Home » Frutas » Doenças da uva: sintomas, prevenção e tratamento

Doenças da uva: sintomas, prevenção e tratamento

Divulgue para seus amigos e seguidores!

  • Doenças que atacam principalmente a madeira: esca, escoriose da videira, eutipiose, doença de petri, braço preto morto, pé preto da videira.
  • Doenças que danificam apenas as partes verdes da videira: botrytis, antracnose, podridão negra, acaridíase, míldio, ferrugem.

Pé de uva preta

Uma das doenças da uva é o pé preto. Esta doença pode ser causada por fungos das famílias Cylindrocarpon e Campylocarpon, embora estudos recentes também a atribuam a alguns da família Ilyonectria. Esses patógenos entram através de feridas na raiz da videira, fazendo com que ela escureça e se deteriore. Falamos sobre seus principais sintomas e métodos de controle.

Sintomas de pé preto de uva

Os fungos que geram o pé preto da uva são encontrados no solo, entrando na planta através das raízes e da madeira basal da videira. Manifesta-se principalmente em vinhas enxertadas provenientes de viveiros, e atinge plantas jovens, com menos de cinco anos. Os principais sinais desta doença são:

  • Lesões necróticas na base do padrão e no sistema radicular, que sofre uma perda significativa de massa.
  • Necrose ascendente generalizada na madeira do porta-enxerto, podendo gerar raízes aéreas para substituir as funções das raízes principais afetadas.
  • Se as cepas infectadas forem seccionadas, lesões necróticas da medula ao córtex podem ser vistas.
  • Desenvolvimento da planta inferior ao normal, entrenós mais curtos, defeituosos ou sem brotação.
  • Folhas cloróticas e/ou murchas.

Medidas de controle para pé preto de uva

Até o momento, não existem remédios para erradicar o pé preto das uvas, sendo importante tomar algumas medidas preventivas:

  • Elimine fatores de estresse para a planta durante os primeiros anos, especialmente no momento do transplante para o solo.
  • Garanta a aeração adequada, luz solar, fertilizante e drenagem do solo.
  • Podar com cuidado, aplicando agentes curativos nas feridas que ocorrem na planta, tanto por granizo ou insetos quanto por transplantes.
  • No momento da enxertia, escolha um padrão de espessura adequado e cubra a área de enxertia com cera.

Ferrugem da uva

A ferrugem é uma doença causada pelo fungo Phakopsora euvitis, que ataca as partes verdes da videira, principalmente as folhas mais maduras. Falamos sobre seus principais sintomas, como preveni-lo e tratá-lo em suas videiras.

Sintomas da ferrugem da uva

A ferrugem pode causar infecções graves, causando sérios prejuízos na produção e desenvolvimento da videira. Seus principais sintomas são:

  • Marcas amarelas ou acastanhadas na superfície superior das folhas maduras. Na parte de baixo você pode ver pústulas densas amarelas ou alaranjadas que cobrem a maior parte da superfície inferior da folha.
  • Quando a doença se desenvolve, todas as folhas ficam amarelas e caem.

Prevenção e tratamento da ferrugem da uva

Você pode evitar o aparecimento de ferrugem em suas videiras através de tratamentos preventivos com cavalinha ou purina de urtiga. Ambos os remédios caseiros também funcionam como fungicidas, caso suas plantas apresentem sintomas da doença. Nesse caso, você também pode usar fungicida caseiro à base de leite de vaca.


Divulgue para seus amigos e seguidores!
sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.