Home » Frutas » Goiabeira em vaso

Goiabeira em vaso

Divulgue para seus amigos e seguidores!

  • Localização: em um lugar com muito sol, abrigado do vento.
  • Tipo de solo: solo alimentado com adubo, pH 4,5 a 7
  • Pote: grande (cerca de 30 cm de diâmetro) com boa drenagem.

Dado que você tenha germinado sua goiaba, e ela esteja pronta para ser transplantada, você pode movê-la para um vaso em vez de colocá-la no chão. Para que sua goiaba cresça forte em uma panela, há algumas coisas a serem consideradas:

Tipo de solo necessário para uma goiabeira em vaso

O solo deve ser uma mistura de terra argilosa, com areia e matéria orgânica (pode ser composto), seu pH deve ser um pouco ácido, entre 4,5 a 7. É importante que não seja um solo que retenha muita água, para que não se formem poças que possam apodrecer as raízes e que o solo esteja sempre úmido, mas sem água estagnada.

Tipo de vaso

O vaso que você escolher deve ser grande, quanto maior for, mais sua goiaba crescerá, mas, se você não tiver espaço para uma árvore tão grande, com um vaso médio você pode conseguir uma goiaba que dê frutos. É importante que o vaso tenha uma boa drenagem porque estas árvores não gostam de água acumulada.

Como cuidar de uma goiabeira em vaso

Muitas vezes as plantas de goiaba em vasos não conseguem crescer galhos grossos e quando os frutos saem, podem quebrar. Para evitar que isso aconteça, é importante utilizar estacas para ajudar a suportar o peso da planta e dos frutos. Não esqueça de nutrir o solo a cada 4 meses com matéria orgânica e cuidar de sua planta contra doenças e pragas.
Neste vídeo você pode encontrar mais informações sobre a goiaba em vaso:


Divulgue para seus amigos e seguidores!
sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.