Home » Meio Ambiente » Áreas de biologia: [15 Tipos + Descrição + Imagens]

Áreas de biologia: [15 Tipos + Descrição + Imagens]

Começo ” Áreas de biologia
A biologia é uma ciência fascinante em constante evolução que estuda exaustivamente os seres vivos e, portanto, está sempre se diversificando.

Por isso, conta atualmente com cerca de 15 disciplinas bem definidas que tentam decifrar todas as chaves da origem e mistérios da vida no planeta.

Quais são as disciplinas ou ramos em que a biologia é subdividida? 🙂

biologia Celular

ramos da biologia biologia celularÉ essencial entender a origem da vida para estudar a biologia celular.

Todos os seres vivos são compostos de células, desde os organismos mais primitivos ou unicelulares, até os seres humanos. Essa disciplina é especializada justamente em desvendar todos os códigos celulares que possibilitam a vida por meio de estudos de citologia, capazes de analisar o comportamento das células e suas alterações.

Para saber mais, você pode ver: Células eucarióticas e Fases da meiose e teoria endossimbiótica.

Biologia Marinha

o que é um ecossistema marinho ou aquáticoEssa disciplina é essencial para entender a origem da vida terrestre.

A Terra em sua configuração, está cheio de água, já que 71% de sua superfície é coberta dos mares, oceanos e reservatórios água doce como rios e lagos.

Um biólogo marinho é um especialista dedicado a descobrir todos os mistérios que as profundezas do mar guardam. É capaz de estudar e classificar todas as espécies marinhas e suas interações com outros seres vivos, tanto animais quanto vegetais, e os níveis de dependência em relação fatores abióticos.

Biologia molecular

No nível molecular, as células fazem uso de uma série de ferramentas que as ajudam a sobreviver e se multiplicar. Esse comportamento também é estudado pela biologia.

Por exemplo:

Por exemplo, a síntese de proteínas e outras reações do tipo metabólico são exploradas em profundidade por essa disciplina fascinante e em constante evolução.

Convidamos você a ler: Monossacarídeos e Dissacarídeos.

Fisiologia

energia básicaÉ outra disciplina altamente especializada, onde são analisados ​​todos os processos que ocorrem dentro dos órgãos, onde as células estão obviamente envolvidas.

Como se sabe, a unidade básica de todos os seres vivos é a célula. Dentro disso, obtêm-se componentes que determinam inelutavelmente todas as suas características e funções. Precisamente à medida que a estrutura de uma célula se torna mais complexa e suas funções se expandem.

Portanto, a fisiologia se preocupa em estudar funções que ocorrem em seres vivos. A fisiologia é essencial em seu estudo em todas as partes da medicina, especialmente na anatomia.

Genética

Se estudar as células é uma das chaves fundamentais para entender a origem da vida, não são menos importantes as descobertas que a ciência tem revelado sobre as valiosas informações contidas no material genético.

ramos da biologia DNAácido desoxirribonucleico ou DNA, o estudo da gemona, é uma prioridade absoluta na biologia porque as células contêm muitas informações que são transferidas de geração em geração, dos avós aos pais e filhos. Em todas as espécies de seres vivos, a informação genética é transmitida.

Biologia do desenvolvimento

Atende ao estudo aprofundado dos processos celulares que ocorrem no momento da reprodução, fertilização entre animais gerada após a união de um espermatozóide e um óvulo, processo que cria vida onde um zigoto é produzido para dar vida a um novo estar vivo.

Da mesma forma, estuda a união de organismos multicelulares e tudo relacionado à reprodução nos seres vivos. Ou seja, estuda os seres vivos desde a concepção até o momento em que nascem.

biologia reprodutiva

Quem somosNesse caso, a biologia reprodutiva estuda todos os processos inerentes à reprodução no ser humano, como ocorre o momento da concepção e por que, entre outros aspectos que explicam a forma como a raça humana se perpetua.

A biologia reprodutiva coloca a ciência a serviço da maternidade e desde os primeiros parto de fertilidade assistidono ano de 1978 na Inglaterra, são muitos os avanços registrados em favor de mais e melhores técnicas para que as mulheres possam ser mães, com o auxílio de procedimentos de fertilização artificial visando alcançar a gravidez para que ocorra o milagre da vida .

Biologia evolucionária

Cabe a este ramo científico estudar tudo relacionado à evolução e seus processos em todos os seres vivos, tanto do ponto de vista ascendente como descendente.

quais são os ramos da biologiaÉ responsável por estudar os mecanismos que geram a biodiversidade no planeta. Dessa forma, estudando as bases da evolução, os problemas de saúde presentes nos seres vivos podem ser entendidos e solucionados, pois podem ser desvendadas as origens, por exemplo, dos padrões evolutivos de agentes patogênicos ou dos genes que causam determinadas doenças.

