Home » Decoração » Como instalar um deck de madeira flutuante

Como instalar um deck de madeira flutuante

O piso flutuante de madeira É um tipo de piso que se instala facilmente em pavimentos antigos, sejam eles de cimento, grés, cortiça, vinil, etc., conferindo ao ambiente um estilo renovado e elegante.

Esse tipo de piso tem a vantagem de sua instalação ser tão simples que não gera obras ou entulhos e não é necessário retirar móveis e pertences da casa. Além disso, como suas peças geralmente são envernizadas ou enceradas na fábrica, não são necessários mais trabalhos de acabamento.

No entanto, a instalação de um pisos flutuantes Pode ser muito complicado se as medidas apropriadas não forem tomadas e especialmente se alguns aspectos muito importantes não forem levados em consideração.

Após ter calculado a superfície do piso a revestir e adquirido o número adequado de tábuas, as mesmas devem ser deixadas na sala onde vão ser colocadas durante cerca de 48 horas, para que a Madeira aclimatar adequadamente e ter uma vida útil mais longa.

Nesta fase preparatória é importante que a temperatura no local não seja inferior a 17ºC e a humidade não seja superior a 70 por cento.

Também é importante verificar se o solo sobre o qual o novo piso será colocado está bem nivelado para garantir uma boa uniformidade da superfície após a montagem das placas.

Neste ponto, deve-se notar que, porque a pisos flutuantes estiver montado em um piso existente, o piso subirá alguns milímetros, o que pode ser suficiente para fazer com que as portas não abram ou fechem corretamente. Isso é resolvido removendo essas aberturas e lixando-as na parte inferior.

Essa diferença milimétrica criada pelo novo piso também exigirá que os caixilhos correspondentes sejam cortados na mesma espessura do novo pavimento.

O trabalho real de instalação do pisos flutuantes começa com a colocação da camada isolante, desenrolando-a no sentido longitudinal das placas.

Para colocar a primeira fileira, o encaixe macho deve ser removido das tábuas fazendo um corte longitudinal. Isso é necessário para que as cunhas espaçadoras fiquem bem apoiadas entre a parede e cada placa, deixando a margem de 10 milímetros necessária para permitir a expansão da parede. Madeira. Começa colocando um tabuleiro em um dos cantos da sala e a partir daí continua até completar toda a fileira.

Em seguida, são colocadas as seguintes tábuas, encaixando-as lateralmente na fileira anterior, inserindo o lado macho na ranhura em um ângulo de cerca de 25º.

Instalação de uma plataforma flutuante: Trabalhos finais

Uma vez que a maior parte do solo tenha sido coberta, prossiga para colocar a última linha do pisos flutuantes na penúltima, tendo o cuidado de manter também a margem de separação de 10 milímetros entre as tábuas e a parede.

piso flutuante1

Por fim, são retiradas as cunhas espaçadoras e colocado um rodapé ou rodapé de 15 milímetros de espessura para ocultar as juntas de dilatação.

tom r silva

Sobre Tom R Silva

Tom R. Silva é um especialista em construção e decoração com um profundo conhecimento em transformar espaços em verdadeiras obras de arte. Sua habilidade excepcional de combinar design arrojado com a funcionalidade prática o torna um profissional renomado. Com anos de experiência, Tom é apaixonado por criar ambientes que refletem a personalidade e estilo de seus clientes. Sua abordagem única e atenção aos detalhes garantem que cada projeto seja uma expressão única de elegância e criatividade. Tom é uma referência em design de interiores e construção, proporcionando espaços inspiradores e funcionais.