Home » Tecnologia » Tecnologias limpas: O que são?, exemplos e muito mais

Tecnologias Limpas: O que são? Exemplos e Muito Mais

O tecnologias limpas eles também são conhecidos como tecnologia verde e definem um conjunto de tecnologias que reduzem ou otimizam o uso de recursos naturais e, ao mesmo tempo, reduzem o efeito negativo que a tecnologia tem no planeta e seus ecossistemas.

tecnologias limpas

O que são tecnologias limpas?

Não há uma definição precisa de tecnologia limpa, ela é definida como uma ampla seleção de produtos, procedimentos e serviços que aproveitam as fontes de energia renovável para reduzir ou eliminar desperdícios e emissões e minimizar significativamente o uso de recursos naturais.

Todas as soluções de tecnologia limpa buscam impactar positivamente as mudanças climáticas antropogênicas, e é viável que soluções de tecnologia limpa sejam viáveis e tenham o potencial de se tornarem distintas. Tipos de empresas benéfico para atrair investimentos e mais desenvolvimento.

Além disso, a tecnologia que atualmente é considerada pouco rentável devido ao preço relativamente baixo do petróleo pode se tornar mais viável no futuro à medida que os preços do petróleo se tornam cada vez mais instáveis.

Portanto, as soluções de tecnologia limpa são consideradas econômicas contra uma variedade mais ampla de critérios em comparação com outros tipos de investimento em tecnologia, o mercado, bem como as previsões meteorológicas influenciam o investimento em tecnologias limpas e o custo final para a vida na terra de não fazer nada pode superar os riscos e gastos para alguns investidores e agências de financiamento.

A tecnologia limpa, ou às vezes chamada de tecnologia mais limpa, previne danos ambientais em sua fonte. Por outro lado, a tecnologia de limpeza é definida como a redução de danos ambientais por meio da modernização, modificação ou adição de medidas de redução da poluição no final do gasoduto a uma planta ou processo estabelecido.

Exemplos de tecnologias limpas

Os investidores interessados em empresas e tecnologias que economizam ambientalmente agora possuem uma ampla gama de opções para optar, desde empresas internas até carteiras variadas.

Com relação às empresas que valorizam o mercado de ações, a maioria das empresas de tecnologia limpa disponíveis para preferir estão envolvidas na produção de energia renovável, como energia solar, eólica e hidrelétrica, os investidores também podem optar por veículos de investimento variados, como a sociedade limitada que valoriza na bolsa de valores.

Outra parte importante da utilidade em relação às tecnologias limpas é o aumento dos locais de trabalho relacionados ao setor. Alguns dos tipos de cargos envolvidos em empresas de tecnologia limpa contêm operadores de painéis solares, engenheiros civis e de processos, técnicos e pessoal de processamento, além de uma ampla gama de trabalhos relacionados com a compra e venda necessárias para a configuração e manutenção de instalações de tecnologia limpa.

Há exemplos como: processamento de alimentos, produtos nutritivos sustentáveis para plantas e animais, sistemas de jardinagem interior, tecnologia do solo, processamento de alimentos e fabricação de soluções inteligentes de gotejamento.

Tipos de tecnologias limpas

O produtor pode influenciar a escolha da técnica com base em considerações econômicas e serviços ambientais e tecnologias limpas.

Setor de energia

A tecnologia limpa refere-se a produtos ou serviços que melhoram a eficiência ao mesmo tempo em que reduzem custos, insumos, consumo de energia e desperdícios e vem descrever grupos de tecnologias e indústrias emergentes, baseados em princípios de eficiência de recursos e conceitos de produção de segunda geração em indústrias básicas.

tecnologias limpas e o setor de energia

O interesse por essas tecnologias aumentou com duas tendências nas últimas duas décadas, um declínio no custo relativo das tecnologias limpas e uma compreensão crescente da ligação entre o design industrial tradicional e uma compreensão emergente do impacto humano nos sistemas terrestres.

