Home » Tecnologia » O Que é VPN e Como Funciona?

O Que é VPN e Como Funciona?

Divulgue para seus amigos e seguidores!

Ao contrário do que muitos acreditam, navegar na Internet não é uma atividade 100% segura, especialmente para determinadas tarefas confidenciais que envolvem informações financeiras ou outros dados importantes. Por isso, é muito importante usar uma VPN, mas o que é VPN? Continue lendo para saber tudo sobre VPN.

O Que é VPN e Para Que Serve?

As VPN são ferramentas que nos permitem proteger nossa conexão enquanto navegamos na Internet. Com uma rede privada virtual, podemos ocultar nosso IP e criptografar todos os dados que enviamos ou recebemos pela Internet, para que fiquem inacessíveis a terceiros, o que nos permite manter nosso IP longe de possíveis hacks ou ataques cibernéticos.

Para se conectar à Internet, nossos dispositivos se comunicam com o modem ou roteador que instalamos em nossa casa ou local de trabalho, com nosso provedor de Internet, por meio de uma conexão direta com ou sem fio.

No caso de conexões de dados móveis, embora esses dispositivos não sejam necessários, pois incluem seu próprio modem e se conectam à antena telefônica, a essência é a mesma, ou seja, nossos dispositivos se conectam a outros dispositivos que os conectam à Internet.

Na maioria das vezes, não temos um, mas vários dispositivos conectados ao mesmo roteador. Nesse caso, cada um deles receberá um endereço IP local que não é visível na Internet. Em outras palavras, trata-se de uma rede local, um conjunto de dispositivos conectados de forma que possam compartilhar arquivos e comandos sem precisar passar pela Internet.

Uma conexão VPN nos permite criar uma rede local sem que seus membros estejam fisicamente conectados uns aos outros, mas por meio da Internet. Dessa forma, obtemos as vantagens da rede local, mas com maior flexibilidade, pois a conexão pela Internet pode ser de um lado a outro do mundo.

Outro recurso que está tornando as VPN muito populares são os túneis de dados. Normalmente, ao usar a Internet, nossos dispositivos “entram em contato” com o provedor de serviços de Internet e ele nos conecta aos vários serviços da Web.

No entanto, quando nos conectamos por meio de uma rede VPN, isso muda drasticamente, pois todo o nosso tráfego de rede ainda vai dos nossos dispositivos para o provedor de Internet, mas de lá ele vai direto para o servidor VPN, de onde partirá para o destino.

O ideal é que a conexão seja criptografada, de modo que o provedor de Internet não saiba realmente o que estamos acessando. Para fins práticos, nosso endereço IP é o do servidor VPN, portanto, ele simula como se estivéssemos fisicamente lá.

o que e vpn e para que serve
O Que é VPN e Para Que Serve?

Características das VPN

As VPN (Virtual Private Networks) são tecnologias que fornecem uma série de recursos e características para garantir privacidade, segurança e acesso remoto a redes. Aqui estão algumas das principais características das VPN:

Muitos Locais De Servidor

Ao criptografá-los com um túnel criado entre o dispositivo do usuário e o servidor da Web da VPN, a VPN (por uma questão de redundância) permite que os dados do usuário fiquem ocultos. Isso proporciona segurança adicional para o indivíduo. O usuário usa o endereço IP do servidor da Web (deixando de lado seu endereço IP real). O que isso permite? O usuário da Internet não mostra realmente onde está localizado geograficamente. Na verdade, ao usar a VPN, pode parecer que ele está em um local diferente de onde realmente está.

Acesso Ao Conteúdo Regional

Esse ponto está diretamente relacionado ao anterior. Geralmente, muitos sites têm conteúdo que só pode ser acessado de determinadas áreas específicas do mundo. Isso significa que, às vezes, uma pessoa da Argentina, por exemplo, não pode consumir conteúdo da Espanha. Um aspecto importante a saber é que, com o spoofing de localização da VPN, você pode mudar um servidor para outro país e alterar efetivamente sua localização.

Criptografia

Um dos aspectos que caracterizam uma VPN é que ela pode bloquear/neutralizar tentativas de usuários não autorizados de alterar, ler ou interceptar o conteúdo do seu tráfego de Internet. Como ela faz isso? Por meio de um processo de criptografia, que converte seus dados reais em um formato ilegível e embaralhado. Usando uma chave de criptografia à qual somente pessoas específicas têm acesso, seus dados ficam totalmente protegidos. Saiba que uma VPN criptografa seus dados à medida que eles entram pelo túnel e, em seguida, os converte de volta ao formato original na outra extremidade.

Túnel Dividido

Por meio da VPN, é possível escolher quais aplicativos devem ser protegidos e quais podem continuar funcionando normalmente. Dessa forma, você pode manter parte do seu tráfego de Internet privado e rotear o restante pela rede local. Isso o torna um dos recursos mais valiosos e úteis, permitindo que você economize largura de banda.

