Home » Meio Ambiente » Vulcões na Itália: [Os mais famosos + Imagens]

Vulcões na Itália: [Os mais famosos + Imagens]

O território italiano converge perto da fronteira da Placa Africano-Eurasi.

Esta localização geográfica faz com que esta bela nação da Europa continental seja a de maior atividade vulcânica, a ponto de nos últimos 100 anos terem ocorrido erupções cutâneas em três famosos vulcões: Monte Etna, Monte Vesúvio e Stromboli.

Na Itália, existem três grupos principais de vulcanismo expressos em uma linha que vai do Nordeste até a parte central da península italiana, área chamada de arco vulcânico da Campânia.

Da mesma forma, há um aglomerado a nordeste da Sicília e outro grupo que faz fronteira com a ilha mediterrânea de Pantelleria.

Vamos ver quais são os vulcões ativos.

Monte etna

  • Tipo: Calmo.
  • Altura: 3.500 metros.
  • Localização: Costa Leste da Sicília.
Localizado na costa leste da Sicília, na região de Catania, o Monte Etna é o vulcão mais alto da Europa, com mais de 3.500 metros de altura. A montanha sozinha ocupa uma área total de 459 milhas quadradas e uma abertura de cerca de 30 quilômetros.

Não é incomum vê-la coberta de neve no cume, pois possui uma excelente infraestrutura para esqui e turismo de montanha. Há também visitas guiadas organizadas a partir de Catania.

O último registro de atividade vulcânica ocorreu em 2008, mas sem grandes consequências. Embora o mesmo não tenha acontecido em 2002 e muito mais atrás, em 1969, quando várias cidades próximas como Piano provençalEles foram deixados em ruínas.

Você sabia que…?

É tão famoso desde os tempos antigos que até aparece na mitologia grega, onde a montanha está localizada como o local da batalha entre o monstro Tufão e o mais famoso de todos os deuses: Zeus, que o encurralou.

A atividade vulcânica começou a ocorrer aproximadamente 500.000 anos atrás. Diodorus Siculus, um historiador grego, foi o primeiro a escrever um registro das erupções do Etna, que mais frequentemente irrompe no cume e, em menor grau, em seus flancos.

vulcões italianos monte etna

Stromboli

  • Tipo: Perigoso.
  • Altura: 3.300 metros.
  • Localização: Norte da Sicília.

O vulcão Stromboli tem sua morada entre as Ilhas Eólias 8, formando um arco vulcânico ao norte da Sicília, que teve muita atividade. Eleva-se a mais de 3.300 metros de altura e atualmente é considerado o mais ativo da península italiana.

A ilha onde se encontra foi formada no Mar Tirreno como resultado de erupções contínuas e tem uma área de cerca de 12 quilômetros quadrados.

É temido por seus famosos e prolongados vazamentos de gás e explosões com cinzas e lava.

Você sabia que…?

Possui três crateras ativas no cume ou pico, com erupções leves a moderadas de bombas vulcânicas luminosas, mas que podem durar horas.

Esta erupção é conhecida sob o nome de estromboliano.

vulcão stromboli italiano

Monte Vesúvio

  • Tipo: Perigoso.
  • Altura: 1.280 metros.
  • Localização: Golfo de Nápoles.

Localizado no Golfo de Nápoles, região da Campânia, este vulcão faz parte do arco vulcânico de mesmo nome. Tem cerca de 1.280 metros de altura e está localizado no Golfo de Nápoles.

Você sabia que…?

O Monte Vesúvio foi altamente destrutivo, pois arrasou as cidades de Pompéia e Herculano em 79 dC, bem como outros assentamentos próximos.

É por isso que é considerado um dos vulcões mais perigosos da face da a terra. Suas explosões são muito letais, ácidas e incendiárias.

A última vez que o magma do Monte Vesúvio entrou em erupção foi em 1944. Atualmente, cerca de três milhões de pessoas vivem em seu raio de influência.

Expedições às montanhas são organizadas a partir de Nápoles.

vulcão vesúvio na itália

Campi Flegrei

  • Tipo: Calmo.
  • Altura: Submarino.
  • Localização: Sudoeste da Sicília.
Em direção à região sudoeste da Sicília, persiste um impressionante campo de vulcões submarinos chamados Campi Flegrei Mar Sicilia.

