Home » Meio Ambiente » Flora e Fauna dos Manguezais: [Características, Contribuições e Variedade]

Flora e Fauna dos Manguezais: [Características, Contribuições e Variedade]

Começo ” Flora e Fauna do Mangue

O que caracteriza a flora e a fauna dos manguezais?

A flora e fauna dos manguezais é muito particular. As árvores de mangue caracterizam-se por serem plantas plantas lenhosas que emergem de um emaranhado de raízes encistadas em um atoleiro, e estão localizadas na foz dos rios, por isso recebem água doce.

O que caracteriza a flora e a fauna dos manguezais?O bioma manguezal tem a característica de as árvores apresentarem parte do tronco e raízes sob água salgada. Seu clima É deserto com uma temperatura média de 20°C.

O manguezais estão em águas calmas, em enseadas e baías costeiras, em zonas tropicais e subtropicais.

O que define a árvore do mangue são as raízes retorcidas, emaranhadas, e sua definição vem do dialeto dos índios Carib, Arawak ou Guarani que definem o mangue como uma árvore retorcida.

É uma árvore de solo lamacento ao qual se adapta muito bem, o que serve para gerar trabalho para os habitantes das regiões próximas aos manguezais, ao mesmo tempo em que é um atrativo especial para turistas e curiosos.

⭐️ Para saber mais:

Qual é a contribuição da flora e da fauna dos manguezais?

Entre os benefícios proporcionados pelos manguezais estão:

  1. Madeira forte que é utilizada na construção de barcos, casas, telhados e na produção de pasta de papel. As folhas das árvores costumam servir de telhado para as casas construídas com a madeira das árvores.
  2. Nos manguezais podemos encontrar uma rica variedade de aves, e de suas águas são extraídos peixes de diferentes espécies, que são criados em lagoas artificiais; crustáceos (caranguejos, camarões, camarões) e moluscos (ostras e caracóis).
  3. As terras de mangue são usadas para pecuária e plantio, mas há o inconveniente de inundações de água salgada e poluição produzidos pelo uso de produtos químicos e fertilizantes que são prejudiciais ao ecossistema.
  4. O mangue é usado como lenha para aquecer as casas e o mangue vermelho tem a virtude de poder ser convertido em carvão devido às resinas que contém, que facilitam a combustão.
  5. Os manguezais proporcionam múltiplos benefícios ambientais, especialmente nas áreas rurais. Eles exportam organismos vivos de origem animal e vegetal e produzem nutrientes a partir de matéria orgânica.
  6. segure o biodiversidade e são uma fonte de reprodução de animais em perigo de extinção.

A exploração de manguezais é industrial quando é realizada por empresas dedicadas à construção de piscinas para reprodução de peixes, camarões e camarões para exportação, e artesanal quando é realizada pelos moradores de áreas próximas para se abastecerem de alimentos.

Como os manguezais são classificados?

A classificação dos manguezais está associada às diferentes árvores de mangue que são: o mangue branco, o mangue vermelho, o mangue preto e o jeli ou mangue cinza. Existem 70 espécies dessas árvores definidas em quatro tipos:

especiais

Florestas pouco desenvolvidas, carentes de nutrientes e submetidas a temperaturas extremas.

Bacia

Localizado em solos estáveis, onde a água é lenta e há pouco oxigênio.

Ribeirinha

Quem acredita nas margens dos rios.

Beira

Crescem nas margens do litoral, em baías ou lagoas, e recebem a investida das ondas.

Como é a flora e a fauna dos manguezais?

vida selvagem de mangue

Como é a flora e a fauna dos manguezais?  peixes-boiA fauna dos manguezais é muito particular e representa uma importante fonte de alimento para os seres humanos.

É composto por uma variedade de animais que atraem os turistas, como o pelicano-pardo, o íbis-branco, a garça-branca e os crocodilos.

Nos manguezais também há fragatas, peixes-boi, biguás, cucos, tartarugas, lagartos, águias. Nas suas raízes, os mangais atuam como protetores de pequenas espécies, como coelhos, caranguejos, caracóis, ostras, anémonas, esponjas, lapas, mexilhões.

Da mesma forma, existem outras espécies de peixes que permanecem nesses esconderijos onde se alimentam, entre eles, tarpão, pargo, bonefish, corcovados e salmonete.

flora de mangue

Como é a flora e a fauna dos manguezais?  ÁrvoresA flora do mangue não é diversificada. Três tipos de manguezais o caracterizam: preto, vermelho e branco, com destaque para o mangue preto nos manguezais.

O mangue preto tem a característica de apresentar raízes denominadas pneumatóforos ou raízes especializadas com geotropismo negativo.

Ou seja, raízes que crescem na superfície do Água e têm a função de fornecer ar às raízes de locais pantanosos ou alagados.

Você sabia que…?

Os manguezais vermelhos são o refúgio de milhares de animais porque formam uma rede de raízes arqueadas ou de sustentação que crescem de baixo para cima do tronco até a superfície.

As plantas de mangue podem suportar cem vezes mais água salgada do que a maioria das plantas de água doce. Suas espécies derivam de mais de 20 famílias de plantas cujo único denominador comum é o ambiente salgado, viscoso e encharcado.

Outra característica da flora dos manguezais é que são excelentes sumidouros para carbono. Eles absorvem bilhões de toneladas de carbono no mundo.

Uma investigação realizada em 2015 na Indonésia determinou que os manguezais da região absorvem 6% mais carbono do que outros áreas arborizadas da região.

A ação do homem sobre a flora e a fauna dos manguezais

A ação do homem sobre a flora e a fauna dos manguezaisOs manguezais são protetores de custos, como evidenciado pelo tsunami de 2004 na Tailândia.

Momento em que as cidades escondidas por trás deste ecossistema sobreviveram à passagem devastadora das águas do mar.

No entanto, a ação predatória do homem, o desejo de riqueza e o descaso com o meio ambiente levaram ao desaparecimento de metade dos manguezais do mundo.

Um estudo estabeleceu que entre 2000 e 2012, o Sudeste Asiático perdeu cem mil hectares de manguezais devido à desmatamento para dar lugar à aquicultura e à agricultura.

Na Indonésia, a carcinicultura tem sido a principal causa do desmatamento de 44% dos manguezais daquele país.

Essas atividades suscitam o temor de que em cinquenta anos possam ter desaparecido completamente, caso não sejam tomadas medidas para evitar essas agressões desproporcionais ao ambiente do bioma manguezal.

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.