Home » Viagens » Filipinas » Paradise Beach, A Melhor Praia de Bantayan

Paradise Beach, A Melhor Praia de Bantayan

Se você nos permitir a licença, chegaremos ao ponto, a melhor praia em Bantayan é Paradise beach, disso não há dúvida, apesar do fato de que um ou outro dizem que a praia de Sugar ou a praia de Kota são melhores. Não vamos negar, ambos são lindos, mas também é verdade que esperávamos outra coisa.

Já tínhamos ouvido falar um cantinho na ilha de Bantayan pouco frequentado por turistas e moradores do qual talvez não devêssemos revelar seu nome para que permaneça assim, cuidadoso, solitário e totalmente paradisíaco … Paradise beach foi uma descoberta durante a nossa viagem para as Filipinas.

Ilha Bantayan

Os dias anteriores à nossa chegada à ilha de Bantayan haviam sido passados na vizinha Bohol, entre visitas às Colinas de Chocolate ou nadando com tartarugas em Balicasag. No entanto, essa nova ilha tinha algo simples e novo reservado para nós: contato com a população local.

Bantayan, e especialmente a cidade de Santa Fé, foi um lugar que nos conquistou poucos minutos após colocar os pés nele. Um curto passeio de triciclo do porto onde o barco nos deixou até o coração de Santa Fé era o que precisávamos para sentir que estávamos em um daqueles lugares onde a felicidade das pessoas que vivem lá fazem você querer ficar e descobrir por que eles sorriem tanto.

A ilha de Bantayan conquista por seu povo, pelo verde de suas ruas ordeiras, pelo riso de seus filhos quando saem da escola a apenas 4 passos da praia ou pelo bom ambiente em geral que se respira.

Deve ser difícil se concentrar quando você olha pela janela e vê apenas palmeiras, areia fina e águas cristalinas e intermináveis. É igualmente difícil chegar e saber que seus dias lá estão contados, então você deve aproveitá-los e absorver tudo o que puder deste lugar.

Vila de Santa Fé

As praias de Santa Fé

Bantayan é uma ilha localizada ao norte de Cebu, a uma hora de balsa do porto de Hagnaya. Uma pequena ilha turística (por enquanto) onde, além de suas praias, encontramos mais algumas atrações turísticas. Kota praia e Sugar praia são as principais praias da ilha e estão localizados na cidade de Santa Fé.

Mas sejamos honestos, as praias de Santa Fé não nos convenceram apesar de serem muito fotogênicas. Não há dúvida disso. Alguns nos disseram que a praia de Sugar era a melhor praia de Bantayan, enquanto outros nos disseram que não, que a praia de Kota era a melhor. Em quem acreditar?

Kota e Sugar beach guardam um pequeno segredo que descobrimos depois de vários dias inteiros na pequena ilha. Ambas as praias na maré baixa acabam ficando um pouco distantes do que poderíamos considerar lugares paradisíacos.

As marés são muito longas e quinze metros de praia fazem a diferença entre maré alta e maré baixa, entre uma boa praia e uma má escolha. Na maré baixa tudo revisita, principalmente o lixo.

Em busca do paraíso, Paradise Beach

Durante nosso passeio de moto pela Ilha de Bantayan (fomos procurar um caixa eletrônico porque em Santa Fé não há nenhum) não encontramos nenhuma praia que chamasse nossa atenção. Naquela mesma noite, enquanto contávamos à nossa proprietária sobre a viagem de moto que havíamos concluído, ela nos recomendou ir a um lugar próximo conhecido como Paradise Beach. Segundo ela, era a melhor praia de Bantayan.

Como chegar à Paradise Beach?

No dia seguinte e vendo que o sol brilhava com todo o seu esplendor, alugamos duas bicicletas e rumamos para a, desde então chamada de a melhor praia de Bantayan. Seu nome, Paradise Beach. Começamos a pedalar em direção à caverna de Octong, localizada no extremo oeste da cidade de Santa Fé e, assim que chegamos, continuamos pela única estrada que se abria à nossa frente. Parecia não ter perda. De repente, um prédio abandonado apareceu à nossa esquerda.

Curiosos, nos aproximamos e descobrimos atrás dele um grupo de crianças pulando do penhasco para as águas mais cristalinas que já havíamos observado. Uma imagem de cartão postal onde ao longe as praias de Sugar e Kota praia parecia totalmente resplandecente.

Pegamos a câmera para gravá-los e o show começou. O penhasco abriu-se para o mar em forma de trampolim e todos queriam mostrar-nos as suas capacidades acrobáticas. Alguns deles até ousaram pular no mar de costas, nos encantando com uma cambalhota perfeita antes de chegar à água.

Diversão e inocência em sua forma mais pura. Eles não queriam que a gente saísse, mas que ficássemos para pular com eles, mas o nome da Paradise Beach continuava roncando em nossas cabeças, então com alguma tristeza nos despedimos e continuamos pedalando. Atravessamos uma pequena urbanização de casas menos modestas, seguimos um caminho ladeado por vegetação abundante e acabamos nos perdendo.