Desta forma, as espécies são preservadas e cuidados são tomados A biodiversidade.

Botânica

É outra disciplina maravilhosa que se especializa em saber tudo, absolutamente tudo sobre o mundo das plantas, sobre todas as plantas que tornam possível a vida terrena: arbustos, árvores, flores e até fungos e outras formas microscópicas de vida que, embora não pertençam ao reino vegetalcomo algas e cianobactérias, também estão sendo estudados.

energia que transformaA Botânica também conseguiu decifrar os processos físico-químicos envolvidos na fotossíntese e quimiossíntese nesses seres autotróficos ou autônomos, pois são capazes de produzir seu próprio alimento, não dependem de outros para sobreviver e ainda contribuem oxigênio para tornar possível a vida de outros seres vivos na Terra.

Ecologia

A ecologia É uma das disciplinas mais importantes da biologia, pois é responsável por estudar e compreender todos os processos que ocorrem no meio ambiente, as interações entre os seres vivos, como eles sobrevivem em um determinado habitat e quais fatores produzem alterações ou mudanças no ambiente. os ecossistemas.

A ecologia também é essencial para encontrar respostas sobre a forma como o ser humano atua, não como mais um membro de um determinado ecossistema, mas como o principal predador e destruidor da natureza.

É por isso que pode ajudar a prever quais mudanças negativas ocorrem no meio ambiente e quais espécies de plantas e animais são afetadas, em perigo ou extinto.

Microbiologia

É a disciplina responsável por descobrir como é a vida de micro-organismos minúsculos e invisíveis que, embora estejam em toda parte, não são perceptíveis ao olho humano.

A microbiologia é responsável por estudar organismos unicelulares, como arqueobactérias, protozoáriosbactérias.

Dedica-se a classificar, descrever e analisar todas as formas de vida microscópicas. No caso específico dos microrganismos patogênicos, a microbiologia estuda como eles são capazes de produzir infecções, de onde se originam e quais são os mecanismos ideais para destruí-los.

Um microbiologista estuda agregados de células eucarióticas e procarióticas, fungos, vírus, todas as células e baterias de elementos microscópicos.

Possui vários ramos, como infectologia, parasitologia, virologia ou estudo de vírus e micologia, responsáveis ​​por estudar tudo sobre fungos.

Zoologia

a extinçãoÉ outro ramo fundamental da biologia especializado em estudar todos os processos relacionados aos animais e suas interações nos ecossistemas, sua maneira de se comportar e se adaptar a um determinado habitat.

Um zoólogo é responsável por estudar a taxonomia biológica de todas as espécies animais, vivas ou extintas.

A zoologia estuda tudo, desde insetos e outros pequenos animais até as imponentes e grandiosas girafas. Eles abrangem toda a vida animal conhecida na Terra.

Existem várias disciplinas associadas à zoologia, como a zoogeografia, responsáveis ​​por estudar e explicar os processos de inter-relação dos animais com os animais e como eles se comportam em um determinado habitat.

Você sabia que…?

Existe outra derivação da zoologia: a paleontologia, responsável pelo estudo e preservação de fósseis de animais.

Convidamos você a ler: Fossa animal.

biologia de sistemas

Parques nacionaisEste ramo da biologia faz uso dos recursos disponíveis na ciência da computação para representar as relações e interações que ocorrem na natureza, por meio de modelos computacionais muito úteis.

Sistemas matemáticos são usados ​​para estudar processos biológicos onde ocorrem interações internas e externas, com uma visão global ou holística que permite uma compreensão abrangente dos sistemas biológicos.

Na Biologia, por muito tempo o método científico convencional ou clássico estudou essas interações através da formulação de uma hipótese que precisava ser refutada ou confirmada. Mas a biologia sistêmica ou sistêmica utiliza a modelagem matemática dos objetos de estudo, a fim de obter uma série de predições associadas do estado do processo biológico.

Bioquímica

energia de ligaçãoUm especialista neste ramo científico estuda todos os processos de origem química que ocorrem nos seres vivos, com ou sem interações. Embora responda mais à química per se, considera-se essencial compreender muitos dos processos químicos que ocorrem na natureza.

Biotecnologia

É outra ciência onde a biologia e a microbiologia se unem para que os organismos possam ser explorados do ponto de vista industrial em aplicações relacionadas à agricultura ou, mais precisamente, à biotecnologia agrícola para obtenção de transgênicos e organismos geneticamente modificados, bem como na indústria farmacêutica e remédio.

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.