Home » Macarons » Por que os Macarons são tão difíceis de fazer? (Explicado!!)

Por que os Macarons são tão difíceis de fazer? (Explicado!!)

Os macarons são feitos de uma combinação de farinha de amêndoa, açúcar, claras de ovo e corante alimentar. Os macarons são geralmente difíceis de fazer porque leva muito tempo, paciência e habilidade, mas o resultado vale a pena.

A chave para um macarrão perfeito é ter uma boa receita de macarrão e segui-la de perto. Uma vez familiarizado com o básico, você pode começar a experimentar com sabores e cores diferentes.

Aqui, explicamos porque os macarons são tão difíceis de fazer e algumas dicas para fazer macarons perfeitos.

Por que os Macarons são tão difíceis de fazer

Os macarons são uma daquelas sobremesas que parecem tão simples, mas que muitas vezes são incrivelmente desafiadoras de se fazer. Por que eles são tão difíceis de fazer?

A resposta está nos ingredientes e na técnica. Os macarons são feitos de uma mistura de açúcar, claras de ovo e farinha de amêndoa, que são batidas juntas até formar picos rígidos.

Em seguida, a mistura é espalhada em montes em uma assadeira e assada até que as cascas rachem e tornem um marrom brilhante.

Vamos dar uma olhada porque os macarrões são tão difíceis de fazer.

Medição de Ingredientes

Os macarrões franceses são difíceis de fazer porque os ingredientes precisam ser medidos com muita precisão para se obter um resultado perfeito. Demasiado açúcar, por exemplo, tornará os macarons excessivamente doces e mastigáveis. Muito pouco açúcar os tornará secos e esfarelados.

O mesmo se aplica a outros ingredientes, demasiada farinha de amêndoa tornará os macarrões densos e pesados, enquanto muito pouco os tornará leves e desintegrados. Medindo corretamente, você pode garantir que seus macarons funcionem sempre perfeitamente.

Técnica de tubulação

Os macarons são considerados difíceis de fazer porque requerem habilidades de tubulação. Se você aplicar pressão incoerente enquanto estiver tubulando os macarons, é provável que eles saiam irregulares ou rachados. Isto porque os biscoitos precisam ser encanados com uma quantidade consistente de pressão para obter a forma e a textura desejadas.

O erro mais comum que as pessoas cometem é encanar a massa que é muito grossa ou muito fina. Se ela for muito grossa, os macarrões não se espalharão o suficiente no forno e serão pesados e mastigados. Se for muito fina, os macarons não segurarão sua forma e se quebrarão.

Temperatura do forno

A temperatura do forno necessária para fazer macarrão francês depende do tamanho e do modelo do forno. Cada receita de macarrão mostra diferentes temperaturas de forno para assar macarrão. É por isso que fazer macarons é considerado difícil.

Enquanto normalmente a temperatura do forno precisa estar em torno de 300 graus Fahrenheit. Quando a temperatura estiver muito baixa, os macarons não subirão e serão densos. Quando a temperatura estiver muito alta, os macarons se acastanharão muito rapidamente e estarão secos.

Consistência do preenchimento

Os macarons também são difíceis de fazer por causa da consistência de seu enchimento. Se a consistência do recheio não for mantida durante a confecção dos macarons, os biscoitos resultantes serão densos e difíceis de comer.

O recheio deve ter a consistência correta para criar um macarrão com a forma e o sabor adequados. Se o recheio for muito grosso, ele não se espalhará corretamente e não será capaz de manter a forma correta. Se o recheio for muito fino, ele ficará sem macarrão e será difícil de comer.

Umidade

Muitas vezes é difícil fazer macarrão em condições de alta umidade porque a massa se torna muito pegajosa e não forma uma superfície lisa. Isto pode fazer com que as conchas dos macarrões rachem ou sejam resistentes à forma.

Além disso, a alta umidade também pode levar à formação de mofo e bactérias. Certifique-se de armazenar os macarrões em um recipiente hermético ou em um saco selado. Isto evitará que o ar úmido entre em contato com seus macarons e os seque.

O que é um Macaron “perfeito”?

Não há uma resposta para o que é um macarrão “perfeito”, pois cada um tem seu próprio gosto e preferências. No entanto, algumas características-chave que muitas pessoas procuram em um macarrão são:

Exterior crocante e interior macio

Um exterior crocante e um interior macio são dois dos aspectos mais importantes de um macarrão perfeito. O exterior crocante dá ao macarrão francês sua textura crocante com sua assinatura. Enquanto o interior macio permite uma mastigação fácil. Ambos os aspectos são igualmente importantes para melhorar a experiência alimentar geral.