Setor hidráulico

É especializada em tecnologias de controle de poluição para indústrias que requerem mangueiras e tubos sem contaminação para evitar inatividade dispendia ou falha no equipamento. Este setor é ideal para controlar a contagemminação da energia de seus fluidos, materializando o melhor Ideias para projetos sustentáveis, você pode ter certeza de que sua empresa escolhe as soluções de controle de poluição mais abrangentes e tecnologicamente avançadas do mundo.

Setor logístico

Existem vários métodos para reduzir as emissões globais. A adoção de tecnologias limpas, como as fontes de energia sustentáveis listadas acima, bem como a transição de veículos convencionais movidos a gasolina para veículos elétricos e biocombustíveis, são apenas algumas das formas sugeridas de controlar as emissões.

Setor de gestão de resíduos

A maioria dos produtos de consumo no mercado hoje tem muitas peças ou componentes que podem ser reciclados. Uma vez que um produto atinja sua fase de “pós-consumo”, ele deve ser classificado corretamente para garantir que ele não acabe em aterros sanitários.

Muitas vezes, na forma de produtos químicos ou materiais perigosos, resíduos tóxicos ou perigosos devem ser tratados com muito cuidado. A maioria dos governos tem planos para a redução, coleta, tratamento e regulação de resíduos tóxicos e perigosos.

A base do desenvolvimento da tecnologia limpa são os avanços em tecnologia da informação e comunicação, ciência dos materiais, nanotecnologia, semicondutores e eletrônica.

Principais áreas de tecnologia limpa

As principais áreas selecionadas da tecnologia limpa consistem em inovações que utilizam, aceleram e impulsionam a utilização de fontes renováveis de energia, além da produção de energia de outras fontes, incluindo aquecimento e efluentes. Além disso, contém tecnologias como fontes de energia de baixa emissão e tecnologia que usa fluxos de resíduos para produzir energia diretamente.

Eficiência energética

Esta classe inclui tecnologias que facilitam a economia de energia em processos nacionais e industriais, a economia de energia tem um efeito positivo no gasto energético. Também ajuda a reduzir a produção de gases de efeito estufa, exemplos incluem análise de energia, gestão de energia da empresa, avanços nos processos industriais, metodologias de fabricação pura, recuperação de calor de resíduos, plugues inteligentes e iluminação led.

Ambiente construído

O ambiente construído é naturalmente uma das principais áreas de foco, pois esse setor influencia muito o nosso cotidiano e o meio ambiente ao nosso redor. Este setor inclui tecnologia de economia de energia em casa ou local de trabalho, incluindo automação e dispositivos inteligentes, outra tecnologia é usada na fase de projeto e planejamento da criação de novas casas para reduzir os gases de efeito estufa.

A indústria da construção civil é responsável por um quarto das emissões de gases de efeito estufa em todo o mundo, o foco futuro é em edifícios mais sustentáveis e de baixo carbono.

Distribuição e armazenamento de energia

Esta categoria consiste em tecnologias que auxiliam no fornecimento de energia elétrica e dão aos consumidores nacionais, comerciais e industriais maior controle sobre como e quando sua energia é fornecida e utilizada, algumas das áreas abrangidas incluem melhorias em todos os tipos de armazenamento de energia e técnicas para aumentar ou gerenciar a eficiência da transmissão ou armazenamento de energia.

Exemplos contêm cálculo e automação de habitação de última geração, melhorias no hidreto metálico de níquel, inspeções de engenharia elétrica e marketing de energia, tecnologia de coleta de ar comprimido e volantes.

Transporte

Esta categoria inclui tecnologia inovadora que impulsiona as formas e meios de transporte, além de diminuir as consequências ambientais da indústria de transportes, a categoria é composta principalmente por uma empresa start-up que se concentra na produção de veículos, motocicletas, logística, aviação, frotas e trens.

Lida com aplicações em tecnologia móvel e de transporte que minimizam a poluição do ar, desenvolvem biocombustíveis, melhoram a eficiência do combustível e reduzem as viagens de veículos. Exemplos incluem software de gerenciamento de frotas e sistemas de hardware, sistemas de passar frio, sistemas de conversão de transmissão e projetos de combustão.

