Home ¬Ľ Meio Ambiente ¬Ľ Reino Plantae: [Conceito, Exemplos e Caracter√≠sticas]

Reino Plantae: [Conceito, Exemplos e Características]

ūüĆĪ O que √© o reino Plantae?

Todos, absolutamente todos os tipos de plantas existentes no planeta, comp√Ķem o Reino Plantae, sem d√ļvida um dos mais antigos que a ci√™ncia j√° estudou (como ele monera ou os fungos) e que inclui variedades de plantas como √°rvores, arbustos, ervas daninhas, ervas, entre muitas outras formas que tamb√©m vivem no mundo aqu√°tico, como as algas.

Todos eles têm um denominador comum característico: produzem fotossíntese.

ETALFA_√Āreas VerdesNa Taxonomia, foi determinado que as plantas que comp√Ķem este reino descendem de um grupo de seres vivos chamado Promoplantae ou Achaeplastida, considerados os primeiros organismos que realizaram fotoss√≠ntese no planeta, h√° mais de 1.200 milh√Ķes de anos.

Existem √°rvores t√£o grandes e antigas como sequ√≥ias, pinheiros, roseiras, margaridas, palmeiras ou um coqueiro tropical e ex√≥tico (que produz um fruto muito saboroso ūüôā), mas na realidade s√£o muitas, milhares de milhares, as esp√©cies vegetais que transportam oxig√™nio para todos os cantos do planeta.

ūüĆĪ De quais organismos √© composto o reino Plantae?

No reino plantae existem plantas terrestres segmentadas ou divididas em dois grupos: as briófitas, sem tecido vascular, e o grupo das embriófitas, onde há um embrião protegido.

No grupo das bri√≥fitas est√£o inclu√≠das as plantas n√£o vasculares, caracterizadas por n√£o apresentarem tecido vascular ou a estrutura morfol√≥gica t√≠pica de raiz, caule e folhas. Essas plantas se reproduzem por esporos sexuais e vivem em locais muito √ļmidos.

Por exemplo:

Musgos e samambaias são o melhor exemplo desse grupo atípico.

ecologiaPor sua vez, no grupo das embri√≥fitas, divide-se em plantas vasculares, que se alimentam de mat√©ria org√Ęnica que retiram do solo.

Como eles fizeram isso?

Essas plantas possuem uma estrutura bem conhecida: raiz, caule, folhas e tecido vascular responsável pela distribuição de água e nutrientes por toda a planta.

Esse grupo também possui outra subclassificação: plantas traqueófitas, por sua vez divididas em espermatófitas e pteridófitas.

Plantas espermatófitas

Caracterizam-se por produzirem sementes e apresentarem uma flora abundante. Eles têm bandas muito conhecidas. Vamos ver quais são:

gimnospermas

São plantas de aspecto lenhoso, cujo processo de polinização é realizado com a ajuda do vento e possuem óvulos (órgão reprodutor).

Por exemplo:

Um bom exemplo dessas plantas s√£o os ciprestes e todas as variedades de pinheiros.

as angiospermas

Eles abrangem o maior e mais diversificado grupo deste reino. Têm sementes, produzem muitas flores que alegram o mundo inteiro e frutos, constituem o grupo mais diverso do reino Plantae e possuem sementes, flores e frutos.

Esse tipo de planta possui um óvulo que é coberto pelo fruto, que possui muitas sementes que ajudam a multiplicá-lo, desde que os insetos ajudem no processo de polinização.

Por exemplo:

Manzanos, um arbusto tropical de abacates ou abacates, entre muitas outras espécies que oferecem os melhores frutos à dieta de humanos e animais.

Plantas pteridófitas

Este grupo inclui plantas que não possuem sementes, mas são compostas por raízes, caules e folhas. Além disso, eles também são multicelulares e autotróficos, pois produzem seu próprio alimento.

Por exemplo:

As samambaias.

ūüĆĪ Qual recurso ele possui?

Plantae do reino do cloroplastoAs plantas do reino Plantae têm as seguintes características que as definem como tal:

organismos multicelulares

S√£o todos organismos multicelulares, pois possuem duas ou mais c√©lulas que se estruturam em cloroplastos ou tecidos e √≥rg√£os. Essas c√©lulas t√™m um n√ļcleo muito bem definido que inclui uma parede celular feita de celulose.

