Home » Meio Ambiente » Biótopos: [Conceito, Componentes, Funcionamento e Temperatura]

Biótopos: [Conceito, Componentes, Funcionamento e Temperatura]

Pontos importantes sobre os biótopos:

  • O que são eles? O biótopo, como derivado de seu significado etimológico, é a vida (ou Bio) de um lugar (ou Topo). Segundo o Dicionário Real da Língua Espanhola, o biótipo é definido como: “um território ou espaço vital cujas condições ambientais são adequadas para o desenvolvimento de uma determinada comunidade de seres vivos”.
  • Que componentes os compõem? O biótopo se refere a elementos não vivos dentro dos ecossistemas que são essenciais para que a vida dos seres vivos seja possível. Há três componentes do biótopo: meio ambiente, substrato e fatores ambientais abióticos, que não são vivos, mas afetam todas as espécies vegetais e animais vivas.
  • Como eles funcionam? Os biótopos suportam a biodiversidade de qualquer região do planeta. Portanto, se alguns dos componentes desaparecem, são degradados ou destruídos pela mão do homem, toda a biodiversidade prevalecente no local é alterada, porque um elemento fundamental para a sobrevivência foi retirado.
  • Qual é o seu domínio? Os biótopos são compostos de elementos-chave para a vida dos seres vivos, tais como o meio e o substrato. O meio é a matéria que envolve todos os seres vivos com seu manto protetor, e o substrato é um componente muito importante da origem física sobre o qual a vida da flora e da fauna de um lugar é possível.
  • Que temperatura eles podem suportar? A temperatura é fundamental para a sobrevivência dos seres vivos em um ecossistema. Muitas espécies animais não podem tolerar a vida, não podem prosperar em ambientes com temperaturas muito altas ou muito baixas.
  • Como eles são classificados? Existem vários tipos de biótopos, sendo o mais predominante o ambiente marinho. O segundo biótopo é exclusivo da superfície terrestre e da chamada zona subterrânea ou hipogeneia, por exemplo, cavernas e grutas. Mas há uma terceira: uma combinação perfeita das duas anteriores, como em regiões costeiras ou pantanosas.

O que são biótopos?

Que temperatura os biótopos podem suportar
Fuente: https://live.staticflickr.com/3872/14603916735_7783075083_b.jpg

O biótopo, como derivado do significado de origem etimológica, é a vida (ou Bio) de um lugar (ou Topo). De acordo com o Dicionário Real da Língua Espanhola, o biótipo é definido como:

“um território ou espaço de vida cujas condições ambientais são adequadas para o desenvolvimento de uma comunidade específica de seres vivos”.

Em outras palavras, o biótopo está intimamente relacionado à natureza, ao habitat onde todos os seres vivos, sem exceção, se desenvolvem.

É o ambiente físico onde todos os organismos vivem. Abrange energia, luz, vento, solo, temperatura, umidade, até mesmo pedras, tudo o que não é vivo.

Não deve ser confundido com habitat, que é o ambiente onde as espécies se desenvolvem, ou seja, no fundo de um rio, em solo úmido, entre rochas, em uma região costeira, etc.

Você sabia?

Em um ecossistema, fatores abióticos e bióticos, seres vivos, plantas e animais se inter-relacionam em constante intercâmbio com o meio ambiente para tornar o milagre da vida uma realidade.

Em resumo: animais e plantas compartilham um espaço, um determinado território e seus recursos, que são disputados pelas espécies de maneiras diferentes, com estratégias diferentes que podem colocá-los uns contra os outros até a morte, ou, pelo contrário, que os fazem trabalhar em equipe para avançar e ter acesso a benefícios como alimentos e água presentes na natureza.

Na verdade, cada espécie tem seu próprio mecanismo de sobrevivência e a forma como esses recursos são distribuídos determinará a biodiversidade predominante do local.

O biótopo se refere então a todos os elementos relacionados ao clima, água, tipos de solo, disponibilidade de recursos presentes em um determinado habitat. E a biocenose está relacionada à flora e à fauna que prevalece em um espaço ou habitat.

Portanto, pode-se concluir que o biótopo é aquele lugar, o habitat que torna possível a vida dos seres vivos, sustentada pela disponibilidade desses recursos naturais.

Se o clima, o solo e a água não são adequados, simplesmente não há condições favoráveis para que a vida se desenvolva naquele habitat. Biótopo + biocenose = ecossistema.

Quais são os componentes dos biótopos?

Que componentes estão presentes nos biótoposBiótopo refere-se a elementos não vivos dentro dos ecossistemas que são essenciais para que a vida dos seres vivos seja possível.

Na dinâmica da biodiversidade, estes componentes têm relações estreitas que são estudadas através da ecologia, através do tipo biótopo.

Por exemplo, são estudados elementos não vivos como o solo, a água, as montanhas, a atmosfera e elementos vivos ou biocenoses como animais e plantas, todos organismos. Quando estes dois tipos de fatores são combinados, existem inter-relações díspares que compõem a biosfera.

Há três elementos que compõem o biótopo: meio ambiente, substrato e fatores ambientais abióticos, que não são vivos, mas afetam todas as espécies vivas de origem vegetal e animal.

1) Ambiente

Ela consiste em ar e água, que são essenciais para todos os seres vivos.

2) Substrato

Consiste em toda a superfície sobre a qual os seres vivos se movem ou se deslocam, ou são fixos imóveis, tais como plantas. É o chamado solo ou terreno.