Que Tipos De VPN Existem?

Atualmente, há um grande número de VPN, mas há três tipos principais: VPN site a site, VPN configuradas com SSL e VPN cliente a provedor.

VPN Site a Site

As VPN site a site são essencialmente uma rede privada projetada para ocultar intranets privadas e permitir que os usuários dessas redes seguras compartilhem recursos entre si.

Esse tipo de rede é mais útil para empresas com vários locais, pois cada local pode estar conectado à sua própria rede local, mais conhecida como LAN, e, por sua vez, conectada a uma WAN (rede de longa distância).

Por outro lado, as VPN site a site são de grande ajuda nos casos em que você tem duas intranets separadas, entre as quais deseja enviar arquivos sem que os usuários de uma intranet acessem explicitamente a outra.

As VPN site a site são amplamente usadas em grandes empresas e, embora não sejam tão fáceis de implementar quanto as redes configuradas com SSL, são muito mais eficazes para proteger a comunicação dentro e entre grandes departamentos.

VPN Configurada em SSL

Muitas vezes, os funcionários de uma empresa não têm acesso a um laptop que possam usar para trabalhar em casa. Esse problema foi exacerbado durante a crise do coronavírus no início da década de 2020, quando muitas empresas enfrentaram o desafio de não ter equipamentos suficientes para seus funcionários.

Nesses casos, eles geralmente recorrem ao uso de um dispositivo particular, como um telefone celular, computador de mesa, tablet, entre outras opções. Nesse caso, as empresas contam com uma solução SSL-VPN, que é implementada por meio de uma caixa de hardware correspondente.

Normalmente, o requisito é um navegador HTML-5 usado para solicitar a página de login de uma empresa. Esses navegadores estão disponíveis para quase todos os sistemas operacionais e seu acesso é criptografado com nome de usuário e senha.

VPN de Cliente Para Provedor

Essa é uma das opções mais comuns e, em termos mais simples, é como se uma pessoa estivesse conectando seus computadores pessoais à rede da empresa por meio de um “cabo” (que, nesse caso, é sem fio). 

Os funcionários podem se conectar à rede da empresa no conforto de casa, na rua, entre outros lugares, e fazer isso de forma segura, fingindo que a pessoa está nos escritórios da empresa, ou seja, agindo como se o funcionário estivesse sentado no escritório. No entanto, o cliente VPN deve ser instalado e configurado previamente no computador ou dispositivo do funcionário.

Isso significa que o usuário não está conectado à Internet a partir de seu próprio ISP, mas estabelece uma conexão direta por meio de seu provedor de VPN. Essencialmente, isso elimina a fase de tunelamento da rota da VPN, e não há necessidade de usar a VPN para criar um túnel criptografado para ocultar a conexão existente com a Internet: a VPN criptografa automaticamente o tráfego antes que ele chegue ao usuário.

Outro uso importante para esse tipo de rede, que está se tornando cada vez mais comum entre o público em geral, é simular locais diferentes do local de residência, por exemplo, para contornar restrições de conteúdo.

Por outro lado, esse tipo de rede é particularmente útil para provedores que fornecem acesso por meio de WLANs inseguras, impedindo que terceiros acessem a conexão de rede e comprometam a conexão por meio da criptografia dos dados até o provedor. Isso também impede que os ISPs acessem dados não criptografados e, como mencionado acima, evita restrições ao acesso do usuário à Internet.

A grande vantagem desse tipo de acesso é que temos maior eficiência e acesso universal aos recursos de uma empresa. Desde que esteja disponível em um sistema apropriado, o funcionário pode realizar ações como conectar-se ao sistema com um fone de ouvido e agir como se estivesse no local de trabalho da empresa.

Os clientes não conseguirão distinguir entre um funcionário que está trabalhando no local da empresa e aqueles que estão em casa fazendo trabalho de home office.

que tipos de vpn existem
Que Tipos De VPN Existem?

Qual é a Melhor VPN Grátis?

Atualmente, há um grande número de VPN gratuitas. Entre elas estão a Privado VPN, Proton VPN e Windscribe. Pessoalmente, como VPN gratuita, prefiro o Windscribe por sua velocidade e segurança. Para saber mais sobre VPN gratuitas, recomendo que você leia nosso artigo melhor VPN grátis para PC e celular.

Como Ativar Uma VPN

Em poucas palavras, o usuário médio da Internet tem duas alternativas ou caminhos principais para ativar uma VPN. Uma delas é por meio da abordagem de configuração manual e a outra é por meio da abordagem baseada em aplicativo, que pode se destacar como a opção mais simples (para dizer o mínimo) e a mais recomendada para os usuários de Internet menos experientes.

