Home » Frutas » Doenças Caqui

Doenças Caqui

  • Reino: Planta
  • Classe: Magnoliopsida
  • Família: Ebenaceae
  • Espécies: Diospyros kaki

Botrytis no Caqui

Botrytis é uma doença causada pelo fungo Botrytis cinerea. Ela prospera em ambientes úmidos, tanto na planta quanto na pós-colheita. Ao contrário de outros fungos, a botrítis se desenvolve em temperaturas abaixo de 0ºC, razão pela qual ela também afeta as frutas conservadas a frio. Nós lhe falamos sobre seus principais sintomas, como preveni-lo e controlá-lo.

Sintomas de botrítis em Caquis

Esta doença afeta tanto as folhas quanto os frutos, e se ela atacar suas árvores, você verá:

  • Lesões moles no cálice da flor ou nos pedúnculos.
  • Manchas acastanhadas nas flores e folhas.
  • As áreas afetadas desenvolvem um bolor cinzento difuso, um sinal característico desta doença.
  • Descoloração da fruta. Sua pele se torna frágil e se desprende facilmente.

Prevenção e tratamento

A Botrytis é muito difícil de erradicar uma vez que a infecção se instalou, por isso é aconselhável tomar algumas medidas preventivas:

  • Evite dar água em excesso.
  • Poda para gerar boa aeração entre as filiais.
  • Plante árvores de dióspiros com distância suficiente entre si e com boa exposição à luz solar.

Uma vez que sua árvore de dióspiro apresente sintomas, você deve remover as partes afetadas e aplicar fungicida caseiro à base de leite de vaca.

Mancha de folha de Caqui

Esta doença é causada pelo fungo Plurivorosphaerella nawae, e é uma das principais afeições da árvore de dióspiro. As temperaturas ideais para seu desenvolvimento variam entre 15 e 25º. Falamos sobre alguns de seus sintomas, prevenção e tratamento da mancha foliar.

Sintomas de mancha foliar no Caqui

O fungo que causa manchas foliares ataca principalmente folhas de dióspiro e frutas, e pode incubar desde a primavera até o final do verão, quando apresenta sintomas. Alguns sinais de que suas árvores de dióspiros estão sofrendo de manchas de folhas são:

  • Manchas marrons arredondadas nas folhas, cercadas por uma borda verde-amarela.
  • As folhas infectadas tornam-se cloróticas e necróticas, caindo da árvore.
  • Devido ao estresse da desfoliação, os frutos amadurecem prematuramente e caem da árvore.

Prevenção e tratamento da mancha foliar

Como outras doenças fúngicas, a mancha foliar é muito difícil de ser erradicada uma vez estabelecida, por isso são aconselhadas medidas preventivas:

  • Remover o lixo foliar do solo sob as árvores de caquis, pois ele pode espalhar a doença.
  • Controle a umidade, evitando o excesso de água e garantindo uma boa drenagem.
  • Remover os resíduos da poda ensacando-os ou queimando-os, pois os esporos podem permanecer lá e infectar outras plantas.

Até agora não há tratamentos para curar manchas de folhas que tenham tido sucesso, mas você pode diminuir o impacto da doença através de fungicida à base de leite de vaca ou chorume de cavalinha.

 

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.