Home » Geral » Ouro

Ouro

Símbolo de riqueza, por muitos anos referência dos diferentes sistemas monetários. O ouro É um dos metais mais apreciados pelo homem. Se pararmos nas diferentes culturas da antiguidade, todas elas tiveram o ouro como uma referência formidável. Culturas que, muitas delas, nunca tiveram contato umas com as outras, tinham a mesma veneração por este metal. O ouro é um dos elementos que compõem a Tabela Periódica. Seu número atômico é 79 e integra o Grupo 11 da tabela. É considerado um metal de transição, dúctil, maleável, macio e pesado. Todos os recursos que aumentam seu valor.

Ouro

Principais características e propriedades do ouro

É sabido por todos que o ouro em estado bruto tem uma cor amarela. Dificuldades em sua extração aumentam seu valor. Uma das principais características do ouro é sua grande maleabilidade, uma onça de ouro – 31,10 gramas – pode ser moldada para obter uma folha de 28 mdois.

Este metal é inalterado pela ação da maioria dos agentes químicos. O mesmo acontece na presença de ar, umidade e calor. tem um alto ponto de fusão, 1064 °Cisto é 1337,33 K. Enquanto seu ponto de ebulição – passagem do estado líquido para o gasoso – é 2856°C. Todos esses valores e sua grande resistência a agentes corrosivos fizeram dele o metal por excelência para fazer joias e moedas de cunhagem.

O ouro é, por outro lado, um grande condutor de eletricidade e calor, razão pela qual outro uso atribuído a ele é em componentes eletrônicos de precisão.

A formação do ouro

Como o ouro veio a ser formado na terra é uma questão de estudo até hoje. Existem várias teorias que apontam para direções diferentes, a verdade é que esta incerteza sobre a sua origem levou a tentativas durante séculos de replicar as condições para o surgimento do ouro, de forma a obtê-lo artificialmente. Em suas origens, a alquimia pretendia “fazer ouro”.

O ouro

Para alguns, o ouro é um produto das condições extremas no núcleo de uma supernova no momento do colapso. Ao final da reação nuclear que levou ao referido colapso, as camadas superiores da estrela caíram sobre o núcleo, aquecendo a matéria até produzir a fusão que deu origem a vários metais como o urânio e o ouro.

Outras teorias referem-se à origem do ouro encontrado na colisão de estrelas de nêutrons. Há também quem afirme que o ouro é produto de uma formação a partir de gases e líquidos que se elevam da estrutura interna da Terra, através de falhas na crosta.

Como o ouro é extraído?

As diferentes técnicas de extração de ouro das jazidas dependerão das condições geográficas e geológicas em que se encontra. A tecnologia utilizada também será de vital importância.

Desde a Idade Média, uma das técnicas mais utilizadas era a amalgamação. Os fragmentos de rocha foram lavados para descartar o material residual, daquelas rochas que continham ouro. Depois, nas usinas, essas rochas eram convertidas em um grão que era colocado em recipientes especiais. Por ter um peso específico maior, o ouro é depositado na parte inferior. Posteriormente, é adicionado mercúrio que se liga ao ouro formando um amálgama. Tudo isso é colocado em peles de camurça e por ação manual ou mecânica é drenado, para que o mercúrio líquido passe pelos poros da camurça, deixando o ouro dentro.

Ouro Características, propriedades físicas, formação, como é obtido, uso

Outro método é o de cianetação. Por meio de óleos, os metais menos densos são levados a flutuar, aos quais se adiciona cianeto de sódio. Assim, obtém-se um composto de cianeto e ouro, que é então separado por uma nova reação química. Este método permite um nível de exploração de 90% do ouro existente.

Aplicações de ouro

Do total de metal obtido, 50% é destinado à joalheria, depois 40% é destinado a reservas e investimentos e os 10% restantes são para uso industrial.

O ouro chamado 24K é o mais puro, é o usado para reservas. Lingotes feitos de ouro puro eram e são usados ​​para valorizar a riqueza de uma nação. Por muitos anos, o Gold Standard foi usado para avaliar a moeda.

Para joias, é utilizado um ouro mais endurecido, conhecido como ouro 18 K, este é um metal que possui 18 partes de ouro e 6 de outros metais como cobre ou prata. O ouro 14 K também é usado – 10 partes de ouro e 14 de outros metais – mais duro e mais ideal para trabalhar.

liana trotte

Sobre Liana Trotte

Liana Trotte é uma graduada em engenharia pela Universidade Brasil, destacando-se por sua sólida formação e habilidades técnicas. Sua paixão pela resolução de problemas e inovação a conduzem a enfrentar desafios complexos com criatividade e determinação. Liana é uma profissional comprometida em aplicar seu conhecimento em busca de soluções eficazes e inovadoras. Sua formação sólida e mentalidade orientada para resultados a tornam uma adição valiosa em qualquer empreendimento que busque excelência em engenharia.