Explicaremos agora como fazer isso em ambos os casos.

VPN Baseada Em Aplicativo

A primeira coisa que você precisa fazer para configurar uma VPN usando a abordagem baseada em aplicativo é registrar-se em um serviço de VPN e criar uma conta. Em seguida, faça o download do aplicativo ou software específico do serviço de VPN escolhido, em todos os seus dispositivos. Faça login na conta que você criou quando se registrou no serviço de VPN. (Esteja ciente de que pode ser solicitada uma chave de segurança ou um código de autenticação em duas etapas. Isso dependerá do serviço que você selecionou).

Quando estiver no aplicativo, conecte-se ao servidor VPN. Quando estiver conectado, execute um teste de velocidade (você deve encontrá-lo na maioria dos aplicativos sem muita dificuldade). Por fim, a melhor coisa a fazer é procurar no aplicativo um tutorial ou guia explicativo para conhecer em detalhes todos os recursos oferecidos pelo seu novo serviço de VPN.

vpn surfshark pt

Configuração Manual Da VPN

Agora vamos nos aprofundar na segunda opção, que tem uma desvantagem em relação à primeira, que é o fato de a configuração manual variar de acordo com o sistema operacional. Você saberá que um telefone Android não é igual a um iPhone, por exemplo.

Apesar da dificuldade, os especialistas afirmam que ele é ideal para os usuários da Internet que desejam ter mais opções de configuração. Vamos dar uma olhada em alguns exemplos de como fazer isso.

Configuração Manual De VPN No Windows 10, Passo a Passo

  • Localize o protocolo VPN e o endereço VPN do serviço usado.
  • Clique em Iniciar.
  • Clique em Configurações.
  • Clique em Rede e Internet.
  • Clique em VPN.
  • Vá para Adicionar uma conexão VPN.
  • Em Provedor de VPN, selecione Windows (incorporado).
  • Na caixa Nome da conexão, digite um nome que você lembrará mais tarde.
  • Na caixa Nome ou endereço do servidor, digite o endereço do servidor VPN ao qual você está tentando se conectar.
  • Em Tipo de VPN, selecione o protocolo de VPN que seu serviço de VPN usa.
  • Selecione o tipo de informações de login necessárias para esse serviço de VPN (nome de usuário e senha, cartão inteligente, senha de uso único ou certificado).
  • Clique em Save (Salvar).
  • Selecione a nova VPN e clique em Advanced Options se precisar editar informações ou alterar as configurações de proxy.
  • No lado direito da barra de tarefas, clique no ícone Rede.
  • Selecione o perfil de VPN que você configurou na etapa 8.
  • Clique em Connect (Conectar).
  • Se solicitado, insira as informações de login que você configurou na etapa 11.
  • Clique novamente no ícone Rede. O perfil de VPN agora deve dizer “Connected” (Conectado) sob seu nome.
  • Verifique o status da VPN ao executar várias tarefas on-line para verificar se a VPN está funcionando.

Configuração Da VPN No Android, Passo a Passo

  • Vá para Configurações.
  • Clique em Rede e Internet.
  • Clique em Advanced (Avançado).
  • Clique em VPN e depois em Add (Adicionar).
  • Digite as informações, incluindo: Nome, Tipo, Endereço do servidor, Nome de usuário e Senha.
  • Clique em Save (Salvar).
  • Novamente, clique em Settings (Configurações).
  • Vá para Rede e Internet.
  • Clique em Advanced (Avançado).
  • Clique em VPN.
  • Em seguida, clique no nome da VPN que você acabou de adicionar.
  • Digite o nome de usuário e a senha.
  • Toque em Conectar.
  • Se você tiver feito download de um aplicativo para o seu serviço de VPN, ele deverá ser aberto.
  • Quando conectado, o nome da VPN deverá aparecer no menu VPN.

Como Ativar A VPN No iOS, Passo a Passo

  • Vá para Configurações.
  • Clique em General (Geral).
  • Clique em Add VPN Configuration (Adicionar configuração de VPN).
  • Agora, selecione IKEv2, IPSec ou L2TP, dependendo do protocolo usado pelo serviço de VPN.
  • Insira os detalhes do serviço de VPN na mesma tela.Como os especialistas apontam, observe que, se precisar de arquivos de certificado para essa VPN, será necessário importá-los.Eles podem ser baixados no navegador Safari ou, se estiverem anexados a um e-mail, por meio do aplicativo Mail.
  • Como ativar a VPN? Vá para Configurações e clique no controle deslizante VPN na posição ligado.

