Home » Saúde e Beleza » 7 Propriedades Medicinais do Chá de Rooibos

7 Propriedades Medicinais do Chá de Rooibos

Por centenas e centenas de anos, a civilização humana aproveitou propriedades do chá de rooibos e uma grande variedade de infusões de diferentes fontes. Hoje em dia, é bastante comum chegar a um restaurante e pedir chá vermelho, chá verde e outros tipos mais complexos.

Assumimos como substituto do café e pelo aporte de cafeína e relaxante. No entanto, dentro de seus componentes encontramos muitos benefícios nesta infusão de cor avermelhada. Esse é o nosso objetivo, descrever da forma mais científica possível os benefícios de desfrutar de suas propriedades e de uma boa xícara de chá.

Origem do Chá Vermelho

propriedades do chá de rooibos

O chá de rooibos das folhas de Aspalathus linearis (conhecido como arbusto vermelho). Esta infusão distingue-se de outros chás que provêm da mesma espécie em processo de obtenção e transformação.

Especificamente, o chá verde sofre menos processos de transformação de suas folhas, como o chá vermelho, portanto, suas características e propriedades medicinais mudam.

Esta infusão passa por um processo de fermentação uma vez que suas folhas são colhidas, que inicialmente têm uma aparência verde. É a partir do processo de fermentação quando adquire cores avermelhadas ou marrons.

A origem do chá Pu-erh é chinesa, onde é cultivado há milhares de anos.

Há uma área na África do Sul conhecida como região montanhosa de Cederberg (na província de Western Cape), onde existe uma grande tradição para o cultivo do chá Rooibos, pois é possível obter um processo de oxidação diferente e com um pouco mais de profundidade no sabor (semelhante ao chá preto).

Nestas regiões podemos encontrar diferentes tipos de Rooibos, como o vermelho e o verde.

Composição Nutricional

Uma das coisas pelas quais as propriedades do chá vermelho se destacam é seu baixo teor de ácido oxálico e, portanto, oferece uma menor probabilidade de gerar cálculos renais ou pedras nos rins para pessoas sensíveis a esse problema.

Isso, incluindo uma boa composição mineral (potássio, cálcio, magnésio e uma longa lista de micronutrientes) fazem deste chá uma alternativa eficaz a outras opções menos saudáveis.

No entanto, o mais importante do chá vermelho são as propriedades medicinais oferecidas pela grande lista de antioxidantes e compostos fenólicos encontrados em sua composição.

  • Antioxidantes: aspalatina, notofagina, superóxido dismutase, vitamina C, quercetina.
  • Outros compostos: polifenóis, flavonóis, flavonóides e diidrocalconas.

Essa alta concentração de polifenóis se deve à própria resposta da planta a situações de estresse comuns na área onde é cultivada, como estresse ambiental (excesso de calor), falta de água e o ataque contínuo à planta por animais herbívoros.

Características do Seu Sabor

O chá de Rooibos caracteriza-se por ter um sabor doce mas muito suave. No retrogosto, alguns tons característicos de noz podem ser percebidos. Isso torna possível beber sozinho, sem adicionar nenhum açúcar adicional ou qualquer outra mistura.

No entanto, o comum na tradição de beber este chá de Rooibos é adicionar um pouco de leite ou mel.

Propriedades do Chá de Rooibos

propriedades e potencial do chá de rooibos

1. Alto teor de antioxidantes

Encontramos dois super antioxidantes testados repetidamente em diferentes estudos, como aspalatina e notofagina. Esses compostos, presentes no chá de Rooibos, são capazes de ativar o sistema imunológico e reduzir a presença de radicais livres a que nosso corpo se submete todos os dias.

Isso está intimamente relacionado aos altos níveis de açúcar que as pessoas com diabetes podem acumular na corrente sanguínea.

Manter um bom nível de antioxidantes no organismo garante um melhor desempenho dos órgãos vitais. Especificamente, tem sido estudado o impacto positivo destes compostos na desintoxicação do fígado, através da eliminação de radicais livres que prejudicam o metabolismo celular.

