Home » Plantas ornamentais » Alocasia » Cuidados com a Alocasia Macrorrhiza

Cuidados com a Alocasia Macrorrhiza

Alocasia Macrorrhiza ou também conhecido como taro gigante é a planta com as folhas maiores e mais exuberantes do gênero. É perfeito para decorar qualquer espaço interior ou exterior, desde que esteja num clima quente. Aqui vamos mostrar-lhe todos os cuidados que deve ter para que cresça sem problemas.

  • Clima: Quente
  • Humidade: Alto
  • Frequência de rega: Abundante no verão e moderado no inverno
  • Frequência de fertilizantes: A cada 15 dias durante a primavera/verão

Como cuidar da Alocasia Macrorrhiza?

Clima, luz e localização

Alocasia macrorrhiza é uma planta de climas quentes, então Agradecerá muito se você mantê-lo protegido de baixas temperaturas e especialmente de geadas que não podem sobreviver. Sua temperatura ideal é entre 18 °CC e 25 °CC e pode viver sem problemas em temperaturas mais altas, desde que seja mantida com a umidade necessária.

Esta planta Ele precisa receber muita luz para se desenvolver adequadamente, mas não tolera sol direto, então em caso de plantio ao ar livre você tem que ter certeza de que ele recebe a tonalidade necessária e no caso de tê-lo dentro de casa, certifique-se de receber luz suficiente.

Solo e fertilização

Alocasia macrorrhiza prefere solos soltos, bem drenados e nutridos. Então, ao semear e transplantar é aconselhável misturar solo fértil com turfa e húmus de verme. Então durante as estações de primavera e verão é aconselhável fertilizar o solo a cada 15 dias, é melhor comprar um fertilizante orgânico, especial para este tipo de plantas.

Irrigação e umidade

Por sua natureza, Alocasia macrorrhiza precisa de umidade constante, sendo necessário manter o solo sempre úmido, mas sem inundações, você pode regar um dia sim e um dia não durante o verão e a primavera e a cada 5 dias durante o outono e inverno, tomando cuidado para que o solo não seque completamente. E para manter a umidade das folhas é recomendável pulverizá-las com água pelo menos 3 vezes por semana.

Transplante e reprodução

Devido ao grande tamanho que esta planta pode alcançar, é precisa ser transplantado a cada 2 anos para uma panela maior durante a primavera. E pode se reproduzir por sementes ou por descendentes.

Problemas que você pode ter

Folhas amarelas e perda de folhas são problemas que a Alocasia macrorrhiza pode apresentar com frequência, esses problemas estão geralmente ligados à negligência de algumas de suas necessidades básicas ou, em alguns casos, à velhice de suas folhas.

silvana occhialin

Sobre Silvana Occhialin

Silvana Occhialin é uma engenheira agrônoma graduada na Universidade Federal de Minas Gerais. Com conhecimento especializado e paixão pela agricultura, ela se destaca na promoção de práticas agrícolas sustentáveis e no aumento da produtividade. Sua formação sólida a capacita para abordar desafios complexos no setor agrícola, aplicando técnicas inovadoras e soluções eficazes. Silvana é uma defensora da segurança alimentar e da preservação ambiental, tornando-a uma profissional valorizada na busca por um futuro agrícola mais responsável e produtivo.