Vantagens De Usar Uma VPN

Há muitas vantagens em usar uma VPN. Embora algumas sejam mais voltadas para a segurança e a privacidade, outras são simplesmente úteis e podem ajudá-lo a realizar truques interessantes, como desbloquear todo o catálogo internacional de um serviço de streaming. Aqui estão algumas das grandes vantagens da VPN:

vantagens de usar vpn
Vantagens De Usar Uma VPN

Anonimato On-Line

Sem uma VPN, sua localização e identidade podem ser facilmente rastreadas graças ao seu endereço IP. Seu endereço IP é exclusivo de sua conexão com a Internet. É como um código postal on-line que informa às pessoas quem você é e onde você está. Ele também permite que as pessoas associem seu comportamento on-line a você.

Uma VPN oculta seu endereço IP e, portanto, sua localização real. Quando você usa uma VPN, seu tráfego de Internet é desviado por um túnel virtual criptografado e suas atividades on-line só podem ser rastreadas até o IP do servidor VPN, mas não mais até você e seu endereço IP real.

Ao usar uma VPN, você garante que sites, comerciantes, serviços de streaming, governos e criminosos cibernéticos não possam mais identificá-lo pelo seu endereço IP, pois eles veem apenas o endereço IP do servidor VPN ao qual você está conectado. Além disso, eles não conseguirão descobrir sua localização real. Conecte-se a um servidor VPN no Reino Unido e, pelo que eles sabem, é lá que você está!

Portanto, ao usar uma VPN, sua atividade on-line não estará mais vinculada ao seu próprio endereço IP. Dessa forma, você pode navegar na Internet e participar de qualquer atividade on-line que desejar sem ser rastreado. Isso impede que empresas e governos rastreiem o que você faz on-line.

Proteção Contra Hackers E Governos

Uma VPN criptografa seu tráfego de dados por meio de protocolos de criptografia fortes, o que torna quase impossível interceptar e ler seus dados. Por que isso é importante? Bem, hoje em dia, há muitas partes que querem ouvir ou dar uma olhada no que você está fazendo on-line.

Há muitas partes diferentes interessadas no seu tráfego de Internet, inclusive governos e criminosos cibernéticos.

A segurança oferecida por uma VPN torna muito mais difícil para eles verem seus dados. No entanto, devemos mencionar que uma VPN não é a solução definitiva para todos os crimes cibernéticos. Sempre recomendamos a combinação de uma VPN com uma boa solução antivírus para que você esteja coberto em todos os aspectos.

Navegação Segura Em Redes Públicas

Usar uma rede Wi-Fi pública, como em um aeroporto, hotel ou cafeteria, pode ser arriscado. Outros usuários na mesma rede (por exemplo, os hackers e criminosos cibernéticos que mencionamos) podem acessar facilmente seus dados e informações pessoais. Como você não quer que outras pessoas tenham acesso, por exemplo, ao seu login de e-mail, fotos/arquivos ou informações de cartão de crédito, é recomendável usar uma conexão VPN nesses pontos de acesso.

A VPN criptografa todos os seus dados ao usar a rede Wi-Fi pública. Um hacker verá apenas o material criptografado e não poderá ver ou usar suas informações pessoais.

Evitando Restrições Geográficas

Não são apenas os países que impõem restrições à Internet. Alguns serviços on-line também restringem o acesso ao seu conteúdo em determinadas regiões. Esse é o caso dos serviços de streaming que só têm direitos de streaming em determinados países e não em outros.

Se você estiver de férias ou tiver se mudado para outro país, talvez não consiga assistir às suas transmissões habituais. Uma VPN também permitirá que você se conecte à Internet por meio de servidores em seu país de origem, para que possa assistir ao seu programa favorito ou acessar sites bloqueados novamente. Isso também funciona de forma inversa: se quiser acessar sites ou serviços de streaming em outro país (por exemplo, para assistir a uma versão diferente da Netflix), você poderá fazer isso com uma VPN.

Conclusões Finais

O uso de uma VPN (Rede Privada Virtual) tem várias vantagens significativas, mas também algumas considerações a ter em mente. Em resumo, uma VPN pode ser uma ferramenta valiosa para melhorar a privacidade online, contornar restrições geográficas e proteger seus dados em redes não confiáveis. No entanto, é necessário escolher um provedor de VPN confiável e estar ciente das limitações e considerações em relação à privacidade e desempenho.

Recomendo que você leia nosso artigo melhores celulares com infravermelho.

vpn poste
VPN

Divulgue para seus amigos e seguidores!
nelio alves

Sobre Nelio Alves

Nelio Alves é um engenheiro de sistemas de destaque na Universidade de São Paulo. Com sua mente analítica e habilidades técnicas, ele se destaca na resolução de problemas complexos. Sua paixão pela tecnologia e inovação impulsiona seu trabalho, contribuindo para avanços significativos no campo da engenharia de sistemas. Nelio é um profissional dedicado, comprometido com a excelência acadêmica e pesquisa, tornando-se uma influência valiosa no ambiente acadêmico e na busca por soluções inovadoras em sistemas complexos.