Home » Viagens » Peru » Peru em 3 Semanas Guia de Viagem

Peru em 3 Semanas Guia de Viagem

Divulgue para seus amigos e seguidores!

Quando nos sentamos para organizar nossa rota de Volta ao Mundo, tínhamos muito claro que o Peru seria um dos países que visitaríamos. Na verdade, houve um lugar que nos atraiu especialmente, Machu Picchu, quem nunca sonhou em visitar a cidade sagrada mais conhecida dos Incas?

Tivemos esse destino listado para “Locais pendentes” por vários anos. Assim que chegamos no Peru percebemos que o país tinha muito mais a oferecer do que o lugar que chamamos de “Ganso do Peru que põe os ovos de ouro» (Machu Picchu), porque você tem que ver como é caro! Ficamos no Peru por quase um mês. Com todas as informações que fomos apontando durante a viagem configuramos isso”Peru em 21 dias guia de viagem”.

Começamos a visita ao Peru a partir da cidade de Puno, localizada às margens do Lago Titicaca, porém o passeio pode ser feito perfeitamente ao contrário, ou seja, se você chegar no Peru desembarcando na cidade de Lima. Ficamos 27 dias no país, em uma viagem ao redor do mundo (slow-travel) você viaja com menos pressa. Descansando mais, para que esses 27 dias possam ser condensados em 20 a 21 dias perfeitamente e menos também eliminando algumas cidades da rota.

Peru em 3 semanas guia de viagem

Preparações

Vacinas: a melhor coisa a fazer é sempre ir ao Serviço de Saúde Estrangeiro e obter informações.

Clima: é interessante conhecer a estação chuvosa, especialmente para a visita a Machu Picchu. Esta época é geralmente de dezembro a março.

Moeda: O sol peruano. 1 euro é aproximadamente 3,5 soles peruanos.

Guia de Viagem Itinerário: Peru em 3 semanas

Como mencionamos anteriormente, começamos nossa visita ao Peru cruzando a fronteira de ônibus da Bolívia. Esta mesma rota pode ser executar no sentido inverso, ou seja, começando pelo nosso ponto final da rota, a cidade de Lima. Assim, nosso itinerário foi o seguinte:

Dia 1: Chegada Puno de Copacabana (Bolívia)

Dia 2: Visita do Ilhas Flutuantes Uros (Puno)

Dia 3: Ônibus de Puno para Cusco (10 horas)

Dia 4: Visitar Cusco

Dia 5: Visite Cusco

Dia 6: Trem de Ollantaytambo para Machu Picchu Pueblo (Aguas Calientes)

Dia 7: Visitar Machu Picchu

Dia 8: Trem para Ollantaytambo e ônibus de volta para Cusco

Dia 9: Ônibus de Cusco para Arequipa (12 horas)

Dia 10: Visitar Arequipa

Dia 11: Ônibus de Arequipa para Colca Canyon

Dia 12: Excursão “Voo do Condor

Dia 13: Ônibus de Colca Canyon para Arequipa e ônibus para Nazca

Dia 14: Visite Nazca (Linhas de Nazca)

Dia 15: Ônibus de Nazca para Ica. Visite o Oásis de Huacachina (Ica)

Dia 16: Ônibus para Paracas

Dia 17: Visita do Ilhas Ballestas em Paracas

Dia 18: Ônibus de Paracas para Lima

Dia 19: Visite Lima

Dia 20: Excursão Ilhas Palomino nadar com leões marinhos

Dia 21: Retornar

Paramos mais alguns dias na cidade de Cusco e Arequipa. Eles eram nossos locais de descanso no país após visitar por duas semanas Bolívia. Tínhamos planejado visitar a cidade de Ica, no entanto, no ônibus noturno de Arequipa Marcos ficou muito mal e paramos em Nazca.

Lá descansamos por alguns dias. Esperamos que ele se recuperasse e seguimos para a cidade de Paracas (via cidade de Pisco) para visitar o Ilhas Ballestas Um show que recomendamos totalmente!

Pensões e albergues em Peru

Durante nosso percurso pelo país ficamos nas cidades de Puno, Cusco, Machu Picchu Pueblo (Aguas Calientes), Arequipa, Yanque, Paracas e Arquivo. Você pode encontrar os hotéis que escolhemos durante nossa viagem ao Peru clicando em AQUI.

Durante 27 dias visitamos a parte sul do Peru. Não tivemos tempo para mais, mas queríamos muito viajar pelo norte. A área amazônica de Puerto Maldonado ou Iquitos, Trujillo, … A este país teremos que voltar!

Doença de altitude no Peru

Sim, no Peru você sofre de doença de altitude ou soroche. Nós, como chegamos da Bolívia e já tínhamos estado em áreas entre 5.000 e 6.000 metros, sofremos menos. Mesmo assim, Cusco é um lugar que rouba o ar e faz seu coração disparar, não só por ser bonito, mas também pela altitude em que está localizado (cerca de 3.000 metros acima do nível do mar).

Outra área a ter em conta no percurso discutido acima é a Cânion do Colca (3.500 – 4.000 metros de altitude). Nesses dois lugares não faria mal ter as folhas de coca ou os comprimidos para o soroche bem à mão!


Divulgue para seus amigos e seguidores!
goncalo sousa

Sobre Goncalo Sousa

Gonçalo Sousa, graduado em Turismo, é um apaixonado viajante com uma rica bagagem de experiências internacionais. Seu currículo inclui a exploração de diversos países, o que o tornou um especialista na arte de viajar. Sua formação em Turismo é complementada por vivências autênticas em diferentes culturas, o que lhe confere uma visão única sobre o setor. Com um profundo conhecimento e uma paixão pela descoberta, Gonçalo busca compartilhar seu entusiasmo pelas viagens e contribuir para a indústria do turismo, tornando-o um profissional valioso e inspirador.