Home » Meio Ambiente » Áreas verdes: o que são? Por que é importante investir nesses espaços?

Áreas verdes: o que são? Por que é importante investir nesses espaços?

O que são áreas verdes?

Uma das recomendações mais sensatas de Organização Mundial da Saúdeestá associada à necessidade de cerca de 9 metros quadrados de áreas verdes para cada habitante.

No entanto, nada está mais longe da realidade do que isso, embora nos últimos tempos a inclemência da os efeitos das mudanças climáticas começou a gerar maior consciência da necessidade para preservar e multiplicar os espaços verdes do planeta.

Por definição, uma área verde é um terreno caracterizado pela presença significativa de vegetação variada. Portanto, a selva, uma floresta, um parque, um jardim, são áreas verdes que, embora possam abrigar ecossistemas conectados ou separados, merecem o maior cuidado, pois são a melhor arma contra o aquecimento global.

ETALFA_Áreas VerdesExistem áreas verdes que se desenvolvem graças à magia única da natureza. Outros são criados pelo ser humano em seu desejo de obter o bem-estar, apesar de ser ao mesmo tempo o pior dos predadores ambientais que existem na face a terra.

Por isso a luta em defesa da conservação das áreas verdes da terra não é qualquer coisa. É um ato de sobrevivência humana, em favor de todos os seres que povoam o planeta, sem nenhum exagero.

Porque eles são importantes?

A conservação dos espaços verdes do planeta é essencial para melhorar qualidade do ar que nós respiramos

As reservas naturais do planeta funcionam como pulmões perfeitos que renovam o ar doente, poluído pelas indesejadas emissões de gases de efeito estufa que ameaçam a saúde das pessoas e de todos os seres vivos em geral.

O aquecimento global avança em seu ritmo destrutivo, por causa da industrialização irresponsável em muitos casos, onde são despejados gases tóxicos para a atmosfera, para os pisos S as águas da terra.

No caso das cidades, muitas desmoronadas por massas de concreto, parques ou espaços verdes tornam-se verdadeiros oásis que Eles conectam as pessoas com as recompensas da natureza.

Você sabia que…

Na Inglaterra, a Universidade de Exeter fez um estudo interessante onde foi estabelecido que aqueles que vivem em casas perto de áreas verdeseles sentem uma verdadeira satisfação mental que se sustenta ao longo do tempo, que pode inclusive ter precedência sobre a satisfação profissional ou os incentivos econômicos.

Também neste estudo foi determinado que as pessoas que mantêm contato com a natureza não sofrem de depressão ou ansiedade. E muito menos estresse no trabalho se o escritório tiver espaços verdes compartilhados.

Não exagere. O bem-estar físico das áreas verdes está relacionado à capacidade exclusiva das plantas de absorver o dióxido de carbono atmosférico, de liberar oxigênio no processo exclusivo de fotossíntese, permitindo a vida de todos os seres vivos do planeta.

áreas verdes e parquesEm consequência, plantas são absolutamente essenciais para combater os efeitos nocivos da poluição ambiental.

Por isso em as grandes cidades que convivem com as indústrias desenvolvidas e grande volume de tráfego automóvel, áreas verdes, parques com árvores de grande porte e plantas de várias espécies, Eles são essenciais por reduzir as emissões de gases de efeito estufa dióxido de carbono, principal causa do aquecimento global.

Por isso, é vital transformar esse veneno em oxigênio para a vidacom apoio em grandes espaços verdes como parques, praças e jardins que contribuem para restaurar o equilíbrio ecológico Perdido em cidades com muito cimento.

Outras vantagens da proliferação de áreas verdes para a vida são:

  • Melhoram a qualidade de vida dos moradores de urbanizações, bairros e cidades.
  • Ajudam a regular a temperatura e a reduzir os efeitos da a erosão.
  • Um parque onde ler um bom livro, ou descansar, é a melhor terapia gratuita contra o estresse, a depressão e a ansiedade, males típicos da modernidade.
  • Eles elevam os níveis de criatividade das pessoas, são espaços ideais para a promoção de esportes ao ar livre e são locais de lazer ideais para as crianças, com infraestruturas ideais para elas como playgrounds, fontes relaxantes e lagoas artificiais para passeios de barco.

Por que eles são especialmente importantes nas cidades?

Parque CentralEm 2001, foi publicado um estudo muito interessante na cidade de Chicago por Kuo, F.E. & Sullivanque liga o verde natural das plantas com diminuição da criminalidade nas cidades onde os edifícios são guardados por parques internos e áreas verdes em abundância.

Aparentemente, foi estabelecido que em comparação com os centros residenciais sem espaços verdesaqueles que em Chicago foram atormentados pelo verde natural tiveram uma menor incidência de crimesestimado em 48% menos crimes contra a propriedade e 56% menos crimes violentos.

A razão?

O estudo fala do efeito benéfico da cor verde, mesmo em criminosos. Porque relaxa, reduz a agressividade e dá paz.

Outro motivo que afasta os criminosos dos espaços verdes é que são centros de maior concentração de pessoas, dificultando a realização de incursões criminosas.

Zonas verdesExistem cidades em todo o mundo que são modelos de múltiplas belas áreas verdes, como O Parque do Retiro, em Madrid, Espanha, com 118 hectares para usufruto total. ou o famoso Central Park de Nova York, dos Estados Unidos, com 341 hectares de áreas verdes protegidas por arranha-céus de cimento, datados do século XIX; com lugares emblemáticos como a lagoa do reservatório, La Rambla, o Jardim Shakespeare ou o Jardim do Conservatório.

Paris, a bela cidade francesa da luz, por sua vez, tem cerca de 500 espaços verdes ao ar livre para agradar a todos os gostos.

Os mais famosos são o Jardim das Tulherias que separa o Museu do Louvre da Place de la Concorde. Ou o espetacular Jardim de Luxemburgo, com uma área de 25 hectares. O Jardim das Plantas, o Jardim da Aclimatação (localizado na floresta de Boulogne) e o Jardim Botânico são outros lugares magníficos que fazem parte do Green Paris.

O que acontece se houver falta de espaços verdes?

Áreas verdes do Parque El RetiroÉ algo negativo viver em lugares sem espaços verdes naturais, sem lugares de contato real com a natureza e seus muitos benefícios.

Não é segredo para ninguém que nas cidades anarquistas pelo barulho do tráfego de automóveis e a contaminação ambiental gerados pelos escapamentos dos motores a combustão, os níveis de agressividade e a proliferação do comportamento criminoso, são maiores se também não houver espaços verdes de convivência cidadã, onde haja desigualdade na distribuição dessas zonas de paz.

Daí a necessidade de multiplicar os espaços verdes das grandes cidades, cuja paisagem deve continuar mudando de cor para o bem comum.

Como podemos manter essas áreas verdes?

Parques e áreas verdesNada melhor do que a natureza viva para melhor defendê-la. O uso e usufruto contínuo em família destes espaços que nos conectam com energias de bem-estar e nos fazem respirar ar puro, são a melhor forma de entender porque é necessário protegê-los da poluição.

Mantê-los limpos, livres de lixo, é uma maneira simples de protegê-los.

Mas se quisermos ir mais longe, a criação e participação ativa em Brigadas de Proteção de Parques Públicos e outros espaços verdes, ou a cooperação direta no trabalho realizado por organizações ambientalistas, também são formas diretas de preservação do meio ambiente.

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.