Home » Geral » Moonstone ou Pedra Da Lua

Moonstone ou Pedra Da Lua

O seu nome vem a calhar, pois a sua cor esbranquiçada confere-lhe uma certa semelhança com o nosso satélite. Apesar de Moonstone Não vem do espaço, tem inúmeras aplicações na Terra, no que diz respeito à joalheria. A dificuldade em encontrá-lo o torna um espécime caro e desejado.

Moonstone

Características da Pedra da Lua

Este mineral popular está incluído entre as adularias que, por sua vez, fazem parte da família do feldspato. Pertencente a esta seleção deu o seu nome ao efeito de defracção da luz em reflexos azulados que se produz na sua superfície (adularescência). Por esse motivo, é comum ouvir que recebe outros nomes como “olho de peixe” ou “olho de lobo”.

Se for cortado em cabochões, o brilho é mais perceptível. Vale dizer que a pedra da lua É composto principalmente de alumínio, potássio, sódio e cálcio. Na indústria de cerâmica e vidro costuma ser muito utilizado, mas muito mais na joalheria.

Os hindus referem-se à pedra da lua como “chandrakant”, que se traduz em “favorito da lua”. Devido à sua tonalidade, que possui um branco iridescente característico, muitas vezes pode ser confundida com a labradorita, sendo até comercializada como tal. A opalina, que é uma pedra sintética, também foi passada como esta gema preciosa.

Tradição e história

Muitas lendas atribuem poderes especiais a esta jóia peculiar., mais relacionado com a deusa hindu Kali, em cuja testa repousava uma pedra da lua. A superstição fez sua própria ao longo dos anos, pois acreditava-se que possuir um pedaço desse mineral dava ao seu portador influência divina.

Outros mitos ocidentais afirmavam que a pedra da lua era composta de pequenos traços da própria lua e que sua “luz interior” continha a energia positiva de um Deus. Na Roma antiga, dizia-se que as diferentes fases vividas pela lua podiam mudar a aparência da pedra, e que era possível ver dentro dela a deusa Diana.

Em algumas partes do mundo, a pedra da lua é conhecida como “rocha da mãe terra”, por gerar um efeito positivo nas mulheres no momento do parto ou, simplesmente, na sua fertilidade.

Da mesma forma, foi batizada como “pedra do viajante” por seu uso como amuleto ao embarcar em uma viagem. A maioria das tradições associadas à pedra da lua coincidem em exaltar a figura feminina e a emoção mais forte: o amor. Acredita-se que pode trazer equilíbrio entre yin e yang, promover uma colheita abundante e evitar um ataque epiléptico.

Depósitos de pedra da lua

É difícil acessar um depósito de pedra da lua. Eles não são abundantes e permanecem isolados. Brasil, Alpes Europeus, Sri Lanka, Madagascar, EUA, Índia e Tanzânia, são os locais onde se encontra a maior qualidade. Sri Lanka leva o título de maior produtor e a melhor casta. Seus exemplares são cristalinos, com um azul cintilante.

Esses minerais são provenientes de uma renomada mina em Meetiyagoda, localizada no sul da ilha. Apesar de estar em atividade há 50 anos, seus depósitos estão numerados. Há também minas em Dumbrara, Imbulpe e Tissamaharama. As peças mais jovens de pedra da lua pertencem a espaços na Tanzânia, especificamente na cidade de Arusha.

O nível de dureza da pedra da lua segundo a escala de Mohs chega a aproximadamente 6,5, sendo um dos mais baixos. Por isso, não suporta um polimento tão puro.

Variedade no mercado

Características da pedra da lua, depósitos, benefícios, história mineral

Embora a mais popular das pedras da lua seja aquela com uma iridescência branca, existem outras igualmente atraentes:

  • pedra da lua arco-íris: é azul profundo e tem semelhanças com a labradorita. É encontrado principalmente no Sri Lanka e é bastante fácil de ver.
  • Labradorita: Foi descoberto no Canadá, mesmo na Península de Labrador, ao qual deve o seu nome. Destaca-se pelas cores vermelha, laranja e amarela, embora também possa ser transparente. China, Índia e Madagascar também possuem depósitos desse mineral fascinante.
  • Pedra do sol: Como o próprio nome sugere, é amarelo, mas também pode ser rosa, laranja, vermelho ou não ter cor. Sua característica mais relevante é o efeito visual da luz, causado por incrustações metálicas no material. É nos Estados Unidos, Madagascar e Índia. É creditado com o poder de guiar seu portador no caminho certo.

Benefícios da Pedra da Lua

Embora o uso de pedras como proteção à saúde seja quase antigo, elas não substituem a visita ao médico quando devida. A pedra da lua estimula o bom funcionamento da glândula pineal e nos permite manter o equilíbrio do nosso ritmo circadiano. Acredita-se que também ajuda a curar febre, dor de cabeça severa ou asma.

Também são atribuídos “poderes” para melhorar o sistema digestivo, hiperatividade, problemas de sono e depressão. Espiritualmente, diz-se que favorece o crescimento interior e facilita a conexão com o corpo.

Cuidando de uma pedra da lua

Em todas as suas variedades: arco-íris, pedra do sol ou a popular labradorita, é possível usar o vapor em suas rotinas de limpeza. Evite ultra-som em tudo.

liana trotte

Sobre Liana Trotte

Liana Trotte é uma graduada em engenharia pela Universidade Brasil, destacando-se por sua sólida formação e habilidades técnicas. Sua paixão pela resolução de problemas e inovação a conduzem a enfrentar desafios complexos com criatividade e determinação. Liana é uma profissional comprometida em aplicar seu conhecimento em busca de soluções eficazes e inovadoras. Sua formação sólida e mentalidade orientada para resultados a tornam uma adição valiosa em qualquer empreendimento que busque excelência em engenharia.