Forma redonda

Os macarrões de forma redonda são sempre considerados perfeitos devido à forma como são feitos. Eles são feitos usando um saco de tubulação com bocal redondo, o que significa que se seus macarons não são redondos, você não seguiu de perto a receita do macaron. A forma redonda também proporciona mais superfície para recheios e coberturas saborosas.

Elevação adequada

Macarrões devidamente ressuscitados são sempre preferidos pelas pessoas porque sabem melhor e são menos secos e mais saborosos. Para garantir que seus macarons saiam bem levantados do forno, defina a temperatura correta do forno, asse por apenas 15-20 minutose deixar os macarrões esfriarem completamente antes de retirá-los da assadeira.

Quantidade certa de enchimento

A quantidade certa de enchimento é um aspecto importante da criação de um macarrão perfeito. O recheio dá aos macarrões sua textura e sabor desejados. Lembre-se de encher os macarons até atingir as bordas das conchas dos macarons e depois parar. O enchimento excessivo da casca do macarrão pode resultar em uma sobremesa mais difícil de mastigar e de comer.

Dicas para fazer Macarons perfeitos

Siga estas dicas para criar macarrões perfeitos num piscar de olhos:

Misture todos os ingredientes de forma adequada

Certifique-se de que todos os ingredientes secos estejam totalmente combinados antes de adicionar quaisquer líquidos. Isto assegurará que a mistura não esteja muito úmida ou seca e resultará em uma massa consistente de macarrão. Além disso, certifique-se de que todos os ingredientes estejam à temperatura ambiente antes de começar, isto tornará o processo de mistura mais fácil e não criará grumos.

Adicionar pasta de cor de alimentos

A pasta de corante alimentar é uma ótima maneira de adicionar cor aos macarrões franceses sem utilizar nenhum líquido. A adição de líquidos de corantes alimentares enquanto se faz macarrões pode mudar significativamente sua textura. Isto porque a adição de líquido altera a consistência da massa, fazendo com que ela seja mais flexível, o que resulta na entrega de sua textura.

Como exibir Macarons em casa (8 maneiras lindas)

Use saco de tubulação com bocal redondo

O saco de tubulação com bico redondo facilita a canalização de círculos na chapa de cozimento. Este tipo de saco permite canalizar a massa de forma mais uniforme e consistente, o que, em última análise, leva a macarrões mais bonitos e mais saborosos. Ele também evita a formação de bolhas de ar enquanto você está assando.

Use esteira de silicone

Ao contrário dos métodos tradicionais de lubrificação, as esteiras de silicone não requerem óleos ou outros líquidos e não deixam um resíduo pegajoso em suas conchas de macarrão francês. Também evita que os biscoitos grudem na frigideira e criem uma bagunça que o torna um item essencial ao fazer macarrão.

Deixá-los esfriar antes de removê-los

A remoção dos macarrões da assadeira pode ser difícil se eles ainda estiverem quentes. Os macarons são delicados e quebram-se facilmente se não forem manuseados corretamente. Deixar os macarons esfriarem completamente antes de retirá-los da assadeira faz com que sejam menos propensos a quebrar e rachar. Recomenda-se resfriar os macarons por pelo menos 15 minutos para evitar qualquer acidente.

Conclusão

Em conclusão, os macarrões são bastante difíceis de fazer devido às complexas etapas envolvidas em sua cozedura. Entretanto, com um pouco de paciência e prática, qualquer um pode criar estes deliciosos macarons. Basta lembrar de seguir as dicas acima e você está pronto para ir!

michele ana marques

Sobre Michele Ana Marques

Michele Ana Marques é uma cozinheira especialista com uma formação de elite em confeitaria e culinária, adquirida em prestigiadas instituições francesas. Sua paixão pela gastronomia e habilidades excepcionais a destacam como uma criadora culinária excepcional. Com conhecimentos aprofundados na arte da culinária francesa, Michele combina a sofisticação europeia com a criatividade em suas criações culinárias. Sua capacidade de cativar os paladares com sabores refinados e apresentações impecáveis faz dela uma referência no mundo da alta gastronomia, tornando qualquer refeição uma experiência memorável.