em seus companheiros.

Dicas para sua Dieta

O ideal é dar alimentação de ponta, pois contém matéria-prima adequada para seu desenvolvimento saudável. Se você está em processo de mudança de marca ou qualidade, sugere-se fazê-lo gradualmente para que seu sistema digestivo se adapte e a diarreia seja evitada. Isso se aplica principalmente aos filhotes.

Sugere-se fornecer-lhe duas refeições por dia, especialmente se for adulto. A quantidade é determinada pelo veterinário, mas fica em torno de 500 a 700 gramas por dia.

A água é vital e deve estar livre de sujeira e bactérias.

CUIDADOS COM Schnauzer Gigante

Se você ainda tinha dúvidas sobre por que escolher um Schnauzer Gigante, vai adorar esse fato: ele dificilmente solta pelos. Assim, facilitará seu trabalho de limpeza.

A pelagem de pelo curto merece pouca atenção. Será o suficiente para cortá-lo e penteá-lo duas vezes por mês. No entanto, a pelagem longa requer mais atenção e escovação regular.

Se você levá-lo ao médico, vaciná-lo, banhá-lo e cuidar dele, você terá um companheiro por muito tempo no schnauzer gigante, já que ele pode viver por aí 12 anos humanos.

Seu focinho preto junto com sua longa barba áspera será a primeira coisa que você verá quando abrir a porta. Com seus 70 centímetros de altura e 35 quilos de peso estará disposto a ser seu amigo fiel.

Embora tenda a ser um cão saudável, há alguns que podem ter câncer, torção gástrica, epilepsia e displasia coxofemoral. Seus movimentos bruscos podem desencadear doenças nas articulações, portanto, cuidado especial deve ser tomado.

o schnauzer gigante

Aparência do Schnauzer Gigante

Você pode encontrar o schnauzer gigante com pele preto ou “sal e pimenta”. Este último é uma mistura de cinza, branco e preto. Sua pelagem é dura e densa, ele tem belas sobrancelhas espessas que combinam com sua barba.

Suas costas são quadradas e atléticas. Seu andar é característico, pois é vigoroso, firme e tem um trote rápido, como se espera de um exemplar em boa forma. Suas orelhas naturais e não cortadas são pequenas, mas geralmente são “podadas” e parecem pontiagudas, em forma de V.

Seu peito é um pouco largo e profundo, estendendo-se até os cotovelos. Os flancos são recolhidos na barriga, embora não seja uma grande proporção.

No rosto do schnauzer gigante, destacam-se não apenas os bigodes, mas também a testa plana e a marcação da depressão naso-frontal, abaixo das sobrancelhas. Seu focinho é reto e tem uma forma peculiar de cunha. Os lábios estão bem presos e são pretos.

A cauda parece em forma de sabre ou foice e deve ser mantida natural. Seu cabelo fica rente ao corpo e tem uma textura aramada.

Há uma crença de que os de pelagem clara têm um caráter mais dócil do que os pretos. Isso não é verificado.

caio carbonaro

Sobre Caio A Carbonaro Guerreiro

Caio A. Carbonaro Guerreiro é um renomado biólogo da Universidade de Santo Amaro, com vasta experiência e profundo conhecimento em seu campo. Ao longo de anos de dedicação, ele se destacou em pesquisas e projetos que contribuíram significativamente para a compreensão da biodiversidade e conservação ambiental. Sua paixão pela natureza e seu compromisso com a preservação a tornam uma referência respeitada, e seu trabalho tem um impacto duradouro na proteção dos ecossistemas e na educação ambiental.