3) Fatores abióticos

Eles compreendem todos os elementos de origem físico-química determinados por fatores-chave como temperatura, umidade, luz natural, entre outros. Estes três elementos determinam o tipo de vida que se desenvolve em um ou outro lugar. Mas entre as mais importantes estão as mais importantes:

Luz

Que componentes estão presentes nos biótoposSem a luz do sol, as plantas não podem fotossintetizar e fornecer oxigênio a todos os seres vivos.

Nem o fitoplâncton seria produzido em ecossistemas aquáticos, igualmente vital para o equilíbrio dos ecossistemas aquáticos ou marinhos.

Água

Sem água não há vida no planeta e a síntese de nova matéria orgânica não ocorre.

Temperatura

Como os biótopos são classificadosÉ a chave para a aceleração das reações de natureza bioquímica que levam a vários benefícios.

Por exemplo: em climas com temperaturas crescentes, as plantas podem obter luz e nutrientes necessários para acelerar seu processo de crescimento.

Salinidade da água

É um fator vital para a vida dos seres aquáticos e nos corpos de água doce.

Outros elementos

O CO2 dissolvido na água e na atmosfera ajuda o funcionamento adequado dos organismos fotossintéticos, mas também o pH dos seres vivos, que geralmente é da ordem de 6-6,5.

Também estão incluídos: atmosférico e dissolvido 02 na água, o que é indispensável para os processos respiratórios celulares. E nutrientes tais como H20, C02, nitrogênio, fósforo, entre outros.

Como funcionam os biótopos?

Como funcionam os biótoposOs biótopos ajudam a manter um equilíbrio que é essencial para a vida em um determinado ecossistema.

Na natureza, nos ecossistemas, existe um equilíbrio ecológico que é essencial para a sustentabilidade da biodiversidade.

Este equilíbrio é dado pela interação permanente entre o biótopo e a biocenose. Mas também há equilíbrio entre espécies animais ou espécies vegetais e animais.

Cada espécie atinge diferentes tipos e graus de adaptação ao meio ambiente, que podem violar este equilíbrio em maior ou menor grau, dependendo das variáveis genéticas, da área de distribuição das espécies, da abundância de recursos ou não, assim como de outras variáveis ambientais presentes.

Desta forma, o equilíbrio ecológico é perturbado ou danificado em vários níveis. Por exemplo, uma espécie pode ver sua população significativamente reduzida devido a causas como: secas prolongadas, falta de nutrientes no solo, entre outras.

Os ecossistemas são geralmente analisados de forma pontual, por exemplo, analisando o ciclo hidrológico em um ecossistema aquático, ou a inter-relação permanente de biocenoses e biótopos em uma floresta tropical ou em uma paisagem de montanha.

Os biótopos suportam a biodiversidade de qualquer região do planeta. É por isso que se alguns dos componentes desaparecem, são degradados ou destruídos pela mão do homem, toda a biodiversidade prevalecente no local é alterada, porque um elemento fundamental para a sobrevivência foi tirado dela.

O desmatamento, por exemplo, afeta todo o ecossistema de florestas tropicais e subtropicais quando prevalecem os interesses econômicos humanos e regiões inteiras são cortadas, causando a morte ou a migração de milhares de espécies animais e vegetais.

O que é o domínio dos biótopos?

Os biótopos são compostos de vários elementos-chave para a vida dos seres vivos. Assim fizemos:

O meio ambiente

É o assunto que envolve todos os seres vivos com seu manto protetor.

O substrato

O que é o domínio dos biótopos?Este é um componente muito importante da origem física, pois é nele que se torna possível a vida da flora e da fauna de um lugar, uma vez que obtêm substratos vitais para subsistir.

É composto de: água, temperatura, radiação solar. É por isso que existem biótopos terrestres, aquáticos e amazônicos.

Que temperatura suportam os biótopos?

O que são biótoposA temperatura ambiental é essencial para a sobrevivência dos seres vivos em um ecossistema.

Muitas espécies animais não conseguem sobreviver, não conseguem prosperar em ambientes com temperaturas muito altas ou muito baixas.

É o caso, por exemplo, da morte de grandes áreas de recifes de coral afetados pela mudança climática, que elevou a temperatura global do planeta e dos oceanos.

Outro exemplo típico é quando a temperatura de uma floresta sobe devido a práticas prejudiciais como o desmatamento, com o homem cortando e queimando os solos para fins econômicos.

A população animal é deixada nua, sem condições ideais de umidade, luz e alimento, portanto, ela perece ou migra se conseguir sobreviver ao efeito devastador do fogo.

Da mesma forma, o derretimento do gelo é outra conseqüência da mudança climática e do aquecimento global, resultando na morte de espécies que vivem nas áreas congeladas do planeta.

Como são classificados os biótopos?

Que componentes estão presentes nos biótopos?Existem diferentes tipos de biótopos. O mais predominante é o ambiente marinho. O segundo biótopo é exclusivo da superfície terrestre e da chamada zona subterrânea ou hipogeneia.

Exemplo: cavernas e grutas. Mas há uma terceira: é uma combinação perfeita das duas anteriores, como em regiões costeiras ou pantanosas.

  1. Biótopo aquático: é condicionado pelo ambiente marinho, pelos mares e oceanos que cobrem a maior parte do planeta, mas também inclui corpos de água doce, tais como rios e lagos, entre outros.
  2. Biótopo terrestre: a superfície terrestre a determina, compreendendo pastagens, montanhas, desertos, savanas e savanas
  3. Biótopo misto: surge da combinação dos dois anteriores.

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.