Sabíamos que em algum momento tínhamos que virar à esquerda para começar a nos aproximar do mar, mas não conseguimos encontrar o caminho. Logo, um triciclo oportuno passou por nós em um dos pontos em que hesitamos em continuar em frente ou tomar o caminho que se abria à nossa esquerda ao lado de uma árvore que se destacava das demais. Perguntamos e ele esclareceu nossas dúvidas.

Paradise Beach, a melhor praia de Bantayan

Essa nova trilha já não era tão gentil com nossas bicicletas, pedras e raízes nos aconselhando a descer e fazer parte do caminho a pé. Naquela hora do dia o sol estava bastante apertado o que, com a alta umidade, fez com que quiséssemos chegar à famosa praia o mais rápido possível.

Logo encontramos uma placa anunciando a chegada do lugar mágico “Welcome to Paradise beach”. Estacionamos as bicicletas, pagamos a taxa de entrada (50PHP) e ficamos totalmente maravilhados. O nome da praia certamente fez jus ao local. Bem-vindo ao paraíso!

Tínhamos encontrado o lugar que procurávamos. Uma praia limpa em primeiro lugar, com areia fina e água cristalina em segundo lugar e, ainda por cima, com vários guarda-sóis onde podemos nos abrigar do sol. O que mais poderíamos pedir? Que não havia ninguém era demais, mas que só compartilhamos a praia com outro casal era possível. Perfeito.

À primeira vista a Paradise Beach estava superando nossas expectativas, sem dúvida já poderíamos dizer que estávamos de frente para a melhor praia de Bantayan.

Algumas conversas acompanhadas de um tempinho no sol e o corpo já nos pediu sal, pediu para jogarmos na água. A temperatura do mar era ideal, como em todas as praias das Filipinas, o que significa que uma vez que você entra você não quer sair. A maré estava cheia, então por muito tempo aproveitamos na praia.

O leve oscilar das ondas e o sol escurecendo nossa pele sem nos preocuparmos com nada foi a perfeição que se tornou realidade. O tempo parecia parar. Depois de um tempo outro casal chegou, já éramos 6 na praia, não nos importávamos de compartilhar o paraíso naquela época.

Foram-se os dias chuvosos durante o nossa visita à vila de Port Barton onde havíamos penetrado até o osso durante a excursão entre ilhas. O bom tempo parecia ter chegado a este conjunto de ilhas e nos pegou no lugar perfeito, na melhor praia de Bantayan, na Paradise Beach.

Passamos parte do dia entre a água e a areia. Quando a maré saiu, pelo menos 6 metros desde que chegamos à praia, resolvemos pegar os óculos e o tubo para saber se havia algum coral perto da costa.

Sob o mar encontramos aquele que foi a cereja do bolo para o nosso dia na melhor praia de Bantayan porque, embora houvesse muito pouco coral, encontramos alguns peixes-palhaço escondidos entre anêmonas que nos dedicaram alguns de seus olhares característico hostil.

Aqueles pequenos momentos tomando sóis deitados na areia deixaram sua marca em nós. No dia seguinte, percebemos que havíamos sido pastados pelo famoso Flebotomíneos ou Nik-Nik como eles os chamam lá. Os pequenos vampiros deixaram nossos corpos cheios de enormes vergões que picaram até a morte. Um pequeno pedágio a pagar.

Peixe-palhaço, Praia do Paraíso

Mas não jogávamos o peixe-palhaço ou os flebotomíneos, tinha que ser o sol que timidamente nos convidava a sair da praia. Quando começou a cair, decidimos que era hora de voltar para a cidade de Santa Fé, mas não sem antes tirar a última foto da praia.

Nossos dias na ilha estavam contados e provavelmente não voltaríamos a este lugar novamente. Pelo menos não durante esta viagem pelas Filipinas, mas não havia dúvida de que tínhamos desfrutado não só da melhor praia de Bantayan, mas talvez do país.

Pouco mais de 15 minutos de bicicleta nos devolveram ao centro de Santa Fé. Fizemos um curto passeio de bicicleta por suas ruas e fomos para a praia de Sugar para desfrutar de outro magnífico pôr do sol na Ilha de Bantayan, um lugar que guardaremos para sempre em nossa memória.

goncalo sousa

Sobre Goncalo Sousa

Gonçalo Sousa, graduado em Turismo, é um apaixonado viajante com uma rica bagagem de experiências internacionais. Seu currículo inclui a exploração de diversos países, o que o tornou um especialista na arte de viajar. Sua formação em Turismo é complementada por vivências autênticas em diferentes culturas, o que lhe confere uma visão única sobre o setor. Com um profundo conhecimento e uma paixão pela descoberta, Gonçalo busca compartilhar seu entusiasmo pelas viagens e contribuir para a indústria do turismo, tornando-o um profissional valioso e inspirador.