Home » Ervas Comestíveis » Epazote: História, características, cultivo e muito mais

Epazote: História, características, cultivo e muito mais

  • Nome científico: Dysphania ambrosioides
  • Outros nomes: Hierba zorrillo, hierba hedionda, paico, ipazote, pizate, pazoli, acahualillo.
  • Família: Chenopodiaceae
  • Origem: México e América Central
  • Benefícios: Dewormer
  • Usos: Medicinais e alimentos

Características do epazote

Planta herbácea anual, da família Chenopodiaceae, cujo caule, torcido e muito ramificado, sobe até um metro de altura. Tem folhas lanceoladas, um pouco dentadas e de cor verde escuro, flores aglomeradas em cachos frouxos, simples, e sementes, claras e com uma margem obtusa. Folhas e flores são tomadas como uma infusão. RAE

Epazote é uma planta herbácea da família Chenopodiaceae que cresce a uma altura de 40 a 100 cm. Tem ramos ocos. É em suas folhas e caules que se encontra a maior concentração de seus ingredientes ativos. O aroma do epazote ou paico é muito forte e não tão agradável.

Uso medicinal do epazote

Epazote é uma planta medicinal que contém vitaminas A, C e B, minerais e ácido fólico, o que proporciona muito bons benefícios à saúde.

Propriedades e benefícios do epazote

Os principais benefícios do epazote são:

  • Antiparasitáriotalvez o benefício mais importante e mais conhecido do epazote
  • Antiflatulentoelimina os gases estomacais e a perturbação do estômago
  • Antiespasmódicoideal para aliviar as cólicas
  • Antisépticomata vários germes, cura e desinfeta feridas da pele
  • AmaciadorEsta planta também é uma aliada para o cuidado da pele, pois hidrata e amacia a pele.
  • Expectoranteajuda a expelir catarro
  • Analgésicoalivia várias dores

O Epazote nos ajuda a combater doenças como gripe, dores de cabeça, problemas digestivos, cãibras menstruais e erupções cutâneas. O Epazote pode ser usado fresco diretamente, seja esmagando as folhas ou em infusões e cataplasmas. Você também pode usar as folhas secas ou epazote em pó (folhas secas moídas).

Contra-indicações do epazote

O consumo de epazote em grandes quantidades pode causar efeitos colaterais como náuseas, vômitos, intoxicação e irritação da pele. Não deve ser consumido se você tiver doença renal, nem durante a gravidez. Epazote não é recomendado para crianças menores de 12 anos de idade, portanto é melhor consultar seu médico.

Fatos divertidos

A raiz de epazote pode ser tóxica demais para ser consumida, pois possui uma substância chamada ‘ascaridol’. Somente as folhas, flores e sementes são recomendadas para o consumo.

Chá Epazote

O chá Epazote é ótimo para o estômago.

O chá Epazote é usado para aliviar vários males. Esta planta medicinal tem sido usada desde os tempos antigos para a cura. Uma maneira muito simples de obter seus benefícios é pegar as folhas, flores ou sementes do epazote em água fervente.

O chá Paico ou epazate é usado para:

  • Desparasitação
  • Deflacionar
  • Eliminar as cólicas
  • Limpar o trato respiratório
  • Deflacionar

Como preparar o chá epazote?

Para preparar a infusão do epazote, basta colocar algumas folhas e/ou flores em água limpa, depois despejar e coar as folhas.

Recomenda-se consumir epazote esporadicamente e não mais do que três dias.

Origem e história do epazote

A origem da planta epazote remonta aos tempos pré-hispânicos no México e na América Central. Culturas antigas como a Mexica, Maya e Zapotec cultivavam epazote para uso como erva medicinal de cheiro, se as pessoas tivessem histeria, estivessem muito nervosas ou gripadas, usavam esta planta.

Fatos divertidos

A palavra epazote vem do Nahuatl ‘epatl’ = fedor, ‘tzotl’ = lágrimas ou suor. Também é dado o significado de “zorrillo” (gambá) por causa de seu forte aroma que o distingue.

Epazote tornou-se conhecido na Europa em 1577 por Francisco Hernández Toledo, que foi o médico do Rei Filipe II.

Tipos de epazote

Existem três tipos de epazote:

Epazote zorrillo

Outro nome comum para a planta epazote é “epazote zorrillo” (epazote skunk epazote), mas ainda é a mesma planta em muitas partes da América Latina. É chamado assim por causa do aroma forte – malcheiroso – dado pela planta fresca. Interessante que o epazote dê um bom sabor a diferentes pratos, sendo uma planta com um aroma intenso e “não muito agradável”.

O cultivo do epazote

O Epazote cresce bem em climas quentes.

  • Dificuldade de cultivo: Fácil
  • Solo: pH 5,2 – 8,3
  • Temperatura: 25ºC
  • O clima: Quente

Plantio ou semeadura de epazote

A planta epazote pode ser propagada por semente ou por estacas (sem sementes). Recomendamos o plantio de epazote por estacas, pois é o mais rápido e fácil.

Cuidados com o epazote

O cuidado básico para que sua cultura epazote seja bem sucedida é:

  • Localização e clima: epazote ou paico pode se adaptar a diferentes climas, desde que sua planta receba boa luz durante o dia e tenha um espaço ventilado, o cultivo do epazote será um sucesso.
  • Rega: quando o solo estiver seco, água sem pudim, água diretamente no solo, tome cuidado para não molhar as folhas.
  • Solo: a planta epazote faz melhor em solos frios, soltos, úmidos e com boa drenagem.
  • LimpezaMantenha sua planta limpa de ervas daninhas, ao podar e remover pequenas plantas que saem “extras”, verifique se não é epazote.

Epazote de colheita

  • Hora da colheita: A partir de 50 dias

Após 50 dias após a semeadura do epazote você pode colher suas folhas, recomendamos que você use as folhas mais maduras para dar espaço para o crescimento de novas folhas. Use-os para preparar pratos diferentes ou como erva medicinal.

Você pode armazenar epazote fresco no refrigerador ou secar a planta ao ar.

Perguntas mais frequentes

Que outros nomes têm a planta epazote?

Epazote tem diferentes nomes ao redor do mundo, sendo os principais: paico, epazote zorrillo, hierba hedionda, mocho, té borde, pizate, ipazote.

O que é epazote?

Epazote é uma planta aromática que é considerada medicinal devido às suas diferentes propriedades e benefícios à saúde, sendo a principal delas sua capacidade de desparasitação. É também uma planta que funciona como um condimento, dando um toque “especial” de sabor a vários pratos.

Que partes do epazote são usadas?

Da planta epazote, suas folhas, flores, caules e sementes podem ser usadas. As folhas são utilizadas principalmente em sua forma fresca ou seca. O a raiz de epazote não é utilizada, pois tem uma substância tóxica e pode ser prejudicial ao organismo.

AVISO: Não somos responsáveis por qualquer uso que você possa fazer das informações fornecidas. Recomendamos que, se você tiver algum problema de saúde, consulte um profissional.

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.