Home » Decoração » Fatores que causam a deterioração de antigas casas de alvenaria

Fatores que causam a deterioração de antigas casas de alvenaria

Muitos dos casas antigas de alvenaria comum, principalmente as projetadas e construídas no final do século XIX ou início do século XX, costumam chamar a atenção pela elegância e beleza de suas linhas, agregando valor arquitetônico e histórico à área em que estão inseridas. No entanto, dependendo de diferentes fatores, a passagem do tempo pode prejudicar essas estruturas, fazendo com que elas percam o brilho e a integridade originais.

Embora a adequada manutenção e restauração destes edifícios deva ser projetada e executada por profissionais qualificados, é bom que os proprietários estejam atentos aos mecanismos de deterioração que podem contribuir para os problemas associados a um determinado elemento construtivo ou a toda a estrutura como todo.

Em primeiro lugar, a pobreza do desenho original de um casa velha ou dos materiais originais. Todos os edifícios, modernos ou antigos, representam uma parceria entre tecnologia de construção e materiais. Embora muitos edifícios mais antigos tenham sido construídos com base em projetos empíricos, em alguns casos os materiais e técnicas de montagem utilizados eram novos no mercado ou não totalmente compreendidos em termos de desempenho a longo prazo.

Os problemas também podem resultar não apenas de materiais feitos pelo homem, mas de deficiências em materiais naturais que não foram identificadas antes da colocação. Quando se trata de abordar os problemas associados ao design ou material de origem inadequados, será necessária uma avaliação mais abrangente desses elementos. Também é importante notar que sem manutenção regular adequada, mesmo materiais e sistemas de construção de qualidade podem ser vulneráveis ​​à deterioração por exposição ambiental (ciclos de congelamento/descongelamento, flutuações de temperatura, ventos, umidade, etc.)

A corrosão é outro fator de deterioração casas antigas alvenaria comum. Muitos edifícios deste tipo, particularmente os do início do século XX, contêm elementos de suporte secundários feitos de vários materiais, como as ligas de ferro, que são susceptíveis de corrosão se não forem devidamente tratadas. Enquanto ferro fundido e forjado sofrem menos com este problema, as formas iniciais de aço normalmente encontradas em estruturas de alvenaria desse período de tempo podem produzir uma grande corrosão.

Este fator só pode comprometer a capacidade do aço, mas também exercer uma enorme pressão sobre a alvenaria circundante. Se a corrosão atingir um estágio avançado, pode justificar reparos mais invasivos ao longo das linhas de estabilização por meio de proteção catódica ou reconstrução e substituição de material.

Os movimentos do solo ou o assentamento de estruturas também podem influenciar a deterioração de um casa velha. Durante a vida útil de um edifício, existe o potencial de suportar o movimento resultante de um único evento dramático (terremoto) ou de condições de longo prazo associadas à fundação do edifício (como assentamento) e à interação entre materiais diferentes. As rachaduras são geralmente a primeira indicação de que algum tipo de movimento está ocorrendo em um edifício.

Problemas de umidade em casas antigas

Dependendo do tipo de construção em alvenaria, os problemas de umidade e infiltração potencial de umidade podem variar. Em geral, todos os envelopes de construção são projetados para fornecer proteção contra o sol, o clima e a água. Os materiais de alvenaria serviram com sucesso a essa função por séculos e os elementos e conjuntos usados ​​hoje continuam a cumprir essas funções.

Sim, uma casa velha foi projectado e construído correctamente, e foram utilizados os materiais adequados, o principal problema com a infiltração de humidade pode dever-se à falta de manutenção regular das unidades históricas de alvenaria (tijolo, pedra e barro) e argamassa. A presença de água em pequenas e grandes quantidades pode causar danos não só na estrutura das paredes e tetos, mas também nos acabamentos.

tom r silva

Sobre Tom R Silva

Tom R. Silva é um especialista em construção e decoração com um profundo conhecimento em transformar espaços em verdadeiras obras de arte. Sua habilidade excepcional de combinar design arrojado com a funcionalidade prática o torna um profissional renomado. Com anos de experiência, Tom é apaixonado por criar ambientes que refletem a personalidade e estilo de seus clientes. Sua abordagem única e atenção aos detalhes garantem que cada projeto seja uma expressão única de elegância e criatividade. Tom é uma referência em design de interiores e construção, proporcionando espaços inspiradores e funcionais.