Home » Ervas Comestíveis » Cultivo de coentros

Cultivo de coentros

Divulgue para seus amigos e seguidores!

  • Nome científico: Coriandrum Sativum L.
  • Outros nomes: Coulandro, coentro, coentro, coentro, ciliandro, salsa chinesa.
  • Família: Apiaceae
  • Origem: Europa do Sul, Ásia Menor, África do Norte e algumas regiões espanholas.
  • O clima: Frio, temperado
  • Dificuldade de cultivo: Baixo
  • Hora da colheita: 50 a 60 dias no verão e 115 a 125 dias no inverno.

Como semear coentros?

Esta erva pode crescer em seu jardim ou vaso onde há sol, basta seguir estes passos:

  • Prepare previamente o solo com um pouco de fertilizante natural e certifique-se de que ele esteja ligeiramente úmido.
  • Ou diretamente em seu leito de cultivo, ou coloque a terra em um vaso.
  • Colocar as sementes no solo com 1 ou 2 cm de profundidade e cobri-las com uma camada de 5 mm de terra.

Após 7 a 10 dias, você notará que suas sementes germinaram!

Aqui nós lhes contamos tudo sobre como semear coentro em seu jardim.

Como plantar coentros?

É fácil plantar coentros e cuidar deles, recomendamos que você os plante na estação quente, aqui explicamos o porquê.

Para plantar coentros, basta seguir estes passos:

  1. Em um vaso ou diretamente no solo cavar buracos que são 5 cm mais profundos e que são 2 vezes o diâmetro do seu recipiente onde você tem a muda de coentro.
  2. Remova cuidadosamente a muda soltando o solo e sem danificar as raízes e coloque-a no buraco.
  3. Encha com a terra que você removeu e pressione suavemente com os dedos ao redor da planta.
  4. Regue até que o solo esteja completamente úmido e tome cuidado para que o solo nunca seque completamente.

Como cuidar dos coentros?

Para garantir que o ciclo de crescimento de sua planta seja ótimo, leve estes pontos em consideração:

  • Muita luz
  • Água
  • Remoção de ervas daninhas
  • Aplicar fertilizante a cada dois ou três meses
  • Remover as flores antes que floresçam.
  • Se você vive em clima frio, coloque a planta antes que a temperatura caia abaixo de 10 graus ou deixe-a florescer e colete sementes para replantá-la no ano seguinte, pois ela não tolera o frio.

Doenças e pragas

Muito poucas doenças são conhecidas nos coentros. Aquelas que ela tem são comuns a outras plantas similares. Estas são suas pragas e doenças:

  • Mancha bacteriana
  • Pulgões
  • Bichos-folha
  • Ácaros
  • Pulgões
  • Piolhos, mosca-branca e mosquito coentro.

As ervas daninhas podem levar a planta a secar ou a adquirir uma doença. Confira este artigo para saber o que fazer em relação às pragas e doenças desta planta maravilhosa.

Como colher coentros?

Coentros podem ser colhidos quase o tempo todo. Não é aconselhável colher uma planta muito pequena porque ela não terá força para crescer. É recomendado para começar com a colheita quando tiverem passado dois meses após a semeadura e a planta tem folhas suficientes para se reabastecer a partir das colheitas. Recomendamos apenas colher o que você vai comer para obter o máximo dos nutrientes, pois estes se perdem se você os economizar. Leia mais sobre a colheita desta erva aqui.

Propriedades e benefícios

Coentro tem várias propriedades e benefícios para nossa saúde. É rico em vitamina K e C. Possui propriedades anti-sépticas e contém 20% de óleos essenciais. Também serve como um germicida. Aqui explicamos com mais detalhes todos os benefícios para que você possa começar a cultivar coentros em breve.

  • Antiséptico
  • Germicida
  • Ajuda com problemas digestivos

Usos na cozinha

Sejam secas ou frescas, as folhas e sementes de coentro são utilizadas mundialmente em uma variedade de pratos como condimento, por seu aroma ou sabor doce. Esta planta dá um sabor diferente aos nossos alimentos.

  • Molhos
  • Tempero para alimentos
  • Dando cor aos nossos pratos

Divulgue para seus amigos e seguidores!
sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.