Além disso, é preciso contar com o fato de não fornecer cafeína, em comparação com outras infusões ou o próprio café. Aqui você pode dar uma olhada na comparação das quantidades de cafeína.

Conteúdo de cafeína de rooibos

2. Prevenção do Diabetes

Para a regulação do nível de açúcar no sangue existe um composto muito interessante no chá de Rooibos. Falamos sobre o aspalatina, com qualidades muito interessantes, entre elas a propriedade antidiabética.

Vários estudos interessantes têm sido realizados, como o Universidade de Agricultura e Tecnologia de Tóquio (supervisionado pelo Dr. Atsutoshi Kawano), onde ele viu como a aspalatina oferecia propriedades de controle de açúcar na corrente sanguínea.

Isso foi alcançado melhorando a resistência à insulina e a captação de glicose pelos músculos, melhorando a secreção de insulina através do pâncreas.

Isso, combinado com a farmacologia moderna, ajuda a reduzir os picos altos e baixos de açúcar no sangue que causam danos aos músculos e órgãos vitais.

3. Pode Baixar a Pressão Arterial

A maioria das infusões atuais foi investigada por seu potencial para reduzir a pressão arterial.

No caso do chá de Rooibos, descobriu-se que ajuda a inibir a enzima que converte a aniotensina. Este mecanismo controla o equilíbrio eletrolítico e a pressão arterial. Além disso, foi descoberta sua capacidade broncodilatadora, o que é interessante para atuar nesse campo de ação.

Por isso, falamos sobre as propriedades do chá de Rooibos pode ser interessante para prevenir doenças cardiovasculares, ataques cardíacos e aterosclerose.

4. Atrasar o Envelhecimento

Existe uma relação clara entre a presença de antioxidantes e seu efeito antienvelhecimento. Isso, além de ativar o sistema imunológico, melhora a absorção de minerais pelos ossos e reduz a degeneração das células de gordura.

No caso de redução de rugas, nenhum efeito potencial foi observado quando o chá de Rooibos é consumido por via oral. Mas é aplicado topicamente (através da pele), quando é aplicado à base de cremes e cosméticos que contêm os ingredientes ativos desta planta.

5. Chá de Rooibos para Emagrecer

As dietas que são praticadas na vida moderna baseiam-se no fornecimento de alimentos ricos em nutrientes com baixa ingestão calórica.

No caso do chá de Rooibos, estamos falando de um alto poder saciante com pouca ingestão calórica, por isso é indicado como coadjuvante em dietas onde a quantidade de nutrientes fornecida é reduzida.

Um estudo realizado confirmou que as propriedades do rooibo aumentaram os níveis de leptina, hormônio relacionado à regulação da ingestão alimentar e do sinal de saciedade.

Também foi visto que acelera o metabolismo da gordura armazenada.

Em suma, este chá deve ser complementado com uma vida saudável, pois por si só não faz milagres. Tem um leve efeito saciante e é um ativador metabólico, mas será inútil se não for acompanhado de atividade física ou depois de comermos alimentos ricos em gorduras saturadas.

6. Propriedades anti-inflamatórias

A alta concentração de antioxidante também ajuda a reduzir a inflamação causada por inchaços, danos nas articulações ou ossos quebrados. Esse efeito antiespasmódico foi diagnosticado como alívio para processos inflamatórios no estômago (como cãibras), facilitando a mobilização do potássio (nutriente relacionado à redução de cãibras musculares).

7. Prevenção de alergias

Existe um flavonóide presente no chá de Rooibos, conhecido como

Esta cerveja sul-africana contém um flavonóide bioativo conhecido como crioseriol que tem efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes.

Como mencionamos anteriormente, atua como broncodilatador, por isso ajuda a reduzir os sintomas causados ​​por uma alergia, que causa tosse, rinite alérgica ou sintomas de asma.

Este mecanismo de ação também é apoiado pela presença de quercetina que atua reduzindo a produção de histamina, elemento do corpo humano que ativa os gatilhos da resposta alérgica (muco, tosse, inflamação, etc.).