Eles são autótrofos

S√£o todos seres autotr√≥ficos, pois produzem seu pr√≥prio alimento com a ajuda de mat√©ria inorg√Ęnica.

E como possuem a clorofila mágica em suas células, conseguem captar a energia da luz solar, água e dióxido de carbono, que utilizam na produção da fotossíntese, vital para sua sobrevivência e a do planeta.

aeróbica

São todos aeróbicos, pois realizam um ciclo de respiração celular. Eles produzem e respiram oxigênio e expelem dióxido de carbono.

Eles n√£o podem ser movidos

Eles não podem se mover, embora façam pequenos movimentos de suas raízes e caules enquanto buscam a luz do sol.

Graças ao processo de reprodução sexuada, que ocorre com a comunhão dos gametas, as espécies se multiplicam. Embora haja também a união assexuada sem gametas, realizada com a ajuda de enxertos e a manipulação adequada de bulbos.

Eles vivem em habitats fixos

Outra característica fundamental é que precisam viver em habitats fixos, onde podem retirar nutrientes da terra e receber água.

ūüĆĪ Por que o reino Plantae √© importante na natureza?

fotossíntese reino plantaeAs plantas são essenciais para O ciclo de vida a partir de a terra. Sem eles, apenas os ecossistemas não seriam sustentáveis, pois contribuem oxigênio, essencial para o resto dos seres vivos respirarem.

O processo de fotossíntese

Eles produzem um incr√≠vel processo do tipo metab√≥lico, fotoss√≠ntese, pelo qual as plantas verdes transformam subst√Ęncias inorg√Ęnicas como di√≥xido de carbono e a √°gua em carboidratos ou subst√Ęncias org√Ęnicas, a fim de produzir oxig√™nio ap√≥s a produ√ß√£o de um processo de natureza qu√≠mica onde Energia luminosa se converte em energia qu√≠mica gra√ßas √† clorofila.

Acontece ent√£o que a energia solar ser√° convertida em energia qu√≠mica est√°vel, deixando-a em trifosfato de adenonina (ATP), mol√©cula que a planta usar√° posteriormente para sintetizar mol√©culas org√Ęnicas.

Cloroplastos e clorofila

ecossistemas florestaisA planta utiliza cloroplastos, estruturas internas polimorfas verdes graças à presença de clorofila, que por sua vez é um pigmento exclusivo das células vegetais; essencial para a fotossíntese.

Outro componente interno muito importante √© a √°rea chamada estroma, capaz de transformar o di√≥xido de carbono em mat√©ria org√Ęnica. Existem tamb√©m algumas bolsas chamadas tilac√≥ides ou lamelas, com pigmentos fotossint√©ticos ou subst√Ęncias coloridas. E, por fim, possuem prote√≠nas que ajudam a captar a energia solar.

Esse processo √ļnico garante a vida no planeta, como a conhecemos.

Pertencem à cadeia alimentar

E, além disso, as plantas também fornecem nutrientes, alimentos para a cadeia alimentar.

Como eles produzem alimentos para outros seres vivos?

Pois a fotoss√≠ntese tamb√©m produz alimentos transformando energia potencial de di√≥xido de carbono (C02) e √°gua (H20) em mol√©culas org√Ęnicas ricas em lip√≠dios, carboidratos e prote√≠nas, entre outros, que utilizam como alimento n√£o s√≥ para si mesmos, mas tamb√©m herb√≠voros e outros animais.

Caso contr√°rio, eles n√£o crescem e se desenvolvem adequadamente.

Pegada de carbono√Č por isso que √© essencial ajud√°-los a se multiplicar em todos os lugares, pois tamb√©m ajudam enormemente a reduzir os n√≠veis de di√≥xido de carbono na superf√≠cie da Terra, g√°s de efeito estufa fora de controle devido √† queima indiscriminada de combust√≠veis f√≥sseis (Petr√≥leo, g√°s e carv√£o) pr√°tica exagerada em pa√≠ses altamente industrializados, causando a mudan√ßa clim√°tica S o aquecimento global.

Al√©m disso, a vida em nosso planeta √© essencialmente preservada gra√ßas √† fotoss√≠ntese realizada pelas algas, em o ambiente aqu√°tico, e as plantas, em o ambiente terrestre, por sua capacidade de fabricar mat√©ria org√Ęnica por meio de luz e mat√©ria inorg√Ęnica.

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.