Home » Frutas » Melancia: características, usos, propriedades e muito mais

Melancia: características, usos, propriedades e muito mais

  • Nome científico: Citrullus lanatus
  • Outros nomes: Melancia, aguamelon, melancia, sindria, paitilla, badea, bateca, acendría, carabacera doce e cidra de cayote
  • Família: Cucurbitáceas
  • Fonte: África
  • Características principais: Planta rasteira com frutos grandes
  • Benefícios: Diurético, anti-inflamatório, antioxidante, vermífugo

Características da melancia

Taxonomia

Reino: plantar

Divisão: Magnoliófita

Classe: Magnoliopsida

Subclasse: Dilleniidae

Ordem: Cucurbitales

Família: Cucurbitáceas

Tribo: Benincaseae

Gênero: Citrino

Espécies: C. lanatus

O que é melancia?

A melancia é o fruto da planta que leva o mesmo nome, esta planta é rasteira (videira de chão) e tem lindas flores amarelas. Esta planta é anual e não possui tronco. O sabor de sua fruta é doce, além de suculento.

Partes

Melancia dá flores amarelas

As partes que compõem a melancia são:

  • Raizramificada, divide e subdivide, a raiz principal será sempre a maior.
  • Troncoverde rastejante/escalada, possui uma espécie de ganchos (gavinhas) que ‘engancham’ ao chão, parede ou superfície atingindo até 4m.
  • Lençóissão semelhantes em forma à mão (com cinco lóbulos), verdes e grandes de 7 a 20 cm, uma das principais características das folhas de melancia é que elas se movem seguindo o sol.
  • Flores, são amarelos profundos, grandes, com cinco pétalas unidas a partir da base. Estas flores são masculinas ou femininas.
  • Sementes, ovóide-achatada, de cor escura e dura. As sementes de melancia também possuem propriedades que beneficiam nossa saúde.
  • Fruta, é uma das maiores pesando até 4 kg, é uma baga falsa com formato ovóide e esférico, sua casca geralmente é lisa e verde. A polpa do fruto é de cor vermelha e é composta principalmente por água (90%).

Fatos divertidos

A casca de melancia tem muitos benefícios para o nosso corpo, por isso é comestível. Como você pode ver, todos os frutos da melancia são maravilhosos.

Propriedades e benefícios da melancia

a Principal propriedades da melancia:

Também contém grandes quantidades de citrulina S licopeno ajudando no desenvolvimento e recuperação muscular e protegendo nossas células.

Benefícios da melancia

Melancia nos ajuda a limpar nosso sistema

Entre os muitos benefícios da melancia, os principais são:

  • antioxidante
  • cardioprotetor
  • Diurético
  • Anti-helmíntico

Em geral, a melancia elimina toxinas do nosso corpo, hidrata-o, fortalece o sistema imunológico, protege nosso coração, cuida da nossa pressão arterial, relaxa os músculos, acalma a saciedade e cuida dos olhos prevenindo a geração macular.

Seu uso tópico alivia irritações, inflamações, rugas e queimaduras.

Benefícios da casca e sementes de melancia

Na tabela a seguir, explicamos os benefícios dessas duas partes da fruta melancia:

Contra-indicações

O que mais deve ser cuidado ao consumir melancia é a quantidade de sementes que são ingeridas, pois um grande número de sementes pode nos laxar, portanto, uma pequena quantidade é recomendada. Antes de tudo, é melhor consultar seu médico sobre o consumo de um determinado alimento.

Se você sofre de insuficiência renal, é melhor consumir melancia com moderação devido ao seu alto teor de potássio.

Usos da melancia

Os usos dados à melancia são:

  • cosméticos
  • Mantimentos
  • medicinal
  • Composto

Suco de melancia e gengibre

A combinação de melancia e gengibre em um suco fará um poderoso diurético que limpará seu corpo e o ajudará a controlar seu peso.

O que você precisa?

Preparação

Você só precisa misturar todos os ingredientes até obter uma mistura bem feita.

Casca de melancia e gaspacho de pepino

Além de usar a casca de melancia como um forte nutriente para a compostagem, ela também pode ser usada como alimento. Experimente este delicioso gaspacho e dê um toque especial aos pratos tradicionais.

O que você precisa?

  • cascas de melancia
  • pepinos
  • tomate cereja
  • Salsinha
  • Alho
  • Cebola
  • Pinhões
  • Pão duro
  • Vinagre

Preparação

  1. Corte a casca da melancia em cubos e leve ao fogo para amolecer
  2. Enquanto isso pique a cebola e o alho em cubos pequenos
  3. Deixe o pão de molho até ficar macio
  4. Pique o pepino e misture todos os ingredientes, exceto os pinhões e uma pequena porção das cascas, misture bem
  5. Despeje a mistura em uma tigela e tempere a gosto
  6. Por fim adicione os pinhões e a restante casca, pode servir com um pouco de salsa

*Diversos pássaros também adoram comer a casca da melancia.

Origem e história da melancia

A origem do nome científico da melancia é ‘citrullus’ que vem do latim citrino e ter o gosto ou cheiro semelhante. E ‘lanatus’ do epíteto latino lanoso. Outra definição da origem do nome é que a melancia vem do árabe hispânico ‘sandiyya’, sendo sindiyyah em árabe clássico, é uma região do Paquistão.

Pinturas e sementes de melancia e outras variedades de melão foram descobertas há mais de 4.000 anos. É nativo de Kalahari, África, aqui pode ser encontrado em estado selvagem. Diz-se que esta fruta cresceu nas margens do rio Nilo e se espalhou para o Mar Mediterrâneo.

