Home » Frutas » Naranjo: suas características, cultivo, cuidado, origem e história e muito mais

Naranjo: suas características, cultivo, cuidado, origem e história e muito mais

Divulgue para seus amigos e seguidores!

  • Nome científico: × de cítricos sinensis
  • Outros nomes: laranjeira, árvore laranja doce.
  • Família: Rutaceae.
  • Origem: Índia, Paquistão e China.
  • Características da planta: árvore de até 13 metros, com espinhos grandes e folhas verdes escuras.
  • Características químicas: ácido cítrico.
  • Principais propriedades: contém vitamina C e B, cálcio, potássio, fósforo, magnésio e betacaroteno.
  • Produto: fortalece o sistema imunológico, é antioxidante e curativo.
  • Usa: alimentos doces, salgados, produtos de limpeza, cosméticos, perfumes.

Características gerais: Como é a laranjeira?

A laranjeira é uma árvore média, geralmente medindo entre 3 e 5 metros, embora possa chegar a 13 metros de altura. Suas folhas são ovais, perenes e medem entre 7 e 10 cm, enquanto seus ramos possuem espinhas grandes, até 10 cm. Suas flores são brancas, e são chamadas de Flor de Laranjeira como o resto das flores cítricas. O fruto da laranjeira é a laranja doce, que é caracterizada por ser ácida e com um sabor doce, amplamente utilizado para fazer sucos.

Laranja é a fruta favorita de todos para fazer um suco delicioso

Taxonomia da laranjeira

  • Reino: Plantae
  • Divisão: Magnoliophyta
  • Classe: Magnoliopsida
  • Subclasse: Rosidae
  • Ordem: Sapindales
  • Família: Rutaceae
  • Subfamília: Citroideae
  • Tribo: Citreae
  • Gênero: Cítrico
  • Espécie: Citrus x sinensis

Folha de laranja

A folha laranja doce, cujo nome científico é citrus x sinensis, é uma cada vez mais verde, de intensa cor verde. Esta folha é consumida como chá, pois tem propriedades medicinais. Se você se pergunta para que são as folhas laranjas, a resposta é: elas são relaxantes, antiespasmódicas, levemente sedativas, ajudam a melhorar as cólicas intestinais e a diarreia.

Origem e história da laranjeira

As laranjeiras têm sua origem na Índia, Paquistão, Vietnã e China. Sua chegada ao Ocidente ocorreu nas mãos dos árabes. Recentemente, pesquisas genéticas foram feitas indicando que a laranjeira é um híbrido, uma mistura de duas das três frutas cítricas originais. Neste caso, o laranjeiro doce é uma mistura de pampelmusa ou toranja chinesa e tangerina. Seu nome na Índia era “nâranga” que significa “perfumado”, este nome estava se adaptando e mudando em diferentes países.

Fatos divertidos

Em holandês, a laranja é chamada de “Sinaasappel”, que significa laranja chinesa. E a cor laranja é dito “oranje”.

Variedades de laranja

Você sabia que existem mais de 300 variedades de laranjas?

Dentro das laranjas existem diferentes tipos ou variedades, acredita-se que existem mais de 300 laranjas diferentes. Algumas dessas variedades são:

Umbigo ou laranjas de umbigo

Essas laranjas têm um galo parecido com umbigo em uma extremidade, o que lhes dá o nome. Sua concha é grossa e geralmente são laranjas grandes. Eles têm grandes segmentos dentro que também são muito suculentos e fibrosos. Eles não costumam ser usados para fazer sucos, devido à fibrosidade de sua polpa. Dentro desta variante de laranjas há subgrupos que são:

  • Washington: é do tipo Umbigo, mas difere por ser menos suculento que os anteriores.
  • Navelate: semelhante ao Washington, mas menor e mais resistente ao frio, o que o torna mais disponível no mercado.
  • Navelina outra laranja pertencente ao Umbigo. Este é o que tem a casca mais fina, sem sementes e mais suco, por isso é o mais escolhido entre as laranjas do umbigo.

