Home » Frutas » Cuidados com morangos

Cuidados com morangos

Divulgue para seus amigos e seguidores!

Solo e localização

A coisa mais importante para o crescimento de morangos é seu, localização, ou seja, quanto sol apanha, seus vizinhos e o solo. Os morangos precisam de sol, em países com climas temperados como a Espanha ou algumas regiões da Argentina, ou do Peru é recomendável plantá-los num lugar com muito sol. Em países onde está mais quente e o sol é mais intenso, os morangos também podem ser plantados em sombra parcial. Eles preferem um solo com um pH levemente ácido, entre 5,5 e 7. Eles não têm tanta fome como, por exemplo, batatas, mas precisam de fertilizante. Antes de plantar, é recomendável misturar o solo com adubo.

Bons vizinhos e maus vizinhos

Assim como os seres humanos, as plantas também se dão melhor com algumas e menos bem com outras. Isto deve ser considerado ao plantar diferentes plantas no mesmo espaço. Desde que algumas plantas afugentam os insetos ou fornecem nutrientes, outras plantas roubam nutrientes e deixam morangos desnutridos. Somente no caso de morangos, não é recomendável plantá-los ao lado de couves ou batatas. Mas há muitas plantas que se dão muito bem com morangos:

Elas também podem ser plantadas com qualquer tipo de alface ou espinafre.

Como regar morangos?

Como qualquer outra planta, os morangos precisam de água. Quando estiver quente e não chover, regue uma vez por dia, de preferência de manhã ou à tarde/tarde quando não estiver tão quente e a água não evaporar. Não regue as suas plantas no meio do dia!

Como fertilizar morangos?

As plantas precisam de nutrientes – especialmente aqueles que produzem frutas. Pode fertilizar os seus morangos com adubo três vezes ao ano: na primavera, verão e outono. Também pode usar um fertilizante líquido, mas recomendamos o uso de fertilizantes naturais porque eles nutrem a planta por um tempo mais longo. Não fertilizar demais, pois isso resulta em mais crescimento das folhas e menos energia para os frutos.

É assim que aplica o seu fertilizante natural:

  • Espalhe uma pequena pá cheia de adubo ao redor da fábrica.
  • Misture cuidadosamente o composto com o solo usando uma enxada, tomando cuidado para não danificar as raízes do morango!
  • Regue os seus morangos.

Tainha para morangos

Há várias razões pelas quais é uma boa ideia adubar morangos:

  • Impede a evaporação da água.
  • Impede o crescimento de ervas daninhas.
  • Evita que a fruta toque o solo e apodreça.

O que é mulch? A cobertura pode ser qualquer coisa natural e seca que cubra bem o solo, por exemplo: palha, folhas secas, casca de árvore, galhos secos, casca de noz…

  • Na estação chuvosa, pode haver muita humidade no solo. Se isto acontecer, é aconselhável remover a cobertura para que a água possa evaporar melhor.

Como podar morangos?

Morangos não precisam de poda mas é aconselhável remover folhas e frutas secas ou doentes constantemente para criar espaço para novas folhas e frutos e – no caso de folhas doentes – para evitar que outras folhas apanhem a doença. Também não é necessário podar os morangos antes do inverno – pelo contrário: as folhas protegem as raízes contra o frio.

Como cuidar dos morangos em climas frios?

A boa notícia: morangos pode suportar geadas e invernos frios sem nenhum problema e não precisam migrar do jardim. Isso não significa que não possa ajudá-los a sobreviver ao frio. Antes da primeira geada, cobrir o solo com palha, grama seca, casca ou galhos para proteger as raízes contra o frio.

Fatos divertidos

Morangos em vasos precisam passar o inverno num lugar com temperaturas acima de 0 °C! Não se esqueça de regá-los!


Divulgue para seus amigos e seguidores!
sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.