Home » Plantas ornamentais » Maranta » Planta Maranta ou Urubá e seus cuidados

Planta Maranta ou Urubá e seus cuidados

Divulgue para seus amigos e seguidores!

Marantas ou urubá são plantas nativas do Brasil. São ideais para interiores ou exteriores semi-sombreados e muito úmidos. Neste artigo contamos tudo sobre os cuidados com a planta maranta.

Quais são os principais cuidados da maranta?

  • Temperatura: 15- 19 °C. Mínimo 5 °C
  • Luminosidade: Alta e indireta
  • Tipo de solo: Solto
  • Irrigação: Moderado
  • Fertilizante: Líquido a cada 21 dias
  • Vaso de flores: Bom tamanho e drenagem
  • Umidade: Alto
  • Reprodução: Divisão ou corte

Onde plantar uma maranta?

As marantas são plantas nativas das florestas úmidas do Brasil, possuem rolamentos semi-rastejantes que as tornam ideais para cobrir jardins temperados, sombreados e úmidos ou colocados em panelas grandes. Não coloque a maranta diretamente ao sol para evitar que as folhas manchem ou queimem.

Que tipo de solo a maranta precisa?

Precisa de solos que permitam a passagem de água. Se você colocá-lo em uma panela, adicione uma camada de seixos ou bolas de argila ao fundo dele para melhorar a permeabilidade. Um substrato solto com serapilheira ou pedaços de casca misturados com solo e perlita é ideal para esta planta.

Curiosidades

As marantas crescem particularmente radiantes se lhes for dado um substrato ligeiramente ácido. Adicione um pouco de fertilizante de café para acidificar ligeiramente o solo.

Como regar uma maranta?

Essas plantas requerem mais umidade nas folhas do que no substrato. Regue sempre que o topo do substrato tiver secado e Sprays Com água da chuva a cada dois dias, se você estiver em tempo seco. No inverno, a frequência de rega diminui.

Como pagar uma maranta?

Fertilizante para plantas de folhas verdes é ideal. Adicione-o à água de irrigação a cada 3 semanas do início da primavera até o final do verão. Você também pode fazer seu próprio fertilizante caseiro e fungicida com folhas de urtiga para fortalecer a planta.

Quais são os principais problemas em La Maranta?

  • Folhas laminadas: As folhas enroladas na maranta durante a noite são um processo natural desta planta. Se eles se enrolam e se decompõem durante o dia, geralmente é um sinal de secura (falta de irrigação) ou temperaturas muito extremas (frio ou calor).
  • Folhas amarelas: Folhas amarelas podem ser um sinal de excesso de água no substrato, excesso de luz ou falta de nutrientes. No primeiro caso, a maranta deve ser imediatamente transplantada para um substrato seco.
  • Folhas com manchas: As manchas podem ser devidas à luz solar direta nas folhas ou falta de umidade ambiental (pontas marrons).
  • Pragas: Em casos especiais, as marantas também podem ser afetadas por pragas como o ácaro vermelho, para evitar isso tente colocar sua maranta em espaços úmidos, longe de aquecimento ou espaços com ar seco.

Curiosidades

Entre as diferentes variedades de maranta, a mais comum em casas é a maranta leuconera ou fascinator, uma planta em que é considerada fascinante graças ao impacto de suas folhas tricolores.


Divulgue para seus amigos e seguidores!
silvana occhialin

Sobre Silvana Occhialin

Silvana Occhialin é uma engenheira agrônoma graduada na Universidade Federal de Minas Gerais. Com conhecimento especializado e paixão pela agricultura, ela se destaca na promoção de práticas agrícolas sustentáveis e no aumento da produtividade. Sua formação sólida a capacita para abordar desafios complexos no setor agrícola, aplicando técnicas inovadoras e soluções eficazes. Silvana é uma defensora da segurança alimentar e da preservação ambiental, tornando-a uma profissional valorizada na busca por um futuro agrícola mais responsável e produtivo.