Laranjas doces, brancas ou lisas

Esta variedade não tem umbigo, e tem pele mais lisa e fina. Eles geralmente têm sementes em todos os segmentos. Sua cor varia de amarelo a laranja profundo. São as laranjas conhecidas como “suco”, já que são mais suculentas e menos fibrosas. Alguns dos subgrupos de branco ou liso são:

  • Valencia ou Valencia bate, sua casca é laranja intensa. Eles têm pele muito fina e lisa, sua polpa é suculenta e pouco fibrosa. Seu sabor é mais ácido e tem poucas sementes. Este subgrupo é o mais comumente usado para sucos.
  • Salustiana: É outra laranja do tipo liso, é mais achatada, também é muito suculenta e tem poucas sementes. É ideal para fazer sucos.
  • Verna: compartilha suas características com as outras do tipo liso ou branco. A diferença é que sua colheita é mais tarde e geralmente é feita no final do verão.

Laranjas de sangue

Laranjas de sangue devem seu nome à cor vermelha de sua polpa. O vermelho característico é devido ao clima. Essa cor é adquirida por laranjas que são cultivadas em climas mais frios à noite e mais quentes durante o dia. Seu sabor é semelhante ao de morango ou framboesa. Eles são ovais, pequenos, têm pele dura e muito suco na polpa. Dentro deste grupo, a variante mais conhecida é a Sanguinelli, produzida principalmente em Israel. Sua polpa e suco é roxo, e tem poucas sementes. Como precisa de frio para adquirir essa cor em particular é colhida no final do inverno e início da primavera.

Laranja chinesa é laranja?

A laranja-alaranjada chinesa ou anã também é conhecida como quinoto. Eles não são uma variedade de laranja porque embora sejam capazes de hibridizar com frutas cítricas, eles pertencem a outro gênero conhecido como fortunella. Há uma variedade de laranja também chamada quinoto, por isso esta fruta é muitas vezes confundida com uma variedade muito pequena de laranja.

Cultivo de laranja

A laranjeira é nativa da Ásia, por isso prefere climas tropicais e subtropicais. Atualmente seu cultivo ocorre principalmente em áreas de clima quente e úmido, como alguns países do Mediterrâneo: México, Brasil, Equador, Argentina, Colômbia, Peru, Belize, Cuba, China, Índia, Egito, Uruguai, África do Sul, Paquistão e Irã.
A Espanha é o sexto país no ranking de produção de laranjas.

Como deve ser a terra para o cultivo de laranjeiras?

A terra onde vamos cultivar a laranjeira deve ter uma boa drenagem. Recomenda-se misturar o solo com areia para que a água passe bem, atingindo as raízes mais profundas. É importante que o pH seja ácido, pois se for muito alcalino não é recomendado para frutas cítricas. Por fim, deve ter uma boa quantidade de nutrientes, enquanto as laranjeiras precisam de magnésio, ferro e potássio no solo.

Cuidados com laranjeiras

Se você vive em lugares com tempo frio, cuide de sua laranjeira de geada

  • Em lugares de climas mais frios é necessário tomar alguns cuidados especiais, como:
  • Cubra a árvore para protegê-la da geada, usando uma meia sombra, um plástico que a cubra ou coloque-a em uma estufa.
  • Eles devem ser expostos ao sol direto pelo menos 5 horas por dia.
  • Quando ainda são pequenos, se o sol é extremamente forte pode queimar as folhas, por isso recomendamos colocá-las sob outra árvore.

Quando devemos transplantá-lo para a Terra?

Recomendamos deixar a laranjeira em uma panela alguns anos em países que têm climas mais frios, para poder movê-la do lugar no inverno e protegê-la da geada. Uma vez que a árvore passou alguns anos em uma panela e conseguiu fortalecer suas raízes, ela pode ser transplantada no chão, embora ainda seja necessário cuidar dela a partir da geada. Em países mais quentes, eles podem ser cultivados diretamente no chão a partir de sementes.

Como e quanto para regar a laranjeira?

A irrigação da laranjeira varia de acordo com a época do ano e o clima. Durante o inverno basta regar uma vez por semana, mas no verão, especialmente se estiver muito quente, é necessário aumentar a rega para 3 ou 4 vezes por semana. É importante controlar a irrigação, pois poças podem levar a doenças. Recomenda-se diminuir a rega antes de florescer, pois o estresse hídrico incentiva a produção de flores.

É necessário podar laranjeiras?

A poda de laranjeiras é altamente recomendada por várias razões:

  • Para dar ar ao copo: deixar espaços para circulação de ar no copo é muito benéfico para evitar doenças e pragas que são atraídas pelo excesso de umidade. Além disso, a poda permite que a luz solar atinja os galhos e folhas internas, promovendo o nascimento de frutos nessa área.
  • Para formar bem a árvore: moldá-la desde cedo ajuda a poder acessar todos os ramos e alcançar os frutos com mais facilidade.
  • Para eliminar chupetas que usam muitos nutrientes: chupetas são galhos pequenos e retos, que crescem entre galhos e “roubam” nutrientes da árvore.

