Home » Geral » Curiosidades sobre o Mar Morto

Curiosidades sobre o Mar Morto

Desde pequeno temos assistido na TV como algumas pessoas se banham no Mar Morto e não afundam, mas flutuam. Hoje vamos ver por que flutuamos no Mar Morto e por que ele é chamado de Mar Morto.

O Mar Morto está localizado entre Israel, Jordânia e Palestina (se você quiser, você pode dar uma olhada em Google Maps), o que o distingue e pelo que todos o conhecem é porque é um mar. hipersalina.

Já ao dizer mar faltamos um pouco à verdade, embora seja conhecido por todos como um “mar”, na verdade, é um lago Como não tem saída, toda a água que chega fica presa lá e sua única rota de fuga é a evaporação.

Talvez eles se refiram a ele como um mar por seus 810 quilômetros quadrados, o que suponho que visto de perto parece uma imensidão.

Outra coisa curiosa sobre o Mar Morto é que ele está a 416 metros abaixo do nível do mar, tornando-se um lugar único e um dos mais baixos encontrados na Terra.

Por que é chamado de Mar Morto?

Como você pode imaginar, o Mar Morto era assim chamado porque Nem um único peixe podia ser visto lá., e como não havia vida, foi diretamente classificado como algo morto, permanecendo assim até hoje, mas Isso é realmente verdade?.

Parece que não, que O Mar Morto é tudo menos morto. A verdade é que não estou surpreso com nada, já que sabemos quantos organismos extremófilos conseguem viver em condições incríveis.

No Mar Morto, vários organismos halófitos foram encontrados que conseguem viver em um ambiente hipersalino, conseguindo encontrar protozoários, algas e algumas bactérias. Aparentemente, há também áreas com colunas de água doce que se infiltram nas quais outros microrganismos vivem.

Como se formou o acúmulo de sais?

O Mar Morto por não ter saídas acumulará toda a água que lhe chega (por afluentes como o rio Jordão), como dissemos antes a única saída que essa água tem é evaporação. A água obviamente não é destilada, mas existem diferentes sais minerais nela.

Quando essa água chega ao Mar Morto, poderíamos dizer que ocorre um “efeito salino” (com o qual poderíamos ser ricos em outra época, como já falamos no Origem da palavra salário), a água evapora e o sal que armazena permanece como resíduo, de modo que, com o passar do tempo, acumula-se cada vez mais.

Por que flutuamos no Mar Morto?

Tendo uma salinidade tão alta (33,7%) também tem uma densidade maior. Este Vai tornar mais fácil para nos flutuar neste tipo de água do que na água do mar normal e corrente. A densidade da água do mar é de 1027 km/m³ e a da água do Mar Morto de 1240 km/m³; por isso, vai evitar um pouco mais que afundemos nela, a verdade é que as cenas de pessoas flutuando são no mínimo engraçadas.

A quantidade de sal no Mar Morto está aumentando ano a ano (como explicado acima), e quanto mais fundo formos para as profundezas do lago, mais sal encontraremos. Como Curiosidade Vamos dizer-lhe que para conseguir submergir nestas águas você precisa de cerca de 40 kg de lastro e proteger todo o seu rosto e pele, pois podemos ter problemas. A propósito, falando de água e sal, eu te dou uma pergunta… Os peixes bebem água? , se você está intrigado que você sabe, siga o link.

É o mais salgado do mundo?

Bem, acredite ou não, não é, ainda existem lagos mais salgados, como o Lago Assal.

Vamos ver se alguém passa por aqui que se banha no Mar Morto e deixa nos comentários que senti quando flutuava na água, a verdade é que é uma das coisas que gostaria de fazer na vida, para ver se em x anos sou eu que passo por aqui e vos conta a experiência, no momento, eu só tenho as palavras para comentar sobre estas Curiosidades. Espero que tenham gostado.

liana trotte

Sobre Liana Trotte

Liana Trotte é uma graduada em engenharia pela Universidade Brasil, destacando-se por sua sólida formação e habilidades técnicas. Sua paixão pela resolução de problemas e inovação a conduzem a enfrentar desafios complexos com criatividade e determinação. Liana é uma profissional comprometida em aplicar seu conhecimento em busca de soluções eficazes e inovadoras. Sua formação sólida e mentalidade orientada para resultados a tornam uma adição valiosa em qualquer empreendimento que busque excelência em engenharia.