Home » Saúde e Beleza » Em que consiste a fitoterapia?

Em que consiste a fitoterapia?

Atualmente, o Fitoterapia Está passando por um renascimento, e mais e mais pessoas estão convencidas de que os medicamentos fitoterápicos são tão eficazes quanto os medicamentos comprados nas farmácias.

A fitoterapia moderna se preocupa em extrair das plantas substâncias puras com propriedades farmacológicas específicas e propriedades físico-químicas conhecidas. Graças a este procedimento, a dosagem da fitoterapia é mais precisa e eficaz.

O que é fitoterapia?

A fitoterapia ou fitoterapia baseia-se no uso de plantas medicinais no tratamento de doenças. A medicina natural não está repleta de efeitos colaterais tão fortes quanto os medicamentos convencionais e, ao mesmo tempo, fornece ao nosso corpo ingredientes e vitaminas valiosos.

A medicina preventiva e a fitoterapia devem andar de mãos dadas. A fitoterapia previne o aparecimento de muitas doenças, fortalecendo o corpo e o espírito.

Como preparar ervas para fitoterapia?

As plantas secas são preparadas dependendo de qual parte delas você precisa. Fitoterapia usa folhas, flores, raízes e até mesmo casca. Uma infusão, decocção ou maceração é feita das folhas e flores. Da raiz ou casca.

Infusão, decocção e maceração. Qual a diferença entre eles?

Muitas pessoas já descobriram que as ervas podem proporcionar muito mais benefícios do que muitos xaropes ou comprimidos.

Fitoterapia e menopausa

Vale a pena se interessar pela fitoterapia, é até uma alternativa para os sintomas da menopausa, com infusões de soja.

  • Infusão: uma colher de sopa de ervas é derramada com um copo de água fervente e reserve por alguns minutos. Pode ser armazenado, por exemplo, em uma garrafa térmica.
  • Decocção: as ervas são derramadas com água fervente e cozidas brevemente.
  • Maceração: ervas são derramadas com água fria. Em uma chama grande, eles são levados a ferver, depois o fogo é reduzido e cozido por 15 minutos.

A fitoterapia nada mais é do que um fitoterápico, antes considerado magia negra, hoje se tornou um elemento da medicina, as ervas podem ser adquiridas facilmente em qualquer farmácia e até mesmo no supermercado.

Fitoterapia e uso de ervas

O que a fitoterapia cura?

Com a fitoterapia você pode criar um anti-inflamatório natural, mas seus benefícios e usos são muitos. As seguintes doenças podem ser tratadas com ervas:

Náusea: infusão de camomila ou alfafa. A raiz de gengibre também ajudará. Estas ervas têm propriedades digestivas, relaxantes e calmantes.

Ansiedade, insônia: valeriana, erva-cidreira, maracujá certamente ajudarão na tireóide.

Dor nas costas – um banho com a adição de óleos aromáticos, lavanda ou alecrim, bem como óleo de camomila ou com a adição de gerânios, será benéfico.

Azia: que será aliviada com uma infusão de meadowsweet, maceração de raiz de marshmallow e decocção de raiz de alcaçuz.

Constipação: uma infusão de camomila, alfafa ou decocção de raiz de dente-de-leão ajudará. Mergulhe a linhaça e coma durante o dia.

Hemorroidas: lave a área com extratos de calêndula, hamamélis, arnica da montanha e confrei. Prepare um hidratante com extrato de castanha, erva de marshmallow e casca de hamamélis.

Anemia – decocções de urtiga, alfafa, dente de leão, raiz de azeda, bem como rosa mosqueta.

As ervas são amplamente utilizadas, portanto, vale a pena dar uma olhada na fitoterapia ao lidar com doenças comuns e problemáticas.

Fitoterapia e ervas medicinais: como usar as ervas?

Os chás são a forma mais popular de consumo de ervas. Misturas prontas focadas em ações específicas estão disponíveis em farmácias e lojas de orgânicos. A fitoterapia proporciona os melhores resultados quando usada regularmente, várias vezes ao dia.

Portanto, vale a pena consumir seu chá pelo menos 2 vezes ao dia. A fitoterapia é um campo que não tem efeitos imediatos. Começaremos a sentir os efeitos positivos depois de alguns meses, e é por isso que a regularidade é tão importante.

Fazer infusões é outro método popular. Despeje as ervas em uma tigela ou panela grande de água quente e inale o vapor nutritivo. Dessa forma, limpamos nossas vias aéreas e combatemos o nariz escorrendo ou a tosse.

A fitoterapia usa várias ervas e raízes, mas algumas delas são particularmente populares devido à riqueza de nutrientes que contêm. Curiosamente, a maioria deles são plantas bem conhecidas que podemos encontrar em nosso quintal.

Dente de leão: As propriedades curativas desta planta eram conhecidas nos tempos antigos. A medicina herbal moderna usa suas folhas, flores e raízes.

Tem um efeito positivo no fígado e no trato urinário, por isso é usado para limpar o corpo de toxinas. Sua composição inclui misturas de ervas prontas e medicamentos fitoterápicos.

Também afeta os ossos e as articulações, portanto, as compressas são recomendadas para pessoas que sofrem de reumatismo. Em caso de problemas de pele, vale a pena usar máscaras naturais de dente de leão.

Urtiga: outra planta que beneficia ervas medicinais. Embora o contato com suas folhas possa ser desagradável, os ingredientes que contém compensarão a dor e a queimação.

A fitoterapia usa urtiga para desintoxicar o corpo, prevenir doenças e fortalecer a imunidade. Como funciona a fitoterapia, anti-inflamatório natural? Possui em sua composição medicamentos utilizados em geriatria para artrite, hemorroidas e inflamações internas.

Devido às suas propriedades associadas à redução da pressão e à melhoria da saúde óssea. A urtiga tem um efeito positivo na pele, melhorando sua condição e aparência. Por esta razão, é usado em terapias de acne.

Por que as ervas têm um efeito tão bom na nossa saúde?

As ervas têm um excelente efeito em nosso corpo, devido aos ingredientes medicinais e substâncias encontradas nelas.

Óleos essenciais, taninos, fitoquímicos – todas essas substâncias significam que a fitoterapia pode nos ajudar efetivamente na luta contra inúmeras doenças.

Os tratamentos à base de plantas ajudam-nos a apoiar o corpo na luta contra inúmeras doenças, também nos ajudam no cuidado diário da pele e do cabelo.

Afinal, a medicina natural e os cosméticos estão muito ligados ao uso dessas ervas, focando em ingredientes naturais. Falando em fitoterapia, o uso de plantas medicinais para prevenção não deve ser esquecido.

isabella carolina

Sobre Isabella Carolina

Isabella Carolina é uma especialista em saúde e beleza com treinamento na Europa. Com uma abordagem refinada e inovadora, ela combina o conhecimento europeu de bem-estar e estética com as mais recentes tendências globais. Sua expertise se reflete em tratamentos personalizados que promovem a saúde e realçam a beleza, cativando seus clientes. Isabella é uma profissional comprometida em elevar os padrões de cuidados com a saúde e a estética, tornando-a uma referência respeitada no campo. Seu treinamento europeu adiciona um toque sofisticado e contemporâneo aos seus serviços, criando experiências únicas para aqueles que buscam o melhor em beleza e bem-estar.