No vídeo a seguir você pode encontrar mais informações sobre o cuidado das laranjeiras:

Quando as laranjeiras dão frutos

Laranjeiras, como alguns frutos cítricos, dão frutos em momentos diferentes de acordo com sua origem. Árvores enxertadas, como uma gema de uma árvore maduro, eles levam cerca de 3 anos para ter o tamanho necessário para dar frutos. O mesmo vale para árvores feitas de corte. Agora, as árvores que germinamos de sementes demoram muito mais para dar suas primeiras laranjas, o tempo médio é entre 5 e 7 anos.

Quando uma laranjeira é considerada madura

As laranjeiras são consideradas árvores jovens até os 10 anos de idade, e embora possam dar frutos, os primeiros anos de frutífera não terão as laranjas de melhor qualidade possíveis, e é provável que elas tenham uma casca muito grossa. A partir dos 10 anos, a árvore é considerada madura, pois pode dar quase 70 quilos de laranjas a cada ano. Árvores maduras dão frutos de melhor qualidade e sabor do que as jovens.

Laranjeira

Laranjeiras, ao contrário de outras frutas cítricas, só florescem na primavera. A árvore espera o frio passar para dar frutos, que serão muito abundantes e cheios de cheiro. Laranjeiras são hermafroditas, mas nem todas as flores acabarão polinizados e se tornando frutos, já que são muitas e muitas simplesmente cairão no chão. Flores que não caem serão polinizados por abelhas e outros insetos atraídos por seu cheiro especial.

Por que uma laranjeira não floresce?

As laranjeiras às vezes não florescem na hora esperada, ou florescem, mas com uma quantidade abundante de flores. Isso pode ser devido a várias coisas, incluindo: pragas, doenças, déficit de nutrientes no solo, falta ou excesso de irrigação. Também pode acontecer quando a árvore é muito velha ou quando precisa ser podada, já que não tem a força para suportar o tamanho de sua coroa e florescer.

Fatos divertidos

A flor de laranjeira, chamada flor de laranjeira, é um símbolo de boa sorte.

Quais são as fases pelas quais passa uma laranjeira

  • Fase de floração: acontece no início da primavera e dura algumas semanas. Neste momento, a árvore está cheia de flores com grande aroma. Muitas dessas flores cairão no chão e outras serão polinizados.
  • Fase de coalhada: nessa época, as flores que não caíram da árvore e foram polinizados, começam a formar o fruto. Abelhas e outros polinizadores ainda são necessários nesta fase, para alcançar maior produção. Geralmente, neste momento, a laranjeira pode precisar de mais água.
  • Fase de engorda da laranja: é quando a fruta cresce a amadurecer. O clima é muito importante na formação de frutas. Altas temperaturas tornam o suco mais doce, temperaturas mais baixas fazem as frutas mudarem de cor.
  • Fase de colheita: esta fase é considerada a última, embora então a árvore entre em estado vegetativo e na primavera seguinte ela começa seu ciclo novamente. A colheita de frutas deve ser dada na hora certa, porque se os frutos amadurecerem demais na árvore, eles caem devido ao seu peso pesado e são arruinados.

Fatos divertidos

Se a árvore não tiver os nutrientes necessários no solo, as pequenas laranjas cairão da árvore, pois não podem sustentar o processo de engorda dos frutos.

Perguntas frequentes

Como é a laranjeira?

A laranjeira é uma árvore perene, de médio porte, com folhas verdes intensas e espinhos de até 10 cm. Seu tamanho é entre 3 e 5 metros, embora com os devidos cuidados possa medir até 13 metros.

O que significa uma laranjeira?

Naranjo é a árvore que dá o fruto da laranja. Simbolicamente representa alegria, diversão e entusiasmo. Também está relacionado com o exótico, com o original, a proximidade e o espontâneo.

Onde crescem as laranjeiras?

A laranjeira é de origem chinesa, por isso prefere climas quentes, como o tropical e o Mediterrâneo. Cresce muito abundantemente nas margens do Mar Mediterrâneo, na Califórnia e na América Central e do Sul.


Divulgue para seus amigos e seguidores!
sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.