Portanto, o chá de Rooibos atua, em pequena escala, com um efeito anti-histamínico que pode ser combinado com medicamentos modernos usados ​​para este caso.

Como Preparar uma Infusão de Chá de Rooibos

características do chá de rooibos

Preparar uma infusão de Rooibos é semelhante a qualquer outra bebida, onde precisaremos de água quente e folhas de chá já secas e preparadas.

Na maioria das vezes, encontraremos sacos de Rooibos já preparados para adicionar diretamente à água quente, economizando muito tempo.

No entanto, ao preparar uma infusão de Aspalathus linearis, Há uma série de recomendações que vamos comentar.

Rooibos precisa de mais tempo de descanso

Como se fosse uma cerveja de trigo, é aconselhável deixar o chá de Rooibos em infusão por mais tempo do que a média de outras infusões. Deixe descansar por pelo menos 5 minutos em contato direto com a água quente.

Ajuste a quantidade de chá de acordo com o seu gosto

Não existe uma dose padrão para o chá Rooibos, portanto, dependendo das preferências de concentração, você pode adicionar mais ou menos, dependendo do seu gosto. O ideal é uma colher de chá de extrato de Rooibos para cada xícara de água.

Armazenamento de Chá Rooibos

O sistema de armazenamento deste tipo de chá é semelhante ao de outras infusões. Deve ser armazenado em local limpo e seco, sem exposição direta à luz.

Em geral, qualquer recipiente hermético é aconselhável, reduzindo a perda de odor e seus componentes ativos.

Como outros tipos de chá, o Rooibos deve ser manuseado e armazenado adequadamente para preservar seu sabor e nutrientes. Armazene-o em uma área limpa e seca que não seja exposta à luz solar. vinte É melhor mantê-lo longe de outros alimentos com cheiro forte, como café e especiarias.

Contra-indicações e Efeitos Colaterais Negativos

Alguns efeitos colaterais do Rooibos têm sido investigados, geralmente relacionados a alergias a alguns de seus compostos, flavonóides e antioxidantes.

Intoxicação hepática

Alguns casos de toxicidade hepática causados ​​pela ingestão de chá vermelho de Rooibos foram localizados. O consumo diário de grandes quantidades de chá de Rooibos pode aumentar as enzimas hepáticas, o que pode causar esses problemas.

Portanto, se você sofre de distúrbios hepáticos, é aconselhável consultar um médico antes de começar a tomar esse tipo de infusão.

Atividade Estrogênica

Existe uma relação entre a presença de alguns componentes ativos e a atividade estrogênica, por isso é necessário consultar um médico se você sofre de algum tipo de câncer hormonal.

Uso Durante a Gravidez de Chá de Rooibos

Uma das recomendações solicitadas para as gestantes é reduzir o consumo de cafeína. No entanto, muitas pessoas tomam seu café ou vários cafés diários quase como uma regra sagrada, por isso é complicado e exige muito esforço.

O bom que a infusão de rooibos oferece é que não contém cafeína (como vimos na imagem anterior). Por esta razão, oferece-nos todas as vantagens deste tipo de infusão, como reduzir a sensação de náusea, melhorar o sono, a capacidade digestiva e uma grande contribuição de fertilizantes.

Portanto, o chá de rooibos é altamente recomendado para mulheres grávidas. Se você se sentir muito enjoado, você pode misture com gengibre para potencializar seus efeitos (também compatível com a gravidez).

isabella carolina

Sobre Isabella Carolina

Isabella Carolina é uma especialista em saúde e beleza com treinamento na Europa. Com uma abordagem refinada e inovadora, ela combina o conhecimento europeu de bem-estar e estética com as mais recentes tendências globais. Sua expertise se reflete em tratamentos personalizados que promovem a saúde e realçam a beleza, cativando seus clientes. Isabella é uma profissional comprometida em elevar os padrões de cuidados com a saúde e a estética, tornando-a uma referência respeitada no campo. Seu treinamento europeu adiciona um toque sofisticado e contemporâneo aos seus serviços, criando experiências únicas para aqueles que buscam o melhor em beleza e bem-estar.