Home » Frutas » Doenças laranjas e como curá-las naturalmente

Doenças laranjas e como curá-las naturalmente

Doenças mais comuns do laranjeiro e seus remédios naturais

Estas são algumas das doenças mais comuns, nas fotos você pode ver como elas afetam as laranjeiras.

Fatos divertidos

Folhas enrugadas na laranjeira podem indicar uma praga ou falta de rega.

Podridão aguada ou marrom de laranjeiras

Esta doença é uma infecção fúngica gerada pelo fungo Phytophthora sp. Seu nome refere-se aos chancres ou lesões podres que eles geram. Esse fungo afeta as raízes e causa danos que afetam a estrutura da planta. Além disso, gera formações emborrachas nas lesões do tronco. A planta enfraquece e perde as folhas, e o nervo central das folhas fica amarelo.

Como curar água em laranjeiras

Esta doença pode ser tratada com antifúngicos naturais, como rabo de cavalo, alho, sabão de potássio, etc. É melhor manter as condições necessárias para evitar que o fungo se desenvolva. Os cuidados que devemos ter para isso são:

  • Não machuque a estrutura da planta, e se forem geradas feridas, coloque alguma cura.
  • Verifique se a árvore tem solo com boa drenagem, que não reúna água.
  • Não coloque fertilizantes orgânicos perto do porta-malas.

Anthracnose laranja

Este fungo afeta principalmente as folhas e frutas. A princípio produz manchas marrons e, quando avança, gera podridão ou necrose dos frutos. Se a infecção for grave, pode levar à perda das folhas da planta. O fungo que gera essa doença é alternaria.

doenças de laranja

Anthracnose é reconhecida por manchas circulares em folhas e frutas

Como prevenir e combater a antracnose

Essa doença pode ser prevenida por cuidar da umidade: os restos de água nas folhas não são bons para a laranjeira, também é importante ver que não há poças e pouca drenagem na terra. Quando a doença já tomou a árvore é importante coletar e destruir os frutos afetados. Além disso, galhos e folhas devem ser podados, tomando o cuidado de movê-los para longe do lugar onde a árvore está.

Gomose laranja

O fungo que gera gengíase é da espécie fitohthoras, e o nome dessa doença refere-se ao líquido emborrachado que sai da planta nas lesões causadas por esse fungo. A planta enfraquece, as costelas de folhas assumem a cor amarela, e a árvore produz muito poucos brotos novos.

Como prevenir e curar a gengamina laranja

As condições que promovem a gengímica são: solo muito ácido, muito nitrogênio no fertilizante, má drenagem e excesso de umidade da irrigação. Controlar esses fatores e limpar elementos de poda pode ser suficiente para controlar essa doença.

Perguntas frequentes

Como combater pragas e doenças da laranjeira?

As doenças mais comuns das laranjeiras são devido ao desequilíbrio de nutrientes no solo ou umidade. Fungos que afetam esta planta podem ser evitados com solo bem nutrido e com drenagem adequada para que não reúna umidade.

Que doenças atacam laranjeiras?

As laranjeiras são geralmente atacadas por fungos que geram diferentes tipos de lesões. Os mais comuns e mais afetados por essas plantas são os fungos que geram goma de laranja, podridão marrom e antracnose.

Como tratar uma laranjeira doente?

É importante rever os sintomas antes de tratar uma laranjeira doente, já que conforme o sintoma podemos lhe dar o tratamento mais adequado. Muitas das doenças são geradas por fungos, por isso podem ser tratadas com antifúngicos naturais, como alho ou rabo de cavalo.

Porque as folhas da laranjeira enrugadas?

Folhas de laranja podem enrugar por diferentes razões. Existem alguns ácaros instalados na parte de trás deles e geram deformação. Se à primeira vista não observarmos insetos ou teias de aranha, é provável devido à falta de água e nutrientes na terra. Neste último caso, com fertilizante e boa irrigação é curado

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.