Home » Meio Ambiente » Clima semiárido: [Características, Flora, Fauna e Adaptabilidade]

Clima semiárido: [Características, Flora, Fauna e Adaptabilidade]

Divulgue para seus amigos e seguidores!

Pontos importantes sobre o clima semiárido:

  • O que é? O semiárido é um dos climas secos com maior presença em todos os continentes, exceto na região da Antártida. Os estudiosos consideram um clima de transição entre a savana e o deserto.
  • Onde está localizada? As regiões semiáridas com os biomas mais conhecidos do planeta estão localizadas na província de La Pampa, na Argentina, no sul da América, bem como no deserto de Chihuahua, entre o México e os Estados Unidos, e no sertão nordestino brasileiro. .
  • Como é a flora? A vegetação mais predominante nestas paisagens é do tipo xerófita, com abundantes cactos e plantas espinhosas. Há também a presença de arbustos em algumas dessas paisagens. O matagal Xeric predomina.
  • Como é a vida selvagem? Há cobras e lagartos, mas também besouros podem ser vistos furtivamente. Existem muitas formigas do gênero Cataglyphis, bem como escorpiões e escorpiões. Entre os mamíferos, destacam-se as raposas e os camundongos. Da mesma forma, você pode ver aves carniceiras e abutres.
  • Quanto tempo dura o dia e a noite? Em geral, são regiões sazonais, com a presença das 4 estações, onde no inverno as noites são mais longas que os dias, o contrário ocorre no verão.
  • Os seres humanos podem viver neste clima? Existem muitas cidades artificiais em regiões semiáridas quentes, as mais amigáveis ​​dessa gama de subclimas do clima seco. Algumas das mais importantes são Cartagena das Índias, Santa Marta, Maracaibo, Múrcia e Windhoek.

O que é clima semiárido?

O que é clima semiáridoTípico de regiões próximas a desertos, o semiárido é um dos climas secos com maior presença em todos os continentes, exceto na região da Antártida.

Neste tipo de clima, a precipitação anual situa-se em níveis de 500-800 mm. Os estudiosos consideram um clima de transição entre a savana e o deserto.

Onde se localiza geograficamente o clima semiárido?

clima semi-áridoEstá presente em latitudes que variam de tropical, subtropical a temperada. As regiões semiáridas com os biomas mais conhecidos do planeta estão localizadas na província de La Pampa, na Argentina, no sul da América.

Assim como no deserto de Chihuahua, entre o México e os Estados Unidos, e no sertão do Nordeste brasileiro. É o clima típico da região amazônica tropical, da costa do Pacífico e das bacias do Magdalena e do Catatumbo.

Está presente no Lago Maracaibo, nas terras altas andinas do Peru e na Bolívia, nas planícies orientais. Destacam-se também o Outback da Austrália, as estepes do Cazaquistão, a vegetação mediterrânea do sudeste da Espanha, junto com o Vale do Ebro, entre outros.

Quais são as características do clima semiárido?

Quais são as características do clima semiárido?Temperaturas acima de 27ºC são apresentadas. Uma das características desse subtipo de clima seco na franja tropical e subtropical do planeta são as temperaturas que se elevam durante o dia.

com baixa umidade relativa. De fato, as precipitações são escassas, variam entre 350 a 400 mm e costumam aparecer apenas durante o inverno, brevemente.

Koppen, por exemplo, considera em sua classificação climática que existem variantes semiáridas fundamentais: semiárido quente, tropical semiárido ou tropical seco, monção tropical seco, equatorial seco tropical. O clima havaiano é um tropical seco que merece um capítulo à parte.

Na enciclopédia virtual Wikipedia, esses tipos de subclimas estão muito bem resumidos:

quente semi-árido

quente semi-áridoO subtipo semiárido quente atinge temperaturas médias anuais superiores a 18ºC, com curta estação chuvosa, que às vezes pode ser intensa.

Seu comportamento também está relacionado a uma altitude média, mas também graças a sistemas montanhosos próximos que exercem pressão.

