Home » Viagens » Portugal » As Casas Tradicionais da Madeira, Visita Essencial Gratuitamente

As Casas Tradicionais da Madeira, Visita Essencial Gratuitamente

As casas tradicionais da Madeira estão localizadas na cidade de Santana e são uma das Principais ícones turísticos da ilha. Na verdade, é uma parada obrigatória se você contratar um passeio organizado de 1 dia a partir do Funchal.

No entanto, fizemos o Visite gratuitamente e sem pressa, é fácil chegar lá se você for de carro alugado (opção totalmente recomendada se você estiver indo viajar pela Madeira porque os transportes públicos não são totalmente confortáveis) o que lhe permitirá combinar a visita com a vista panorâmica das falésias de São Lourenço na parte oriental da Madeira.

Dirija-se a Santana para visitar as casas tradicionais da Madeira

Saímos do Funchal, a capital da ilha, com a intenção de visitar no mesmo dia e sem pressa Machico falésias de São Lourenço e a pequena cidade de Santana, nessa ordem. Com todos os planos feitos e antes de chegar à cidade de Machico fizemos a estrada errada pelo que não houve escolha senão inverter a ordem das paragens.

Assim, a primeira parada com fundação na estrada foi Santana, onde o casas tradicionais madeirenses típicas. Uma daquelas visitas obrigatórias na ilha. No caminho para Santana tiramos algumas fotos em um mirante chamado Portela. Este, localizado a 669 metros de altitude, permite ter belas vistas de parte da acidentada costa norte da ilha e da pequena cidade de Porto da Cruz.

O verde era a cor predominante, tudo ao nosso redor cheirava fresco, úmido, uma maravilha nesses tempos secos. É uma pena que os eucaliptos tenham ocupado tanto terreno desta área que já foi abundante em outras espécies nativas.

Felizmente a Madeira é influenciada pelos ventos alísios (como as Ilhas Canárias), com uma magnífica representação de floresta de loureiro, uma floresta relíquia da era Terciária. Um dos melhores exemplos de Laurisilva na ilha Você pode apreciá-lo fazendo um rota pelas levadas na Madeira, fizemos o 25 fontes E, sem ser excessivamente duro ou longo, percorre lugares onde você se sente como na própria Amazônia.

Uma vez na cidade de Santana continuamos em direção ao parque temático onde estão localizadas as casas tradicionais da Madeira. Estamos falando de Casas triangulares Com um grande telhado de duas águas de palha tão autêntico que se tornou um dos símbolos da ilha. Estacionamos o carro e caminhamos pela área a pé. Não encontramos muitos turistas apesar de termos vários navios de cruzeiro atracados no Funchal, pudemos fotografar com tranquilidade as 5 casas que compõem o parque.

Estas casas são uma memória viva deixada pelos primeiros imigrantes portugueses no século XVI. Ainda hoje essas construções são conhecidas como Palheiros, consistem em dois níveis, no superior os grãos e outros alimentos eram armazenados enquanto o térreo era o destinado à habitação. O telhado de palha tem que ser renovado a cada 5 anos. Hoje cada uma dessas casas é especializada em algo específico (venda de toalhas de mesa, plantas, licores, etc.) e são orientadas para o turismo.

Os penhascos de São Lourenço (San Lorenzo)

De Santana, refizemos nossos passos e, mais uma vez com o carro, seguimos para os pitorescos penhascos de São Lourenço e para o mirante da Ponta do Rosto, de onde podemos ter uma imagem típica dessa área, que contrasta com o resto da ilha, pois quase não há espécies de plantas (as que existem são endêmicas da ilha).

Os belos penhascos estão localizados a leste da Madeira, em uma área constantemente atingida pelos ventos do norte e onde é possível ver parte do passado geológico dessa ilha vulcânica. De fato, a presença de pitons vulcânicos (antigos condutos por onde a lava fluía e que agora estão solidificados) está claramente marcada nas paredes verticais.

Também nos aproximamos do mirante que continua mais a leste da ilha, mas para chegar ao ponto final dela você tem que fazer um Trilha de cerca de 4 quilômetros aproximadamente (mais 4 km de volta) e não usamos os sapatos certos, então desistimos de tentar (o caminho parece fácil e leva cerca de 2 horas para ser concluído).

O trilho percorre o interior do Parque Natural da Madeira até chegar àquele conhecido como Ponta de São Lourenço onde podemos descansar junto a um farol com vista para a ilha do Porto Santo a norte. Se lhe apetecer, pode dar um mergulho refrescante no pequeno porto da Sardinha.

Recomendações para aproveitar o seu tempo de viagem na Madeira

Durante os seus dias na Madeira vai perceber que ter um carro alugado Torna a sua vida tremendamente mais fácil. Também não é uma má opção gerir o aluguer para quando vai sair do Funchal porque o centro da cidade é toda zona azul pelo que você tem que pagar. No entanto, você pode chegar ao Funchal em um cruzeiro com 1 dia de escala, então, nesse casovocê recomenda economizar tempo e organizar excursões com antecedênci.

goncalo sousa

Sobre Goncalo Sousa

Gonçalo Sousa, graduado em Turismo, é um apaixonado viajante com uma rica bagagem de experiências internacionais. Seu currículo inclui a exploração de diversos países, o que o tornou um especialista na arte de viajar. Sua formação em Turismo é complementada por vivências autênticas em diferentes culturas, o que lhe confere uma visão única sobre o setor. Com um profundo conhecimento e uma paixão pela descoberta, Gonçalo busca compartilhar seu entusiasmo pelas viagens e contribuir para a indústria do turismo, tornando-o um profissional valioso e inspirador.