Agricultura, água e resíduos

esta classe contém aplicações que giram em torno do aprimoramento deNa Agricultura existem tecnologias que reduzem a necessidade de recursos necessários para a produção de alimentos, garantem a segurança alimentar e estimulam a cadeia de suprimentos.

Na categoria água, você encontrará tecnologias que garantem o abastecimento, distribuição e tratamento da água potável. Exemplos: monitoramento de água no local, soluções de resfriamento, osmose reversa, captação de água da chuva, controle de águas pluviais e inundações.

tecnologias de água limpa e resíduos

Tecnologias de informação e comunicação

Esta categoria abrange organizações que lidam com melhorias no design de software, hardware de computador ou o uso de aplicativos web, móveis ou sociais para reduzir os efeitos ambientais e o consumo de recursos. Exemplos: soluções de compartilhamento de carros, software de modelagem, aplicativos e serviços baseados em nuvem, software de redução de energia, aplicativos móveis e web para criar consciência ambiental.

Geração de eletricidade a partir de recursos renováveis

Muitas tecnologias usam fontes de energia sustentáveis ou otimizam o uso de energia para reduzir a dependência de combustíveis de carbono.

Energia eólica

Esse recurso sustentável é geralmente explorado na forma de grandes parques eólicos, que muitas vezes são offshore, um parque eólico domina um grande grupo de suas próprias turbinas eólicas conectadas que criam eletricidade sem produzir manifestações de gases de efeito estufa após o trabalho.

Hidrelétrico

Refere-se ao uso da força gravitacional da água caindo ou fluindo para produzir eletricidade. Uma vez construída, uma usina hidrelétrica produzirá níveis extremamente baixos de gases de efeito estufa em comparação com técnicas baseadas em combustíveis fósseis.

Energia solar

Duas técnicas são utilizadas para gerar eletricidade a partir de energia solar; sistemas de energia solar fotovoltaica ou concentrados. O primeiro usa o efeito fotovoltaico para converter diretamente a luz em uma corrente elétrica, enquanto o segundo usa lentes ou espelhos para orientar um feixe de luz diretamente em uma pequena área, este é convertido em calor que então dirige um motor de calor para criar eletricidade.

Energia geotérmica

É simplesmente o calor da própria terra. Este calor pode ser usado de forma semelhante aos raios de luz direcionados para CSPs para aquecer água para dirigir motores de calor e gerar eletricidade ou sistemas em edifícios podem capturar a energia térmica natural da Terra para espaços de calor.

Energia inteligente

Refere-se às inúmeras formas pelas quais o uso de energia pode ser otimizado com a introdução do consumo de energia conectado, distribuição automatizada de energia e fonte de energia responsiva, tudo isso possibilitado com o advento da Internet das Coisas.

Redução de energia

Abrange todas as maneiras pelas quais o uso de energia é reduzido do lado da demanda, incluindo sistemas automatizados, gestão do comportamento humano, desenvolvimento sustentável e gestão sustentável da construção.

Regulação e tecnologia limpa

Há um impulso global para adotar soluções de tecnologia limpa devido à atual emergência climática ser declarada pelos governos em todo o mundo, isso é um resultado direto de nossa dependência de combustíveis fósseis para energia desde a Revolução Industrial. Os governos estão adotando regimes regulatórios que exigem que a indústria e as pessoas reduzam seu impacto ambiental.

Para apoiar esses esquemas, estão sendo introduzidos esquemas voluntários de redução e comércio de carbono. Essa crescente pressão das comunidades e organizações globais deve resultar na adoção generalizada de tecnologias limpas agora e no futuro.

Regulação e tecnologias limpas

nelio alves

Sobre Nelio Alves

Nelio Alves é um engenheiro de sistemas de destaque na Universidade de São Paulo. Com sua mente analítica e habilidades técnicas, ele se destaca na resolução de problemas complexos. Sua paixão pela tecnologia e inovação impulsiona seu trabalho, contribuindo para avanços significativos no campo da engenharia de sistemas. Nelio é um profissional dedicado, comprometido com a excelência acadêmica e pesquisa, tornando-se uma influência valiosa no ambiente acadêmico e na busca por soluções inovadoras em sistemas complexos.