Home » Frutas » Temporada de Caqui

Temporada de Caqui

  • Período desde a sementeira até a colheita: 4 a 7 anos
  • Tempo desde o plantio até a colheita: 2 a 3 anos
  • Hora da colheita: 3 meses
  • Meses de colheita: Do final de setembro a dezembro
  • Características dos Caquis maduros: De pele macia e cor vermelha

O fator determinante para colher os Caquis é a maturação do fruto e, de acordo com isso, você encontrará diferentes tipos de Caquis, um chamado dióspiro ou Caqui adstringente e outro chamado Caqui não adstringente.
A primeira é laranja e a outra é vermelha, como uma maçã. Aqui lhe falamos sobre a diferença entre o Caqui e o dióspiro.

Quando colher os Caquis?

Há 2 sinais mais importantes que podem ajudá-lo a detectar quando colher os Caquis:

  • A fruta mostra uma cor alaranjada.
  • A planta de Caqui perdeu todas as suas folhas.

Como colher os Caquis?

  • A melhor maneira de colher é fazê-lo suavemente à mão ou, se preferir, com tesouras de jardinagem.
  • Você deve separar o Caqui da planta do cálice – aquele galho verde que serve de união com seus ramos – para proteger o fruto. Aqui você deve ter cuidado ao fazer isso, pois quanto mais madura a fruta fica, mais macia ela é e mais pode ser danificada.

Riscos apresentados pela planta quando o fruto está maduro.

  • O sabor especial do Caqui a torna muito atraente para as aves, de modo que às vezes você notará que a fruta é picada.
  • O peso da fruta sobre os ramos sem folhas a torna vulnerável ao vento.
  • A chuva constante, a geada e o gelo causam mais peso a cada ramo que já está carregado de diques. Quando elas caem, são danificadas, além dos danos causados por esses fenômenos.

Como preservar os Caquis após a colheita?

Os Caquis podem ser mantidos por várias semanas no refrigerador. Ou se preferir deixá-lo amadurecer um pouco mais, mantenha-o em uma caixa fora do refrigerador, cuidando para haver espaço suficiente entre eles para que não se danifiquem.

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.