Na tumba de Khnumhotep em Saqqara, foi encontrado um desenho na parede, um desenho de 4300 anos atrás, esse desenho é grande e com muitas frutas, uma delas era verde, gorda e com listras, remetendo a uma melancia. Resultados de diferentes investigações recentes sugerem que a melancia surgiu de um melão selvagem muito antigo.

A expansão dessa suculenta fruta deveu-se ao seu alto teor de água, que servia de água doce para viagens, trocas e comércio.

Nos tempos gregos, as propriedades medicinais da melancia já eram conhecidas, eles a consideravam diurética e hidratante para o clima quente. Plínio, o Velho, descreve-o em ‘História Natural’ como um alimento extremamente refrescante. Há outro manuscrito medieval italiano do século XIV chamado Tacuinum Sanitatis onde há esboços de melancias com carne vermelha e sabor adocicado, fizeram parte de um guia para levar uma vida saudável.

Fatos divertidos

O ancestral selvagem da melancia era uma fruta amarga com uma polpa verde-clara dura.

Cultivo de melancia

  • Dificuldade de cultivo: Fácil
  • Clima: Caloroso
  • Temperatura: 23 – 28ºC
  • Eu costumo: pH 5,5 – 7,5

Atualmente o cultivo mundial de melancia ultrapassa 100 milhões de toneladas!

Plantio de melancia

Antes de começar a cultivar melancia, tenha em mente o crescimento desta planta, ela é rasteira, então precisa de um bom espaço, se você cultivar melancia em um vaso, você pode ter mais controle sobre ela e torná-la escaladora colocando alguns gravetos.

Para plantar melancia você tem que seguir estes passos:

  1. Prepare o solo e suas sementes de melancia
  2. Faça buracos de 2-3 cm de profundidade, deixando 1 m de distância entre cada um se você semear diretamente na horta, se você só vai germinar as sementes deixe menos espaço
  3. Coloque as sementes em cada buraco e cubra com a mesma terra pressionando um pouco para firmar
  4. Regue o solo até que esteja completamente úmido e pronto!

Cuidado

Os cuidados básicos da planta de melancia são:

  • Luz e localização: A temperatura deve ser mantida (23-28ºC) para que a planta tenha bons frutos, resista até certo ponto à seca e deve receber luz.
  • Terra: Deve ser franco-argiloso ou arenoso com uma boa quantidade de matéria orgânica.
  • Irrigação: O solo deve estar sempre úmido, para que a irrigação seja constante e sem alagamentos, principalmente no início da safra, quando a planta floresce, a irrigação deve diminuir.
  • Poda e limpeza: Delimite a área do seu cultivo de melancia para que não invada outras culturas ou plantas. Mantenha-o limpo de ervas daninhas e corte as folhas que você vê em mau estado.

Colheita

Você pode colher sua melancia do 70 – 90 dias, dependendo da cultura e da variedade de melancia. Para saber o momento certo na colheita para cortar a fruta, você pode bater na melancia e ela deve soar oca.

Pragas e doenças da melancia

Para manter sua planta de melancia saudável e produzir frutos grandes, ricos e suculentos, devemos evitar que nossa planta fique atormentada ou doente.

Pragas

As pragas que mais afetam a melancia são:

Pulgões
Aranha vermelha
Mosca branca
Tripes

Doenças

Manchas nas folhas podem ser um sintoma de doença

Fisiopatias e Doenças da melancia que danificam seriamente a fruta:

  • Passar a ferro ou tomar sol de frutas
  • chupar frutas
  • nebulização de frutas
  • aborto de frutas
  • quebra de frutas

Vírus:

  • vírus do mosaico da melancia
  • Vírus de triagem de melão

Cogumelos:

  • oídio ou cinzas
  • fusarium
  • Cancro do caule gomoso

Fisiopatologias da melancia

As fisiopatias nesta planta geralmente ocorrem devido ao mau manejo no cuidado com a melancia:

Tipos e variedades de melancia

Existem mais de 50 tipos de melancia hoje, mas essas variedades são divididas principalmente em:

  • Melancias com sementes (diplóides)
  • Melancias sem sementes (triplóides)

* Conheça as diferenças entre melão e melancia clicando no link.

Dentro dessas duas divisões encontramos amarelo, sem sementes, quadrado, cinza charleston, doce carmesim, rainha de copas, sugar baby e muito mais.

A doçura da melancia pode ser medida em uma escala Brix. A maioria das melancias está entre 9 e 10 na escala Brix. A melancia muito doce mede 11 a 12 na escala Brix.

Perguntas frequentes

Como escolher uma boa melancia?

Se você quer saber como escolher uma boa melancia, é preciso bater levemente nela e ela deve soar oca, além de parecer um pouco mais pesada do que parece, isso indica que ela tem um bom teor de água .

Posso comer melancia com o estômago vazio?

Não é recomendado consumir melancia com o estômago vazio, pois pode complicar a digestão, pois irrita a mucosa gástrica, pois contém muitos ácidos naturais da fruta.

Como consumir a melancia para aproveitar ao máximo seus nutrientes?

A melhor forma de consumir a melancia ou qualquer outra fruta, vegetal e vegetal para obter melhor as suas propriedades é consumi-las na sua forma fresca e crua, obviamente desinfetadas e lavadas. Embora existam casos em que um vegetal ou planta deve ser cozido um pouco ou cozido no vapor.

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.