Home » Saúde e Beleza » 5 Propriedades medicinais da Lobelia com evidência científica

5 Propriedades medicinais da Lobelia com evidência científica

Lobélia É um gênero de plantas com flores que inclui mais de 300 espécies. Algumas variedades têm sido usadas na medicina tradicional por suas propriedades. Um dos mais utilizados é aquele com o nome científico de lobélia inflada, embora não seja o único com propriedades medicinais.

Existem alguns estudos de relevância científica que garantem que pode reduzir os processos asmáticos, está relacionado à redução da depressão e outros problemas relacionados à inflamação.

Este trabalho tem como objetivo investigar as propriedades medicinais do gênero vegetal Lobélia através das principais investigações de relevância médica.

Características de Lobélia

Lobélia É um grupo de plantas com flores que abriga entre 360 ​​e 400 espécies cuja origem é a América do Norte. De tantas espécies, a que melhor se considera por suas propriedades é Lobélia inflada.

Há muitos anos, os nativos americanos da Nova Inglaterra usavam esta planta defumada para reduzir a sensação de vômito ou tratar os processos iniciais da asma. Portanto, há registros bibliográficos que, naquela época, Lobélia era conhecido como vómito-erva ou tabaco indiano.

Nos dias de hoje, Lobelia inflata Tem sido investigado por sua atividade contra várias doenças, uma delas também conhecida como depressão. Estudos descobriram diferentes propriedades do principal composto da planta, a lobelina. [Leia maiss]

Atualmente, esta planta pode ser utilizada na forma de infusão, por meio de comprimidos ou extratos líquidos. As folhas, sementes e flores são usadas para preparações.

Propriedades medicinais de Lobélia

A presença de alcalóides como a lobelina oferece diversos efeitos benéficos para a saúde.

1. Atividade antioxidante

Na planta Lobelia existem vários componentes alcalóides interessantes na medicina. do tipo Lobelia cardinalis Um deles, conhecido como lobinalina, mostrou-se especialmente interessante devido às suas propriedades antioxidantes.

Esses antioxidantes são compostos que reduzem a presença de radicais livres, substâncias oxidantes e altamente reativas que podem causar danos às células e aumentar o risco de doenças.

A lobinalina favorece a redução desses radicais livres e melhora as vias de sinalização cerebral. [Leia mais]

Esses efeitos têm sido investigados para estudar a evolução de várias doenças, como o Parkinson. Atualmente, são necessários mais ensaios e conclusões verdadeiras para poder chegar a conclusões.

2. Reduz os sintomas da asma

A planta Lobélia Ocasionalmente, é usado em apoio aos medicamentos atuais para aliviar os sintomas relacionados à asma (tosse incontrolável, ardor e aperto no peito).

O alcaloide lobelino tem atividade relaxante no trato respiratório, facilitando a eliminação do muco nas vias aéreas. Por esse motivo, também é usado para aliviar processos de bronquite ou pneumonia, e também é válido para qualquer problema respiratório.

Ensaios realizados em camundongos concluíram que a lobelina favorece a secreção de proteínas inflamatórias, reduzindo processos inflamatórios e lesões pulmonares. [Leia mais]

Apesar disso, são necessárias mais pesquisas comprovadas em humanos.

3. Alívio de estados depressivos

A lobelina tem atividade para bloquear vários receptores cerebrais que estão relacionados a estados depressivos. Portanto, pode proteger contra alterações de humor e depressão. [Leia mais]

Testes realizados em camundongos mostraram que o composto lobelina presente na planta Lobelia reduziu significativamente o comportamento depressivo e os níveis de hormônios do estresse no sangue. Por sua vez, pode ser usado em conjunto com medicamentos antidepressivos regulares para aumentar seu efeito. [Leia mais]

Hoje, é considerado uma ferramenta interessante, mas faltam evidências científicas de que possa substituir os medicamentos atuais ou ser usado como tratamento alternativo para a depressão.

4. Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

O extrato de Lobelia pode melhorar os sintomas do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).

Em geral, a atividade foi demonstrada contra a hiperatividade e a falta de concentração, liberando e facilitando a assimilação da dopamina no cérebro. [Leia mais]

No entanto, os processos relacionados ao TDAH são muito complexos e são necessárias mais pesquisas em humanos.

5. Lobelia pode ajudá-lo a parar de fumar

O efeito do alcalóide lobelina presente na planta Lobelia tem ação semelhante à nicotina, razão pela qual vem sendo estudado com interesse como ferramenta para ajudar a eliminar o tabagismo.

Estudos científicos indicam que a lobelina atua interagindo com receptores cerebrais responsáveis ​​pela liberação de neurotransmissores relacionados ao vício. [Leia maiss]

Em alguns casos, os resultados chegaram a conclusões diferentes, de modo que a Food and Drug Administration dos EUA não a considera uma ferramenta eficaz para parar de fumar.

Atualmente, pesquisas estão sendo realizadas com diferentes doses para encontrar um padrão satisfatório que ajude a colaborar com os atuais. medicamentos para parar de fumar.

extrato de lobélia

Dosagem recomendada de Lobelia e possíveis efeitos colaterais

Atualmente, há uma grande falta de informações sobre a planta Lobelia, pelo menos para concluir com uma dosagem padrão e seus possíveis efeitos colaterais.

Contra o TDAH, lobelina 30 mg por dia mostrou-se segura e significativamente funcional. No entanto, houve casos de efeitos colaterais leves, como náusea e dormência na boca.

Em altas doses, a Lobelia pode se tornar tóxica, embora sejam necessárias quantidades muito altas.

Esta planta não deve ser usada ou consumida por mulheres grávidas ou lactantes ou crianças, devido à falta de pesquisas.

Atualmente, existem suplementos à base de Lobalia que são usados, mas muitos deles não são regulamentados pelas autoridades de saúde e devem ser consumidos com cautela.

isabella carolina

Sobre Isabella Carolina

Isabella Carolina é uma especialista em saúde e beleza com treinamento na Europa. Com uma abordagem refinada e inovadora, ela combina o conhecimento europeu de bem-estar e estética com as mais recentes tendências globais. Sua expertise se reflete em tratamentos personalizados que promovem a saúde e realçam a beleza, cativando seus clientes. Isabella é uma profissional comprometida em elevar os padrões de cuidados com a saúde e a estética, tornando-a uma referência respeitada no campo. Seu treinamento europeu adiciona um toque sofisticado e contemporâneo aos seus serviços, criando experiências únicas para aqueles que buscam o melhor em beleza e bem-estar.