Seu pico mais alto fica a cerca de 26 pés abaixo do nível do mar e também abriga o gigantesco vulcão submarino Empedocles e a Ilha Graham.

De acordo com documentos históricos, a última grande erupção deste vulcão ocorreu em 1867, a partir do respiradouro Pinne.

Esta área tem fugas de gás frequentes, com fontes termais. Existem também várias crateras que se tornaram lagos. o cheiro de enxofre é persistente e por isso é conhecido pelo nome de Solfatara de Pozzuoli.

Vulcão italiano Campi Flegrei

Vulcano

  • Tipo: Perigoso.
  • Altura: 386 metros.
  • Localização: Arquipélago Eólico.
Este vulcão também é encontrado no arquipélago das Eólias. Seu nome é devido ao deus romano do fogo, Vulcano.

Quando sua atividade era intensa, as explosões de magma eram muito violentas. Agora eles são reduzidos a vazamentos frequentes de gás e vapor.

ilha do vulcão italiano

Ísquia

  • Tipo: Calmo.
  • Altura: 789 metros.
  • Localização: Golfo de Nápoles.

Ischia é uma ilha de origem vulcânica localizada no Golfo de Nápoles, que se formou logo após uma parte importante de um vulcão submarino emergir à superfície.

Hoje em dia, esta área é muito famosa porque o turismo se desenvolveu em torno das fontes termais de forma bastante frutífera.

Os cientistas suspeitam que deve haver uma caldeira subterrânea abaixo que produz essas fontes termais muito especiais.

Esta ilha tem 40 centros vulcânicos e o Monte Epomeo.

vulcão ischia

Lipari

  • Tipo: Calmo.
  • Altura: 800 metros.
  • Localização: Ilhas Eólias.
O Lipari está localizado na maior das Ilhas Eólias, região da Sicília, de onde também se destaca em Monte Pelato.

Teve uma última grande erupção no ano 729 dC, mas sua atividade atual, embora insignificante, se expressa em constantes vazamentos de gás e áreas térmicas abundantes. É por isso que não pode ser incluído na categoria de vulcões adormecidos.

vulcão italiano lipari

Pantelleria

  • Tipo: Calmo.
  • Altura: 700 metros.
  • Localização: Ilhas Pantelleria.
No mar Mediterrâneo e cerca de 100 quilômetros ao sul da Sicília, existe uma ilha, Pantelleria, que sustenta o vulcão Foersner, um dos poucos conhecidos em toda a Itália, que se tornou ativo de forma relevante no ano de 1891, mas desde atualmente tem um grande movimento hidrotermal, não pode ser incluído na lista de vulcões inativos.

vulcão panelleria

Ilha Ferdinanda

  • Tipo: Calmo.
  • Altura: Submarino.
  • Localização: Ilhas Ferdinandea.
Outra ilha vulcânica que surgiu após uma forte erupção em 1831 é a Ilha Ferdinandea, localizada entre as ilhas de Pantelleria e Sicília. Faz parte de um vulcão submarino. Na sua primeira erupção era visível mas acabou submergindo por causa da a erosão constante.

Atualmente, está cerca de seis metros abaixo a superfície do mar.

Você sabia que…?

Os vulcões italianos inativos são: Colli Albani, Montes Ibleos, Monte Amiata, Ilha de Ustica, vulcão Roccamonfina, Colinas Euganean e Montes Vulsini.

Vídeos de vulcões italianos

sergio koifman

Sobre Sergio Koifman

Sergio Koifman é um renomado biólogo com mais de duas décadas de experiência dedicadas à pesquisa e ao entendimento dos ecossistemas naturais. Seu extenso histórico inclui estudos aprofundados sobre a biodiversidade, conservação e sustentabilidade ambiental. Ao longo de sua carreira, Sergio desempenhou um papel fundamental na preservação da vida selvagem e na promoção de práticas sustentáveis. Sua paixão e compromisso em relação à natureza o tornam uma autoridade respeitada na comunidade científica e um defensor incansável da proteção ambiental. Seu trabalho tem um impacto duradouro na preservação dos ecossistemas e na conscientização ambiental.