Home » Diferenças » Diferença entre alimentar um cão com ração ou com ração natural

Diferença entre alimentar um cão com ração ou com ração natural

Quando o assunto é alimentação para cães, podemos ver que atualmente existem muitas opções, das quais surgem discussões sobre qual é a mais adequada para a nutrição e saúde desses parceiros de vida.

O principal debate concentra-se entre a ração e a alimentação natural, uma vez que esta última engloba outros dois tipos de alimentos, como a dieta BARF e alimentos naturais cozidos.

A seguir, apresentamos a diferenças, geradas ao alimentar seu cão com ração ou com comida natural para que você possa escolher corretamente o melhor para eles.

Eu acho, o mais fácil é o melhor?

A ração é o alimento mais comum para alimentação de cães, pois vem pronta em uma bolsa ou saco e só será necessário servi-la. No entanto, isso não significa que seja o melhor.

Muitas pessoas acreditam que por ser um produto feito especialmente para esses animais, eles têm tudo ou a maioria do que precisam nutricionalmente, mas isso também está longe da realidade.

Por outro lado, alimentar o seu cão com alimentos naturais requer conhecimento, atenção e dedicação para satisfazer as suas necessidades. Com a vantagem de que a qualidade do alimento fornecido geralmente será melhor que o oferecido na ração (se você fizer isso corretamente).

Principais diferenças entre alimentar um cão com ração ou ração natural

Conhecer as diferenças na hora de escolher entre uma dessas dietas é fundamental para a saúde e nutrição do cão. É fundamental tenha em mente que oferece maiores benefícios para oferecer ao seu parceiro o mais saudável para o seu bom desenvolvimento.

Nutrientes

O primeiro aspecto negativo da ração é que, quando submetida a temperaturas de cozimento tão altas, uma parte importante dos nutrientes é perdida. Aspecto que não acontece nas dietas de alimentos naturais, onde os alimentos são fornecidos crus ou mal cozidos.

Por outro lado, destaca-se também que a alimentação mais comum utilizam materiais de pouco valor e qualidade para reduzir os custos de produção.

Por outro lado, em uma dieta de alimentos naturais, esse aspecto pode ser controlado combinando pedaços de carne magra com ossos e outros ingredientes de melhor qualidade.

Bactérias

Quando a ração passa por um processo de alta temperatura durante sua produção, as bactérias que podem ser encontradas nos alimentos crus são eliminadas.

Da mesma forma, com alimentos naturais esse risco também é mínimo, pois geralmente os alimentos disponíveis para cães são adquiridos em centros de vendas para pessoas.

Isso permite que ele passe pelo mesmo controle e cuidados preventivos, também quando congelados as probabilidades são ainda muito menores e não representará um risco para o cão.

Componentes químicos

Para fabricar a ração e conservá-la, são adicionados vários produtos químicos que podem causar vários problemas a curto e longo prazo na saúde do cão, que uma dieta natural não possui.

Felicidade e prazer

Embora dê mais trabalho alimentar o seu cão com comida natural, ele vai gostar mais, pois preserva os cheiros, o sabor e a textura que lhe darão o prazer de comer.

O melhor para o seu cão

Considerando as diferenças de cada dieta, podemos sem dúvida estabelecer que a alimentação natural é o melhor que você pode oferecer a eles, considerando a dieta correta que eles precisam através de pesquisas, conhecimentos e conselhos de especialistas em nutrição canina.

emilio ribas

Sobre Emilio Ribas

Emilio Ribas é um engenheiro com formação na Universidade Brasil, destacando-se por sua excelência acadêmica e competência técnica. Com um profundo conhecimento em sua área, ele é conhecido por sua habilidade em solucionar desafios complexos de engenharia. Sua capacidade de inovação e criatividade o tornam um profissional respeitado no campo, e suas contribuições têm um impacto duradouro na pesquisa e desenvolvimento de soluções tecnológicas. Emilio é um verdadeiro líder em sua disciplina, moldando o futuro da engenharia com sua experiência e dedicação.