Home » Saúde e Beleza » Viajar de avião durante a gravidez: tudo o que você precisa saber sobre isso

Viajar de avião durante a gravidez: tudo o que você precisa saber sobre isso

Divulgue para seus amigos e seguidores!

Existem muitas coisas que são discutidas sobre viagens aéreas durante a gravidez. No entanto, com tantas coisas sendo ditas, é quase impossível saber quais são reais e quais são apenas mitos. É por isso que abaixo você pode encontrar Tudo que você precisa saber sobre viajar de avião durante a gravidez.

Você pode viajar de avião durante a gravidez?

A resposta é: sim, claro. Não obstante, você deve ter algumas considerações, já que a mudança de pressão durante um vôo é bastante abrupta. Embora uma mulher grávida possa viajar de avião, ela deve levar em consideração muitos aspectos.

Entre eles, estão o tempo de gestação, complicações durante a gravidez, história de parto prematuro, entre muitos outros. Da mesma forma, é importante ter em mente o local que a gestante irá visitar, entre outros aspectos.

Qual é o período ideal para viajar de avião durante a gravidez?

Na realidade, isso depende das companhias aéreas com as quais você vai viajar, pois cada uma tem seus próprios parâmetros e critérios definidos. No entanto, o período em que geralmente evita que mulheres grávidas viajem entre as semanas 32 e 36 devido ao alto risco de parto prematuro.

Voando durante a gravidez

É claro que, em gestações mais avançadas, os mesmos médicos recomendam não fazer viagens, já que a data mais cedo para dar à luz pode dar início ao trabalho de parto durante o voo, o que pode ser muito complicado.

O período ideal para uma gestante viajar de avião é, sem dúvida, no segundo trimestre. Isso significa que, da 18ª à 24ª semanas, é o momento mais seguro para uma mulher grávida pegar um voo. E é que no segundo trimestre, a maioria das mulheres grávidas não sente mais náuseas e tem menos probabilidade de ter um parto prematuro.

Recomendações para viajar de avião durante a gravidez

Uma das maiores desvantagens que podem ocorrer ao viajar de avião durante a gravidez são os problemas circulatórios, entre outros. Para evitar todos esses desconfortos, você pode seguir as recomendações a seguir.

Fique hidratado

Beba água suficiente para se manter hidratado, especialmente se o vôo durar várias horas. Isso evitará que o sangue engrosse devido à desidratação.

Evite refeições pesadas

Para evitar o risco de náuseas ou qualquer outro desconforto relacionado, evite consumir alimentos pesados ​​e bebidas carbonatadas.

Viajar grávida

Ande pelos corredores

Durante a gravidez, e especialmente se viajar de avião, o risco de trombose é maior. Para reduzi-lo, os médicos aconselham as mulheres grávidas a caminharem regularmente durante o voo. Faça pequenas caminhadas pelos corredores do avião para promover a circulação sanguínea.

Usar meias de compressão

Outra ótima maneira de melhorar a circulação sanguínea, prevenir varizes e pés inchados é usar meias de compressão. É aconselhável colocá-los logo após sair da cama e usá-los o dia todo.

Encontre seu conforto

Também é importante que você procure estar completamente confortável. Vista roupas largas e procure pedir um assento no qual outra pessoa não vá, para que possa esticar as pernas caso queira encontrar uma posição mais confortável e tenha mais liberdade para se levantar quando quiser.

Por último, lembre-se de que algumas companhias aéreas podem perguntar a você um atestado médico atestando que você está apto para viajar, então é melhor você tirá-lo caso eles peçam. Além disso, considere a possibilidade de que o trabalho de parto possa começar durante o vôo; em caso afirmativo, você deve notificar os comissários de bordo imediatamente e manter a calma.


Divulgue para seus amigos e seguidores!
anama ferreyra

Sobre Anama Ferreyra

Anama Ferreyra é uma renomada especialista em saúde e beleza, com sede na Universidade do Rio de Janeiro. Com vasta experiência e conhecimento em áreas como dermatologia e nutrição, Anama é reconhecida por suas contribuições para o bem-estar e a estética. Sua abordagem holística combina ciência e práticas naturais, oferecendo orientações valiosas para uma aparência e saúde ideais. Seus insights e pesquisa têm um impacto significativo no campo da beleza, ajudando as pessoas a alcançar um equilíbrio saudável e uma autoestima elevada.