Tem sido diminuída devido à intervenção excessiva do ser humano para aproveitar os seus recursos naturais, o que tem causado maior desertificação e aumento da secura ambiental.

As outras variantes climáticas secas são:

tropical seco

tropical secoTambém conhecido como semiárido tropical, é muito dominante nas regiões tipicamente tropicais e subtropicais do planeta, com temperaturas que ultrapassam facilmente os 24ºC.

Há uma seca, ou longa estação seca que dura mais do que em outras regiões da Terra.

Este subtipo de clima é geralmente focado entre um clima tropical árido e o clima tropical de savana, com umidade muito maior. Daí surgem três outros subtipos, igualmente presentes em áreas tropicais.

monção seca tropical

monção seca tropicalÉ um clima com estação chuvosa que prevalece no verão e estação seca, com marcada influência das monções.

O que significa que está sujeito aos rigores do chamado cinturão de chuvas tropicais.

Que se desloca para o hemisfério norte durante o chamado verão boreal e durante o verão austral se desloca para o sul da Terra.

É um clima bastante quente, com temperaturas médias estimadas entre 24-30ºC. A precipitação atinge um intervalo entre 300-800mm. Possui uma vegetação típica da savana arborizada, com a presença de um inverno seco de longa duração.

Que flora predomina no clima semiárido?

Que flora predomina no clima semiáridoA vegetação mais predominante nestas paisagens é do tipo xerófita, com abundantes cactos e plantas espinhosas.

Como chove tão pouco, então a vegetação não pode se desenvolver totalmente, mas como pastagens. Semi-desertos de pastagens são formados na savana e estepe.

Há também a presença de arbustos em algumas dessas paisagens. O matagal Xeric predomina.

Que fauna predomina no clima semiárido?

Que fauna predomina no clima semiáridoNos climas semiáridos semidesérticos tem uma fauna pouco variada, como acontece com a flora. Há cobras e lagartos, mas também besouros podem ser vistos furtivamente.

Existem muitas formigas do gênero Cataglyphis, bem como escorpiões e escorpiões. Entre os mamíferos, destacam-se as raposas e os camundongos. Mas há também a presença de aves carniceiras e abutres.

Quanto tempo dura o dia e a noite no clima semiárido?

Quanto tempo dura o dia e a noite no clima semiáridoEm geral, são regiões sazonais, com a presença das 4 estações, onde no inverno as noites são mais longas que os dias, o contrário ocorre no verão.

Exceto na região amazônica, onde há climas semiáridos com variações, pois há apenas uma estação chuvosa e uma estação seca mais longa.

Com temperaturas altas e dias e noites cada vez menos uniformes em duração.

Os humanos podem viver no clima semi-árido?

Os humanos podem viver no clima semi-árido?O ser humano se adaptou muito bem ao mosaico de climas existentes no planeta.

Tal como acontece com as espécies vegetais e animais, conseguiu ocupar territórios onde a maioria dos climas e suas variantes persistem, exceto nas regiões geladas ou congeladas da Terra.

São muitas as cidades construídas pela mão do homem em regiões semiáridas quentes, as mais amigáveis ​​dessa gama de subclimas do clima seco. Alguns dos mais importantes são os seguintes:

Cartagena das Índias, Santa Marta, Maracaibo, Múrcia e Windhoek são expressões vivas da tolerância humana aos climas semiáridos quentes. Eles também têm este clima semi-árido quente: Benidorm, Santa Cruz de Tenerife, Barcelona (da Venezuela) e Puerto La Cruz, Dakar, Orihuela, Marrakech, entre outros.

Da mesma forma, o ser humano soube aproveitar os benefícios do clima semiárido temperado-frio em cidades como Monterrey, El Alto, San Diego, Ovalle, Tennant Creek e Santa Rosa, Bogotá, Ayacucho, Guabal, Tennant Creek, entre outros. do mundo


Divulgue para seus amigos e seguidores!
sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.