Home » Frutas » Colheita da uva: como e quando colher?

Colheita da uva: como e quando colher?

Como reconhecer uvas maduras?

O cultivo bem-sucedido de uvas é um desafio para todo jardineiro amador. Para que o período movimentado termine com o gozo da fruta beijada pelo sol, a data da colheita deve ser escolhida com cuidado.

As uvas maduras são reconhecidas por estas características:

  • As sementes mudaram de cor de verde para branco cremoso para marrom
  • As hastes dos frutos são lenhosas
  • As uvas são totalmente coloridas
  • Prove uma única uva e veja se é doce

Como colher as uvas corretamente?

Uma vez que a maturidade total da videira tenha sido estabelecida, a colheita é rápida.

  1. Use uma tesoura higienizada para cortar o cacho inteiro.
  2. Se houver bagas danificadas ou podres por baixo, elas são colhidas na próxima etapa.
  3. Lave as uvas após a colheita apenas se forem consumidas imediatamente.
  4. Não remova cada uva do caule a menos que seja consumida imediatamente.
  5. Armazene adequadamente a colheita.

O que é o armazenamento adequado de culturas?

As hastes das frutas devem permanecer nas bagas até serem comidas. Desta forma, a fruta permanecerá fresca por mais tempo. Armazenadas em uma cesta de frutas em temperatura ambiente, podem ser consumidas em até 5 dias depois. Se você quiser uma vida útil mais longa, armazene as uvas após a colheita assim:

  1. Na geladeira a 4-5 graus Celsius até 14 dias.
  2. Congelado no congelador até 6 meses
  3. Desidratado por vários anos.

Fatos divertidos

A uva é uma fruta não climatérica. Isso significa que eles não amadurecem após serem arrancados da videira. Em caso de dúvida, deixe as uvas na videira por mais alguns dias para permitir que elas peguem mais sol e amadureçam completamente.

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.